Cougar Immersa Pro Ti + Bunker S RGB, RGB para todo lado! - REVIEW

O Immersa Pro Ti vem pra substituir seu irmão mais velho, o Immersa Pro. Ele vem com algumas coisas há mais como RGB controlado via software, um microfone atualizado com espuma e uma interface USB.

Por Hardware 57 comentários

Continuando a onda de review dos novos periféricos da Cougar trazemos uma dupla do barulho - pun intended - que trás muito RGB para sua mesa além de conforto para seus ouvidos.

O Cougar Immersa Pro Ti é o novo fone da Cougar lançado junto ao Surpassion ST, Minos XT e Revenger ST. Ele conta com 2 anéis RGB, um em cada earcup, sistema 7,1 emulado, software para controle de iluminação e equalização e microfone.

Já o Bunker S RGB é um suporte de headphone com HUB USB integrada, ele tem 2 saídas USB, uma em cada lado, e um anel RGB em sua parte inferior.

Vamos ver o que esses 2 oferecem e como eles trabalham em conjunto!

Immersa Pro Ti em cima do Bunker S RGB
Immersa Pro Ti em cima do Bunker S RGB

Como de costume o vídeo review do headset e suporte está aqui para vocês apreciarem toda a glória do Laranja da Cougar (caso você goste):

Design e Construção Externa

Bunker S RGB

Nesta parte o Bunker S RGB é um suporte de headphone que além de ser bonito é também funcional. Como falei no início do review, ele conta com um anel RGB em sua base e suas cores podem ser trocadas usando o botão que está posicionado em sua parte frontal. É também possível desligar a iluminação completamente caso queira - se você não quer iluminação, sugiro dar uma olhada no Bunker S já que o mesmo não tem RGB - além de ter várias cores fixas disponíveis.

Bunker S RGB
Bunker S RGB

Para fixação no lugar ele usa o método de sucção em conjunto com um tipo especial de cola, essa combinação fazem com que o suporte fique extremamente bem fixado no lugar, sendo até um pouco difícil de removê-lo.

Fixação
Fixação

Há duas posições de fixação disponíveis, uma delas é o modo normal onde ele é posto em pé em cima da mesa, a segunda opção é na vertical podendo ser posto na parede ou na lateral de seu gabinete caso você prefira. Se você tem muito RGB no seu gabinete e quer enfeitar ele mais um pouco, você não ficará desapontado com o Bunker S RGB.

Para usar na posição vertical ele vem com outro suporte mais curto e que tem um relevo de segurança na ponta para seu fone não deslizar e cair do suporte.

Suporte Vertical
Suporte Vertical

Acho que é seguro dizer que o Bunker é realmente um bunker pois sua construção externa é muito bem feita e ele é muito sólido, acho que para quebrá-lo somente com muita vontade e má intenção. Ele não é feito de metal mas sim de plástico, porém esse plástico é tão grosso que parece que você está com uma pedra nas mãos, e falo isso no melhor sentido possível.

Possível arma branca
Possível arma branca

Immersa Pro Ti

O immersa Pro Ti tem basicamente a mesma estrutura que o Immersa Pro. O arco continua sendo feito de plástico com o clássico laranja da Cougar assim como a headband e earpads de courino.

Visão superior do Fone
Visão superior do Fone

Ele contém as marcações de direita e esquerda logo acima das earcups integrada ao arco e elas são em preto fosco. Alías, por que a Cougar não faz o Immersa Ti/Pro Ti todo em preto? Ele ficaria muito mais bonito e muito mais pessoas comprariam já que preto combina com basicamente qualquer cor e isso também ajuda na escolha das cores no próprio fone.

Cougar Immersa Pro Ti preto
Cougar Immersa Pro Ti preto


Cougar Immersa Pro Ti preto
Cougar Immersa Pro Ti preto

Enfim, fica uma dica para a Cougar e tenho grande convicção que isso ajudaria bastante nas vendas do fone.

Continuando o review, sua estrutura aparenta ser um pouco frágil, principalmente ao toque. Isso pode ser só impressão porém para um Headset de 400+ R$ eu gostaria de ter visto pelo menos os anéis de suporte em um material mais resistente e/ou duro, felizmente as earcups são uma história diferente já que são feita em metal, até os 2 "Scrolls" laterais são feitos em metal e isso dá uma sensação tátil muito boa.

Scroll lateral esquerdo
Scroll lateral esquerdo

O cabo é todo em Nylon e flexível porém gostaria que o mesmo fosse um pouco mais longo pois dependendo do setup pode faltar cabo, inclusive ele não é removível e termina em Mini USB, basicamente obrigando o usuário ao conectá-lo ao "módulo" para poder usar o microfone e integração de software (recomendo pois só assim é possível desativar o surround), a Cougar inclui um adaptador Mini USB para P2 porém como falei acima o microfone deixa de funcionar e o 7.1 emulado fica ativo.

