Cofundador do Facebook diz que está na hora de quebrar a empresa

Segundo Chris o Facebook está se tornando um monopólio muito grande e que isso seria perigoso. Ele sugere que o governo dos EUA deveria reelaborar as leis antitruste para impedir que Mark Zuckerberg faça mais aquisições (compra de empresas).

Por Tecnologia Pular para comentários
Cofundador do Facebook diz que está na hora de quebrar a empresa

Chris Hughes, co-fundador do Facebook, publicou no início deste mês um artigo no jornal The New York Times onde fala sobre o que acha que deveria acontecer nos futuros passos do Facebook.

Segundo Chris o Facebook está se tornando um monopólio muito grande e que isso seria perigoso. Ele sugere que o governo dos EUA deveria reelaborar as leis antitruste para impedir que Mark Zuckerberg faça mais aquisições (compra de empresas).

No sentido de diminuir o monopólio, o co-fundador do Facebook ainda diz que deveriam ser desfeitos os direitos sobre o Instagram e o Whatsapp.

Co-fundador do Facebook Chris Hughes
Co-fundador do Facebook Chris Hughes

Ao mesmo tempo em que Chris publicou a sua opinião acerca da empresa, o Facebook promete fazer extremo oposto. Ao invés de fragmentar suas plataformas como foi sugerido, Mark Zuckerberg planeja integrá-las. Inclusive foi comunicado a intenção de envio de mensagens entre os aplicativos Whatsapp, Instagram e Messenger.

Segundo o autor do artigo do jornal, os três maiores problemas da rede social foram: privacidade dos usuários (uso indevido de informações), demora para resolver a questão das fake news e espionagem nos EUA.

A rede social através de reuniões com o governo dos EUA pretende criar uma regulamentação que não prejudique os interesses da empresa e ao mesmo tempo traga um ambiente mais democrático e seguro para a internet. Foi emitido um comunicado mencionando essa troca de idéias com o governo e uma resposta ao artigo publicado no The New York Times:

O Facebook entende que com o sucesso vem responsabilidade. Mas você não impõe essa responsabilidade exigindo a cisão de uma empresa americana bem-sucedida. A responsabilidade das empresas de tecnologia só pode ser alcançada por meio da introdução diligente de novas regulações para a internet. Isso é exatamente o que Mark Zuckerberg tem pedido. Aliás, ele está se reunindo com líderes do governo nesta semana para dar continuidade a esse trabalho

Fonte: InfoMoney

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto