Cougar Phontum é o MELHOR headset até R$ 300! - REVIEW

O Cougar Phontum já foi lançado há algum tempo, porém pouca atenção foi dada ao produto, possívelmente por ser de uma marca relativamente nova no mercado. Felizmente, seus produtos tem excelente qualidade.

Por Hardware 2 comentários

A Cougar vem surpreendendo bastante no mercado, algumas surpresas foram muito boas como o Immersa Pro Ti que recentemente fizemos review aqui no site.

Outros lançamentos um pouco mais antigos, como o Revenger S, também fizeram muito sucesso por sua qualidade extrema e preço baixo. O que queremos saber aqui, agora, é se o Phontum, fone da marca que lançou na mesma época do Revenger S, também tem toda essa qualidade por um baixo preço, vamos então ao review do Cougar Phontum.

Caso queiram assistir o review, é só dar um click aí embaixo.

Design e Construção

Sua construção é feita com o uso de 4 tipos materiais: plástico, metal, courino e tecido. Felizmente, os materiais são bem distribuídos e o fone acaba dando uma impressão de construção muito robusta, mas também pesado.

Cougar PhontumCougar Phontum

O metal está presente nas hastes laterais, ajuste de altura e na parte interior da headband e é robusto, com boa espessura e não entorta facilmente. Isso é algo que provavelmente vai garantir longe durabilidade, pelo menos nas partes onde este metal está presente.

Headband é de metalHeadband é de metal

Já o courino está presente tanto na headband quanto nas earpads. Na headband ele está posicionado em volta do arco de metal, tanto na parte preta quanto na parte laranja. Eu continuo não gostando muito da ideia de usar courino nestas regiões quando temos opções de tecidos disponíveis, mas também tenho que dizer que nossa unidade tem bem mais de meio ano e até o momento não apresentou nenhum desgaste, estando ainda com a aparência de novas.

Courino laranja na HeadbandCourino laranja na Headband

O plástico está presente no resto da estrutura do fone, isso conta tanto para as earcups quanto para a grade exterior traseira do fone. O encaixe da regulagem de altura também é feito em plástico e tem a logo da Cougar em cromado na parte superior. Na parte inferior há envelopamento que imita a fibra de carbono e que deu um toque muito legal ao fone, algo que como já mencionei no review do G413, outras marcas deveriam explorar mais.

Envelopamento ficou muito bonitoEnvelopamento ficou muito bonito

A logo da Cougar não está presente somente na ponta das earcups, mas também no topo da headband junto ao nome da marca. Este tipo de característica é bem comum na maioria dos headphones e headsets, e isso indifere de marcas. Já vi em fones da Cougar, Razer, Sennheiser, HyperX, dentre vários outros.

Logotipo da Cougar na parte superior da HeadbandLogotipo da Cougar na parte superior da Headband

O nome dele está estampado nas duas laterais, desta vez não em recesso, mas sim em relevo. Outro detalhe é que o nome aqui estampado é cromado, assim como a Logo da marca na parte externa das earcups, que você pode ver em outras fotos.

Nome do Headset estampado em sua lateralNome do Headset estampado em sua lateral

A mesma placa que exibe o nome do produto na parte exterior também identifica qual a posição correta de uso do fone. Na lateral direita temos a letra "R" (Right), enquanto que na esquerda temos a letra "L" (Left), sinalizando os lados das earcups.

Lateral direitaLateral direita

Gostei bastante do design do Phontum, muito mais que o Immersa Pro Ti que tem muitas características visuais de um fone de baixo custo, enquanto que este aqui, mesmo custando basicamente metade do preço do seu irmão mais velho, tem a aparência e robustes que estou acostumado a ver em fones bem mais caros.

Nosso editor usando o Cougar PhontumNosso editor usando o Cougar Phontum

Conforto e Earpads

Assim como no Immersa Pro Ti, as earpads do Phontum são bem generosas e confortáveis, nada que eu não esperava de memory foam que é o material usado para garantir conforto máximo durante o uso.

Earpads em courinoEarpads em courino

A headband não segue a mesma linha das earpads, ela é sim confortável e passou no teste de longo uso, não só em durabilidade mas também em conforto. O que me refiro é que o padding interno é um pouco raso e você acaba sentindo um pouco da estrutura do fone após algumas horas de uso (precisou de cerca de 4 horas seguidas para eu começar a notar).

O estofamento é macio, mas finoO estofamento é macio, mas fino

O clamping force é um pouco mais forte que outros fones que usei por longas horas, mas isso é fácil de arrumar já que a headband é de metal e não vai simplesmente quebrar, só não force, afinal ele não foi projetado para isso, mas vai soltar com o tempo.

O fone tem design Over-ear, então suas orelhas ficam para dentro das earpads. A profundidade delas é dentro do "padrão", não sendo muito fundo nem muito raso. Eu ainda não tive problemas de encostar minhas orelhas nos drivers, e esse fone aqui é outro que também nunca senti. Felizmente, a Cougar incluiu um tecido bem macio, fazendo com que caso encoste a orelha, ela não fará contato direto com o plástico.

