Placas mãe B450/X470 agora irão suportar CPUs AMD Zen 3

A notícia vem direto da AMD em resposta ao grande alvoroço que fans e clientes da empresa fizeram no momento que a mesma revelou que a atual geração de placas mãe AM4 da série B não suportaria os mais novos processadores.

Placas mãe B450/X470 agora irão suportar CPUs AMD Zen 3

A notícia vem direto da AMD em resposta ao grande alvoroço que fans e clientes da empresa fizeram no momento que a mesma revelou que a atual geração de placas mãe AM4 da série B não suportaria os mais novos processadores da empresa que serão lançados no fim deste ano, mesmo utilizando o exato mesmo soquete.

Isso é sem dúvida um alívio aos compradores da plataforma que adquiriram placas mãe da geração atual pensando em upgrades futuros de processadores, afinal muitos se sentiram lesados com a situação e essas emoções foram trazidas a público tanto em comentários que apareceram em redes sociais (como YouTube e Facebook) mas também pela própria mídia especializada, e nós concordamos completamente com a reação geral da comunidade.

A informação foi primeiramente pelos canais de imprensa da empresa diretamente a mídia, mas mais tarde é bem provável que um post no Blog da AMD seja feito para dar maiores explicações sobre o que levou a empresa a voltar atrás.

Placas mães antigas irão suportar a nova geração de processadores Ryzen
Placas mães antigas irão suportar a nova geração de processadores Ryzen

Então se você comprou uma placa mãe da série de Chipset B450 ou X470 já pensando em upgrade de processador futuro, pode ficar aliviado pois a notícia é muito boa para todos.

Limitações das placas mãe

Infelizmente, tudo que é bom também tem seu lado ruim, e aqui está o lado ruim da história. As BIOS que terão compatibilidade com as mais novas gerações de processadores Ryzen deixarão de dar suporte a modelos mais antigos, segundo a empresa isso é necessário para liberar espaço na ROM da BIOS da placa mãe para poder integrar com os mais novos processadores que sairão neste ano (série Ryzen 4000).

Isso quer dizer que caso você tenha um Ryzen 5 1500 com uma placa mãe da série 400 (X470 ou B450) e utilizar a BIOS que dá suporte as mais novas gerações, haverão grandes chances de seu processador parar de funcionar, então será necessária atenção absoluta na hora de atualizar sua placa mãe, pois pode ser que seu processador seja inutilizado com a atualização.

Outra limitação que ocorrerá é que ao fazer a atualização não será mais possível voltar a uma versão antiga, ou seja, mesmo que você tenha outro processador mais recente que tem suporte, você não poderá voltar atrás e re-utilizar o modelo antigo. Atualizou uma vez, não há mais volta.

Quais os processadores perderão suporte?

Está aí uma grande dúvida, pelo que entendemos parece que quem selecionará quais CPUs irão parar de funcionar serão as fabricantes das placas mãe, ou seja: ASUS, MSI, EVGA, Gigabyte, etc. Então você só saberá se seu processador irá parar de funcionar na hora que a BIOS para a sua placa mãe for liberada.

A empresa também comentou sobre a disponibilidade destas atualizações se tornarem acessíveis ao público geral, ressaltando que as mesmas só devem aparecer para download em datas após o lançamento dos processadores da linha Ryzen 4000.

Devo atualizar minha placa mãe?

Você só deve atualizar a sua placa mãe com estas novas BIOS (que ainda não estão disponíveis, só após o lançamento da geração Zen 3) caso você tenha um dos mais novos processadores da empresa, se está tudo corretamente funcionando e você não está instalando nenhum novo processador, não faça esta atualização, mantenha a BIOS atualizada que é compatível com o seu processador.

Acer Nitro 5: Não compre sem ver esse vídeo!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário