Robô-Cobra irá avaliar desastre de Fukushima

O robô mede 12 metros e possui uma câmera equipada com sensores que coletam os dados sobre como ocorreu o vazamento.

Por Tecnologia Pular para comentários
Robô-Cobra irá avaliar desastre de Fukushima

A empresa japonesa Toshiba revelou que irá fazer um robô em formato de uma cobra para ajudar os especialistas a entenderem o que ocorreu exatamente na Usina de Fukushima, que teve um acidente nuclear registrado em 11 de março de 2011 após o derretimento de três dos seis reatores nucleares após um terremoto e um tsunami.

O robô mede 12 metros e possui uma câmera equipada com sensores que coletam os dados sobre como ocorreu o vazamento. O equipamento será inserido na Unidade 2 da usina, que possui um alto nível de radioatividade até hoje. A intenção é impedir que ocorra outros vazamento e também aumentar a segurança em relação a futuros desastres naturais.

Robô-Cobra ir avaliar desastre de Fukushima
Robô-Cobra irá avaliar desastre de Fukushima

O desastre nuclear de Fukushima, que ocorreu em 2011, é considerado o pior desde então, perdendo apenas para o acidente de Chernobil em 1986. Na ocasião, mesmo sem qualquer registro de morte, cerca de 300 mil pessoas tiveram que deixar o local.

Um relatório da Comissão de Investigação Independente revelou que a usina era incapaz de suportar um terremoto seguido de tsunami. Para completar, um outro estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Stantford diz que as usinas japonesas operadas pelas maiores empresas de serviços públicos eras desprotegidas de tsunamis.

Leia também: Os 10 melhores antivírus pagos em 2019. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários