Oficina da Net Logo

5 Dicas importantes na hora de comprar um notebook

Aqui está o que procurar se você quiser comprar o melhor notebook para você.

Por | @oficinadanet Hardware Pular para comentários

Compacto o suficiente para levar com você, mas versátil o suficiente para executar softwares exigentes, um notebook é a melhor ferramenta para trabalhar, e ao mesmo tempo poder estudar, jogar ou acessar a internet de qualquer lugar. Embora os tablets e smartphones sejam muito úteis para isso, nem sempre são capazes de executar algumas funções, como edição de texto e de imagem. Então, o que é importante na hora de comprar um notebook?

5 Dicas para comprar um notebook

Há uma grande variedade de tamanhos, recursos e preços, o que torna a escolha do notebook certo um desafio. É por isso que você precisa descobrir quais são suas necessidades. Se você vai aproveitar alguns rendimentos extras de fim de ano para investir em uma nova máquina, confira aqui o que você precisa saber antes de inserir os dados do seu cartão de crédito nesta compra.

1. Tamanho

t

Quando se trata de computadores portáteis, o tamanho é importante, afinal, sua intenção é carregá-lo junto de você. Dependendo do que você planeja fazer com seu próximo notebook, certifique-se de escolher o tamanho adequado para você. O tamanho não é como a memória RAM ou o HD, que você pode melhorar posteriormente. Então, escolha sabiamente. Leia em destaque: Sua impressora não funciona? Confira as possíveis soluções para o problema.

O tamanho dos notebooks normalmente variam de 11,6 polegadas até 17,3 polegadas. A maioria das fabricantes tendem a oferecer três tamanhos de tela: 13,3 polegadas, 15,6 polegadas e 17,3 polegadas. No entanto, alguns fornecedores vendem notebooks com outros tamanhos, incluindo 11,6 polegadas, 12,5 polegadas e 14 polegadas.

Obviamente, se você vai precisar transportar bastante essa máquina, a portabilidade é sua prioridade. Invista em um notebook menor e mais fino, como um ultrabook. Eles tendem a ser mais leves, para que sejam fáceis de carregar. Procure por notebooks que tenham uma tela de 12,5 polegadas ou 13,3 polegadas, e que pesem entre 1kg e 1,5kgs.

No entanto, lembre-se de que as máquinas de 13,3 polegadas ou menos geralmente não suportam os mesmos processadores Intel Core i7 de alto desempenho, ou placas gráficas discretas, que você pode encontrar em notebooks de 15,6 polegadas ou mais. Na maioria das vezes, eles também apresentam uma seleção menos robusta de portas.

Se o tipo de trabalho para o qual você pretende usar seu novo notebook exigir uma exibição maior ou um poder gráfico autônomo, provavelmente será necessário adquirir uma máquina de um tamanho maior.

Para que você vai usar esse notebook? Alguns usuários precisam de algo mais leve e mais portátil. Outros usuários precisam de gráficos discretos para edição de vídeo ou execução de jogos de ponta. Se você precisa de um PC com uma unidade ótica, ou de uma bateria de longa duração, você quase certamente terá que comprar algo maior.

2. Resolução da tela

r

Como você vai olhar para a tela do seu notebook por horas, provavelmente vai querer ter uma tela que seja confortável de se ver e usar. Para começar, você terá que considerar se deseja que seu próximo notebook tenha uma tela sensível ao toque.

Atualmente, as telas sensíveis ao toque são muito comuns, e podem tornar algumas tarefas mais fáceis do que outras. Infelizmente, elas também podem vir com tela que reflete a luz, o que às vezes é indesejável. Por esses motivos, convém considerar um notebook que não tenha uma tela sensível ao toque mas que não reflita na tela.

Qual a resolução da tela de notebook que você quer? Uma resolução de 1920x1080 pixels (Full HD) deve ser considerada a melhor se você quiser muito espaço para alinhar as janelas e manter as coisas visíveis.

Alguns notebooks mais modernos e top de linha já oferecem resoluções em 4K. No entanto, estas telas são geralmente são dispensáveis, por encarecerem demais o produto. Elas realmente valerão a pena para aqueles que realmente precisam, como profissionais de criação de conteúdo.

Os fotógrafos e os videomakers também vão querer notebooks que ofereçam melhor precisão de cor e suportem padrões de HDR, além de uma gama de cores mais amplas.

3. Processamento

g

Os componentes do notebook, como o processador, o disco rígido, a RAM e o chip gráfico podem confundir até mesmo os aficionados em tecnologia, portanto, não se envergonhe se as especificações parecerem uma sopa de letrinhas para você.

Primeiramente, para um notebook ter uma velocidade razoável, adquira um produto com uma CPU baseada no Core da Intel. Aceite no mínimo um Core i3, mas o ideal é o Core i5, e se você dispuser de um pouco mais de dinheiro, aposte no Core i7. Um processador Intel Core oferece o melhor desempenho quando se trata de multitarefa e multimídia. Notebooks baseados no Core i3 são geralmente encontrados em sistemas de nível básico, enquanto o Core i5 é a maioria dos computadores convencionais.

Os sistemas baseados no Core i7 são para aqueles que querem o melhor desempenho do seu notebook. No entanto, observe que com um sistema baseado no Core i7, o calor proveniente da base do notebook pode ser um motivo de preocupação, especialmente se você planeja realmente usar o notebook no colo a maior parte do tempo. Nesse caso, é interessante você utilizar suportes (mesas) que incluem coolers extras na base.

É possível encontrar alguns notebooks com os processadores i9 Core da Intel, mas avisamos de antemão que eles não custam pouco, porém, é um poder de processamento extremamente alto. Ainda mais poderosos que os notebooks que rodam nos processadores i7 Core, os dispositivos com Core i9 conseguem rivalizar com os desktops em termos de desempenho.