Módulo USB
"Módulo" USB

Claro que não posso deixar de mencionar os 2 anéis laterais RGB que você encontra no fone - que só ligam se plugado via USB - e que são customizáveis, há alguns efeitos disponíveis e também a possibilidade de deixar em uma cor fixa ou desligados, o que faltou aqui foi a opção de escolher cores diferentes para cada lado porém creio que isso seja possível com uma atualização no software da Cougar que irei descrever logo abaixo.

Anel RGB em Azul
Anel RGB em Azul

Conforto e Earpads

O fone não participa da categoria de fones leves já que segundo o próprio site da Cougar ele pesa 400 gramas, como comparação, o HyperX Cloud Alpha que tem partes de sua estrutura em metal pesa 336g e isso faz uma diferença no final do dia quando você encerra sua sessão de jogos.

Headband
Headband

Não estou chamando o fone de desconfortável mas sim avisando sobre seu peso. Com um LCD-2c em casa, este fone aqui me dá a impressão de ser leve mas para outras pessoas que estão acostumadas com fones mais leves dá para sentir o peso fácilmente.

As earpads desse fone são GIGANTES, tipo, desproporcionalmente grandes se comparadas ao fone que na verdade é menor do que aparenta. Elas são feitas de um material bem leve chamado Memory Foam que é muito macio, porém o seu courino (courino, não couro) dá a impressão que irá desgastar com pouco tempo de uso.

Earpad esquerda
Earpad esquerda

Falando de tempo de uso de earpads, as mesmas são presas no fone e não-removíveis. Para tira-lás do fone somente rasgando. Felizmente, acho que é possível adaptar outras pads para o fone já que ele tem um pequeno vão no final das earpads em encontro com as earcups e me parece que talvez outras earpads se encaixem ali, porém faça por seu próprio risco pois nós não tentamos.

Unhas da Fernanda Beling
Unhas da Fernanda Beling

Elas tem 100mm de diâmetro e 35mm de espessura, então como falei são grandes mesmo e proporcionam excelente conforto. Até o momento de escrever este review eu não pude reclamar delas já que não desgastaram nem tiveram manchas e foram sempre muito confortáveis, mas o material externo delas deixa dúvidas para a longevidade.

Qualidade de Som

Lembrando que todos os tesdes de som foram feitos com a emulação 7.1 desligada.

Fone

Irei começar falando da qualidade sonora que eu escuto, qual foi a minha experiência usando o Immersa Pro Ti por algumas semanas e como ele se compara com outros fones do mercado neste aspecto.

Uma das coisas que percebi logo que usei o fone pela primeira vez foi o exagero de graves, ele tem graves muito acentuados e que muitas vezes distorcem outras frequências. Felizmente este exagero pode ser retirado com a equalização do fone usando o Software da Cougar e a melhora é significativa. Explicarei como fazer isso na parte do Software do review.

Após realizar a equalização e desligar o surround que a marca chama de "Xear Surround" o fone se transforma, a qualidade de áudio melhora significamente e mesmo tendo fones como o HD650 em casa eu não me importaria de usar o Immersa Pro Ti pela manhã enquanto trabalho aqui no Oficina da Net.

Os graves estão ainda bem presentes, o extremo low-end não aparece tanto mas os graves não perdem o corpo, os agudos ficam bem presentes e você irá notá-los porém eles não irão te fadigar em longa sessões de música.

Após a equalização eu posso lhes dizer que o fone é bem harmônico e transitando entre Hip-hop e Classic Rock para Hard Bass (inclusive é um dos melhores que já escutei nesse estilo de música) e terminando em Soft Music ele faz um bom trabalho e não tenho medo em dizer que ele agradará a grande maioria do publico, possívelmente até os mais exigentes.

Claro que não me limitei a escutá-lo somente em músicas e filmes, como o foco do fone é em jogos o que fiz foi focar nos jogos. Tive várias horas de gameplay com ele e em vários jogos como Metro Exodus, Battlefied 4, CSGO e Anthem.

A performance do fone nesses jogos foi muito boa, era muito fácil discenir de onde os tiros vinham ou os passos do inimigos, o que lhes recomendo caso usem este fone para jogos competitivos de FPS é diminuir um pouquinho os graves no EQ da Cougar para ter ainda mais clareza mas mesmo deixando no perfil "Flat" de EQ ele fez um ótimo trabalho e não há do que reclamar.

Microfone

O microfone além de ter sido ativamente utilizado para VOIP in-game (CSGO) também foi usado para conversas pelo Discord e TeamSpeak. Vou começar essa sessão com um clipe de áudio do microfone para vocês poderem escutá-lo e tirar conclusões melhores, o outro microfone seria um Samsom CO1 com uma interface Focusrite Scarlett Solo 2nd Gen.

