Roku, líder em streaming nos EUA, chega ao Brasil com TVs a partir de R$1200

Roku chega ao Brasil esta semana. Conheça a líder em streaming nos EUA que começará no país vendendo TVs a partir de R$1200.

Por Tecnologia Pular para comentários
Fonte: TheMotleyFool
Fonte: TheMotleyFool

Esta semana a empresa focada em streaming, Roku, anunciou sua chegada ao Brasil. Houve em São Paulo capital um evento de lançamento para a realização de sua inauguração no país. De acordo com a companhia, inicialmente serão comercializadas duas linhas da Roku TV, que serão fabricadas em parceria com a TPV, empresa detentora da marca AOC.

Roku é uma empresa norte americana líder em streaming

Fundada no ano de 2008, a empresa norte americana é líder de streaming em seu país natal (EUA) e também possui presença considerável em mercados de outros países. Atualmente a companhia conta com mais de 32 milhões de contas ativas. A desenvolvedora de sistemas de streaming vê o Brasil como país prioritário para realizar sua expansão na América latina, devido à forte aceitação do mercado às smart TVs e aos serviços de streaming.

De acordo com dados coletados pelo serviço de streaming Globoplay, empresa parceira da Roku no lançamento, 63% dos telespectadores consomem vídeos online, mostrando a grande oportunidade no mercado brasileiro para a companhia.

A Roku comercializará TVs de 32" e 43" que custarão respectivamente R$1199 e R$1599. É interessante notar que a empresa deixou de anunciar um de seus produtos mais famosos, os set-up boxes. Provavelmente eles serão anunciados em um futuro não muito longínquo.

TV AOC rodando o SO Roku TV. Fonte: InfoMoney (Giovanna Sutto)
TV AOC rodando o SO Roku TV. Fonte: InfoMoney (Giovanna Sutto)

O sistema operacional Roku OS, presente nas TVs e set-up boxes, funciona como um aglutinador de serviços de streaming. Desta forma, o usuário poderá comprar uma TV da AOC, parceira da empresa, para ter acesso à diversas plataformas como, por exemplo, Netflix, HBO Go, GloboPlay, Amazon Prime, Spotify, Deezer, DAZN, entre outras. Lembrando que é necessário assinar cada uma das plataformas para ter acesso, o conteúdo não é gratuito.

O que você achou da novidade? Comente abaixo e compartilhe conosco a sua opinião.

Comentários:
Carregar comentários