Ren Zhengfei, fundador da Huawei, diz que vai protestar se a China lançar retaliação contra a Apple

Ren Zhengfei, fundador da Huawei, falou durante uma entrevista ao site Bloomberg que faria protesto caso houvesse realmente um boicote da China contra a Apple. Confira a notícia.

Por | @Vitor_Valeri Tecnologia Pular para comentários

A Huawei vem monopolizando já há algum tempo as notícias de diversos sites de notícia, porém, infelizmente, não é pelo fato do seu último smarphone lançado. Simplesmente a chinesa corre o risco de fechar por conta dos constantes ataques do governo americano que acabaram por colocá-la na lista negra do departamento de comércio dos EUA. Esse ocorrido fez com que diversas empresas como, por exemplo, Google, Microsoft, Intel, Qualcomm e ARM, cortassem negócio com a Huawei. Todas elas deixaram de fornecer seus produtos e licenças para a fabricante de smartphones.

Esses ataques ocorreram ao mesmo tempo em que os EUA e a China estão em um embate comercial. Essas restrições impostas pelo presidente Donald Trump fez com que houvessem hipóteses de que a China reagiria da mesma forma restringindo empresas americanas em seu território como, por exemplo, a Apple. Por conta disso, Ren Zhengfei, fundador da Huawei, falou durante uma entrevista ao site Bloomberg que faria protesto caso houvesse realmente um boicote da China contra a Apple.

Antes de mais nada, isso não vai acontecer. E, segundo, se isso acontecer, serei o primeiro a protestar . A Apple é minha professora, está na liderança. Como estudante, por que ir contra o meu professor? Nunca

Ren Zhengfei, fundador da HuaweiRen Zhengfei, fundador da Huawei

Entretanto, Ren assume que o ataque dos EUA às empresas chinesas teve impacto na liderança da Huawei na distribuição do 5G, mas ele acredita que a empresa tem capacidade para desenvolver soluções para se recuperar desse dano. Não foi divulgada nenhuma programação das ações que a Huawei tomará daqui para frente e quando as suas ações entrarão em vigor.

Mesmo após os comentários de Ren, muitos acreditam que a China está com intenções de realizar ataques às empresas norte americanas em seu país, mas só o tempo dirá o que irá acontecer. Comente abaixo o que você acha sobre tudo isso.

Fonte: Gizmochina