O microfone apresenta um excelente áudio se comparado a microfones de outros fones com bom detalhamento e profundidade na vóz, ele acaba capturando um pouco do som externo de teclado e mouse mas não a ponto de atrapalhar quem escuta como acontece em outros fones, há também ajuste de sensibilidade e ganho dentro do software da Cougar então tenho muito a elogiar o fone nesta parte.

Microfone retrtil
Microfone retrátil

Funções Integradas

A única função integrada do Bunker S RGB seria o botão para mudar a iluminação dele que tem 15 opções diferentes contando com a opção de desligar a iluminação totalmente.

Botão de iluminação do Bunker S RGB
Botão de iluminação do Bunker S RGB

Já no Immersa Pro Ti temos 2 funções integradas diretamente no fone, uma delas é a de mutar e desmutar o microfone e não, não é colocando ele para dentro do fone que isso acontece. Para mudar o microfone você precisa chegar com sua mão na earcup direita e girar ela para trás até você ouvir um som de um click. Para ativá-lo novamente basta girar ela no sentido contrário até ouvir o click novamente e aí você terá ativado o microfone de novo.

A segunda função do Immersa Pro Ti vem na sua earcup esquerda que controla o volume do fone, para trás você diminui e para frente você aumenta, nada demais mas está lá para você usar caso queira.

Scroll lateral esquerdo
Scroll lateral esquerdo

Software

Você pode baixar o programa no site da Cougar e ele se chama Cougar UIX System que parece ser um novo programa que integra vários periféricos da marca. O link é este daqui.

Ao contrário do software do Minos XT, o software do Immersa Pro Ti funciona muito bem e não trava nem tem erros estranhos.

Ele disponibiliza equalização dos 32Hz até os 16k na sequência que vocês acabaram de ver acima. Além disso ele também já possuí perfis pré-definidos como por exemplo Rock, Bass, FPS, Balanced, etc. Há também a possibilidade de criar um perfil próprio que foi o que eu fiz para remover o Bass exagerado que vem como padrão no fone.

Este foi o perfil de Equalização que me deu o melhor som
Este foi o perfil de Equalização que me deu o melhor som

Ele tem a opção de habilitar ou desabilitar o "Xear Surround" que é o nome que a Cougar deu a sua virtualização de 7.1, recomendo fortemente DESLIGAR ESSA COISA pois isto destrói o som do fone que já não é dos melhores.

Surround est circulado em vermelho.
Xear Surround está circulado em vermelho.

Há também a aba de controle de iluminação onde você pode controlar a iluminação de ambos os anéis do fone. Há no total 5 efeitos + o modo OFF que desliga toda a iluminação, os modos "Alterar" na verdade são o ciclo de cores e o número correspondente de cores que cada modo irá circular (3 cores, 5 cores e 7 cores).

Painel de iluminação do Software
Painel de iluminação do Software

O software é simples e para mim só serviu para equalizar melhor o fone e desligar o Surround que veio ligado por padrão, agora se você gosta de iluminação RGB em seu fone e quer controlar a mesma, terá de baixar o programa.

Veredito

A aparência do fone pode até não ser das melhores, junto com a qualidade construção e as funções integradas, em compensação o áudio dele após uma pequena equalização e principalmente depois de desligar o "7.1" compensa em qualidade sonora assim como suas earpads em conforto.

Gostaria muito de comparar ele com fones que competem diretamente como o HyperX Alpha - que inclusive já temos review aqui no site - , HyperX Revolver, Corsair Void Pro Carbon, Razer Electra V2 e o Xanova USB.

Cougar Immersa Pro Ti
Cougar Immersa Pro Ti

O que posso dizer é que este headset é de ótima qualidade, com um som muito bom e microfone limpo, confortável durante o uso e com peso bem distribuído para disfarçar suas "gordurinhas". O preço sugerido é de 599 R$ mas acredito que irá diminuir com o passar dos meses - se o dolar colaborar, claro -, mas mesmo com esse preço acredito que é uma boa escolha pois tudo que escutei e usei me deixaram com uma boa impressão do fone e não me senti prejudicado e muito menos desapontado em nenhum aspecto do fone.

Recomendo o fone sim com a nota de 8.5 considerando que suas earpads e headband não me inspiram confiança, se caso elas se mostrarem de boa qualidade na batalha contra o tempo sem dúvidas irei aumentar a nota do fone.

Também recomendo o Bunker S RGB caso você esteja procurando por um suporte de headphone/headset firme com iluminação e portas USB adicionais que complemente o visual de sua mesa.

Leia também: Review Cougar Turret RGB | Gabinete intermediário Premium. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto