Amazon guarda gravações de voz e transcrições de áudios de clientes em interações com Alexa e Echo

A informação foi dada pela própria empresa em resposta ao questionamento de um senador norte-americano. Tanto o áudio como as transcrições são retirados de interações entre clientes e a Alexa ou o Echo.

Por Tecnologia Pular para comentários
Amazon guarda gravações de voz e transcrições de áudios de clientes em interações com Alexa e Echo

A Amazon admitiu não deletar dados dos clientes obtidos por meio das interações de voz com a assistente pessoal Alexa nem com o Echo - mesmo se o usuário apagar essas informações de suas contas. Essa alegação foi feita pela empresa em uma carta ao senador norte-americano Chris Coons enviada em 28 de junho, mas publicada apenas nesta quarta-feira (3). 

O senador havia questionado a Amazon sobre quanto tempo ela arquiva gravações de voz e transcrições de áudios do Echo. Na carta, a empresa alega que "guarda as gravações e transcrições até o usuário decidir apagá-las". No entanto, uma investigação por parte do site estadunidense CNET sobre os dados mantidos pelas interações com a Alexa mostra que esses áudios não são apagados mesmo se o usuário optar por fazê-lo.

Amazon Echo, dispositivo que usa comando de voz para realizar diversas ações em casas.Amazon Echo, dispositivo que usa comando de voz para realizar diversas ações em casas.

A Amazon, nessa acusação, confirmou que realmente não apaga algumas das informações por dois motivos: ou porque é muito difícil para a empresa vasculhar e encontrar esses dados em todos seus sistemas de armazenamento mundiais ou porque, em alguns casos, eles simplesmente optam por manter esses dados sem avisar o usuário. 

Essa segunda resposta logo foi justificada pelo Vice-Presidente de Políticas Públicas da empresa, Brian Huseman. Segundo ele, dados de transações e questões do dia-a-dia como alarmes, aniversários, ou outros compromissos não são apagados. O motivo? Facilitar a vida do usuário, uma vez que caso o cliente opte por repetir alguma dessas ações, a Alexa está "preparada" com todas as informações para realizá-la rapidamente. "Os clientes não querem, nem esperam, que a exclusão de uma gravação apague também dados associados ou impeça a Alexa de executar alguma tarefa", disse ele.

Alexa, assistente virtual da Amazon, realiza diversas ações a partir de comandos de voz.Alexa, assistente virtual da Amazon, realiza diversas ações a partir de comandos de voz.

Huseman ainda fez algumas declarações, alegando que a empresa está "se esforçando para garantir que essas transcrições não permaneçam em nenhum sistema de armazenamento da Alexa".

Essa história vem ganhando mais atenção após uma reportagem publicada pela Bloomberg em abril alegar que funcionários da Amazon possuem acesso a dados pessoais de usuários. Esses funcionários trabalhariam exclusivamente com a Alexa e conseguiriam, por meio de comandos de voz dados pelo cliente à assistente pessoal, coletar diversas informações pessoais.

A empresa alega que os dados são analisados e processador por humanos para melhorar a Alexa com o passar do tempo, mas essas alegações fizeram com que diversas pessoas ficassem receosas com a Amazon.

 

Fonte: the verge

 

Compartilhe com seus amigos:
Andressa Isfer
Andressa Isfer Jornalista, amante de séries, filmes, livros e games. Curiosa e sempre pronta para novos desafios.
TWITTER: @andressaisfer
Quer conversar com o(a) Andressa, comente:
Minha foto
    Últimas notícias de Tecnologia