No que se refere a memória RAM, o ideal é aceitar minimamente 4 GB de RAM, mas o ideal é 8GB. Se você tiver condições ou for um usuário avançado, aposte em 16GB. Gamers podem pensar em até 32 GB se quiserem a melhor experiência em seus jogos.

Mais RAM permite que mais aplicativos sejam executados ao mesmo tempo e que mais dados sejam acessados ​​rapidamente pelo sistema, a qualquer momento, o que é útil para tarefas como editar fotos ou conteúdo de vídeo.

Lembrando que você poderá acrescentar mais RAM posteriormente, portanto, se achar uma boa máquina, mas ela não vem com tudo de RAM que você gostaria, talvez valha a pena comprar e depois incrementar sua memória RAM.

4. Armazenamento

h

Os discos rígidos costumavam ser a última moda, mas hoje em dia eles estão em desuso, especialmente para notebooks finos e leves. Isso ocorre porque eles podem ser lentos, um pouco volumosos e produzir calor e ruído perceptíveis.

Um SSD, por outro lado, oferece muito mais velocidade do que um disco rígido, é executado silenciosamente. Além disso ele não adiciona muito ao peso e volume ao notebook.

Como resultado desses benefícios claros, a maioria dos novos notebooks top de linha adotam o armazenamento SSD como padrão para notebooks. Mas lembre-se, caso você ache uma boa máqiona que venha com HD, não se preocupe, depois você pode substituir por um SSD.

Atenha-se a um HD ou SSD com velocidade suficiente para carregar programas, acessar seus dados e também a rapidez com que pode inicializar seu sistema.

Os SSDs deixam a máquina mais veloz, mas, por outro lado, eles não oferecem tanta capacidade de armazenamento. O armazenamento SSD que alcance os mesmos GB's da maioria dos HD's comercializados hoje geralmente são muito mais caros. O mais provável, se você apostar no SSD, é conseguir dispor de 128 GB, 256 GB ou 512 GB. Enquanto isso, os tradicionais discos rígidos facilmente suportam 1 TB ou até 2 TB.

Mas existe uma terceira via, que são máquinas que combinam um SSD menor com um disco rígido maior. Isso permite que os consumidores obtenham a velocidade do SSD e o espaço de armazenamento HD.

Os notebooks mais novos e mais rápidos também têm drives de estado sólido NVMe, que são muito mais rápidos do que os SSDs tradicionais, mas também mais caros.

5. Bateria

b

Se você depende muito da bateria do seu notebook, pois fica muito tempo longe de uma tomada, procure um notebook que ofereça no mínimo 4 horas de duração da bateria. Por exigirem muito mais energia, os noteboooks gamers são uma exceção a essa regra (eles precisam de bem mais que isso).

Uma boa prática aqui é observar a classificação da bateria em Watt-horas (Wh) ou em miliampere-horas (mAh). Quanto maiores esses números, maior a duração da bateria. Para um Ultrabook de 13,3 polegadas, por exemplo, uma bateria com uma classificação de 44Wh a 50Wh lhe dará os melhores resultados.

Para ter uma ideia da vida útil esperada da bateria de um notebook, não acredite 100% no que diz o fabricante. Em vez disso, leia as avaliações e análises do notebook que você está "namorando" na Internet, em sites de tecnologia e fóruns.

Resumo de dicas

Estes são os detalhes mais importantes a considerar ao escolher um novo notebook:

As telas de 12,5 a 14 polegadas oferecem o melhor equilíbrio entre usabilidade e portabilidade. Telas maiores são boas se você não viaja muito, e modelos menores são bons para estudantes levarem o notebook para a escola/faculdade.

Essas são as especificações mínimas para uma máquina de qualidade:

  • CPU Core i5
  • Tela Full HD 1920 x 1080
  • 4 GB de RAM
  • Preferência para SSD em vez de HD.
  • 6 horas de vida útil da bateria é ideal para quem precisa usar o notebook longe da tomada.

Outros fatores a considerar:

Teclado: Procure um layout confortável, com teclas de tamanho normal e algum espaço ao redor das teclas de seta. É interessante também, principalmente para pessoas que trabalham com muitos números, como contadores e quem trabalha com vendas, ter um notebook que tenha o teclado numérico ao lado direito, pois isso vai facilitar a sua vida.

t

Touchpad: Procure por um touchpad preciso, que não tenha um cursor saltitante e responda de maneira consistente a gestos multitoque. Se você estiver comprando um notebook para trabalhar, considere os que tem o nub, que é aquela rodinha entre as teclas G e H, para que você possa navegar pela área de trabalho sem tirar os dedos do teclado.

nu

Sistema Operacional: O mais comum no Brasil são os notebooks com Windows, mas você pode se interessar também pelo Linux, que é um sistema operacional de código aberto, ou pelo Apple macOS High Sierra. Ambos sistemas são bons, mas cada um tem suas particularidades, e varia muito de acordo com o seu gosto. Se você não tem conhecimentos sobre esses outros sistemas e está acostumado com o Windows, aposte nele.

l

Placas de Som, vídeo, e outros componentes, portas UBS e HDMI, entre outros fatores, também podem ser relevantes, mas a escolha de cada um desses fatores dependem muito dos seus gostos e necessidades.

Atenda suas necessidades sem comprometer seu orçamento

Naturalmente, você precisa equilibrar esses recursos com seu orçamento e suas necessidades, e talvez tenha que optar por algo mais simples do que o ideal. Raramente um notebook será bom e barato, portanto, o mais importante é escolher a melhor máquina que você tem condições de pagar.

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

MAIS SOBRE: #hardware  #notebook  #laptop
Comentários
Carregar comentários