Tecido interno das earpadsTecido interno das earpads

Ressalto que há 2 pares de earpads inclusas na caixa: 1 par que já vem pré-instalado que contém os detalhes que eu escrevi acima, e outro par que é feito do mesmo material, porém com uma base mais rasa, este provavelmente será mais confortável para quem tiver cabeças menores.

Earpads extras vem na caixaEarpads extras vem na caixa

Qualidade de Som

Fone em Músicas

Sinceramente, me arrependo de não ter trazido esse review antes para vocês, eu achei que o G332 era bom, mas esse daqui vai muito além e trás a experiência completa de som que muitos procuram, mas que normalmente só se acha em fones mais caros.

Os graves estão presentes, mas não acima do resto, e também não enrolam entre sí. Os médios estão bem representados e não ficam para baixo dos graves. Creio que a única frequência que fica um pouco para trás se comparada as outras são os agudos, que são sim, um pouco mais recuados que os gráves/médios, mas novamente, eles não estão recuados a ponto de fazerem falta ou fazer com que o som soe não-natural.

O design semi-aberto do fone ajuda bastante na sensação de um som natural e limpo, sem exageros ou reverberação desnecessária indo para os seus ouvidos.

Escutei de tudo um pouco: Rap, Hip-Hop, Pop, Rock, Eletrônica, Heavy Metal, etc. Não teve nenhum tipo de música que ele apresentou dificuldades/má reprodução, sendo uma boa opção pra todos os gostos.

Fone em Jogos

Agora vamos ver como ele se saiu nos jogos, afinal, não adianta ter o melhor som do mundo se você não escutar o seu inimigo nas suas costas.

No caso do Phontum, o som não é bom só para músicas e filmes, mas ele se sai muito bem em jogos também. O palco sonoro e imaging são bons e não há dificuldades para escutar de onde o inimigo vem, ele também é bem definido e é difícil ter algum ruído in-game passar despercebido pelo ouvido.

Joguei nele não só em Anthem mas também no CS:GO e não tive do que reclamar em nenhum dos dois jogos, a experiência de som foi sem dúvidas completa, mesmo alternando entre o excelente sistema de som de Anthem para um dos piores sistemas de áudio em jogos que é o de CS:GO.

Microfone

Microfone do Phontum é removívelMicrofone do Phontum é removível

O microfone do Phontum é removível, e seu encaixe é feito por uma conexão __, ajudando bastante no transporte do headset e também proporcionando um pouco mais de conforto durante o uso, já que na maior parte do tempo eu não utilizei o microfone e o deixei dentro da gaveta.

Mas, estamos aqui para falar da qualidade de áudio do microfone, então vamos primeiro escutá-lo:

Então, agora que vocês já ouviram como minha voz fica com ele, vamos as conclusões:

Primeiramente, ele se sai melhor que o Logitech G332 e que o HyperX Cloud Stinger dentro do possível, não espere nada muito melhor do que o som de um rádio de pilha.

Há bastante ruído de fundo, e este ruído está presente independente do boost de decibéis do Windows, preferi ao configurar deixar que a Voz ficasse um pouco mais alta mas que tenha um pouco mais de ruído, ao invés de deixar a voz baixa ao ponto de mal conseguir escutar.

O microfone é, claramente, onde a Cougar fez cortes de custo e não a culpo por isso. Gostaria de ver um microfone melhor? Mas é claro, porém não sei se é possível considerando o já baixo preço do fone e a qualidade excelente dos drivers já inclusos.

Microfone do Phontum é removívelMicrofone do Phontum é removível

Funções Integradas

Na verdade, ele não tem funções integradas diretamente em suas earcups, mas sim, no cabo extensor que vem na caixa. Caso você utilize esse cabo que além de extensor também funciona como splitter para 2 saídas P2, é possível aumentar e diminuir o volume, além de ter um botão slide para habilitar/desabilitar o microfone.

Software

O Phontum também não tem suporte a software, ele usa somente entradas P2/P3 e não tem nenhum input USB.

Veredito

Realmente fico muito feliz de ver fones cada vez melhores na faixa de preço dos R$ 250-290, é muito bom ver a evolução do mercado e as várias duras críticas que eu e muitos outros fizemos há anos dar frutos.

O único ponto fraco deste fone ao meu ver é o microfone, que não tem detalhamento nem profundidade na voz, além do alto nível de ruído. Mesmo este sendo seu pior aspecto, ele ainda se sai melhor que alguns concorrentes diretos, como o G332 que já foi citado durante este review.

Cougar PhontumCougar Phontum

Creio que não há outra coisa a fazer a não ser recomendar fortemente o Cougar Phontum, afinal, ao meu ver, ele é o melhor headset até R$ 300 - sem contar promoções - e compete acima de seu nível em questão de áudio, mostrando que a Cougar fez um excelente trabalho por aqui.

Deixo aqui um Super Índico para este fone que realmente gostei muito mais do que esperava. Mais uma vez, parabéns Cougar.

Compartilhe com seus amigos:
Augusto Schweickardt
Augusto Schweickardt Entusiasta por periféricos, hardware e fotografia
Quer conversar com o(a) Augusto, comente:
Minha foto
    Quantos celulares a Motorola tem em linha?
    5(15,34%)
    10(53,98%)
    15(12,22%)
    20(10,51%)
    26(7,95%)