Reconhecimento facial deverá substituir senhas em compras no varejo

A tecnologia também poderá ser usada para controlar o acesso a residências e também empresas.

Por | @oficinadanet Tecnologia

O varejo não começou ainda o uso na sua totalidade de algum meio de reconhecimento biométrico para fazer as transações financeiras. Atualmente, poucas lojas e bancos usam o recurso, porém, não de modo massivo, assim sendo, as senhas são indispensáveis. Porém, ao que tudo indica, em um futuro próximo tudo poderá ser diferente.

A Intel, Foxconn Technology e Asia Pacific fizeram a primeira demonstração do uso do reconhecimento facial para compra no varejo. A apresentação ocorreu em Taiwan, inicialmente como uma prova conceitual para demonstrar aos varejistas uma nova possibilidade de experiência ao cliente.

Reconhecimento facial deverá substituir senhas em compras no varejo.compras no varejo." src="https://www.oficinadanet.com.br/imagens/post/21264/reconhecimento-5415602_750x469_5a37a05437332.jpg" alt="Reconhecimento facial deverá substituir senhas em compras no varejo." />Reconhecimento facial deverá substituir senhas em compras no varejo.

Leia também:

A tecnologia também poderá ser usada para controlar o acesso a residências e também empresas, bem como em compras virtuais e acessos a serviço de entretenimento online, com o sistema de reconhecimento facial para efetuar o pagamento. Resumindo, sem a necessidade de senhas, apenas o próprio rosto do comprador para liberar a transação.

O escaneamento da face é muito rápido, leva apenas 0,03 segundo, o que minimiza o risco de vazamento de dados pessoais do cliente. Para completar, o meio de pagamento ainda dispensa o uso de cartões de crédito e débito ou mesmo dinheiro. O sistema irá usar a tecnologia Multi-acess Edge Computing (MEC) no 5G.

Ainda não há uma precisão para que a nova tecnologia chegue ao mercado, porém, deverá mesmo ser o futuro das transações.

+ Notícias
Comentários
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail