A Motorola anunciou nesta quarta-feira (17) o novo Moto G Power (2022). Boa parte das especificações já eram conhecidas por conta dos diversos rumores e vazamentos que foram ventilados nas últimas semanas. Com esse lançamento, a Motorola pretende oferecer um hardware modesto, com destaques para algumas atribuições de tela, câmera e bateria, aliada especialmente de um preço razoável com foco no custo benefício. Além dele, a empresa anunciou cinco novos modelos nesta quinta (18).

Motorola anuncia Moto G Power (2022)

Começando pelo aspecto visual, o Moto G Power (2022) não oferece nenhuma grande novidade, mantendo o mesmo design traseiro de outros modelos conhecidos, além da construção em plástico e tela com um furo no topo para abrigar a câmera frontal. O módulo traseiro de câmera tem o visual semelhante a um semáforo, com as lentes posicionadas na vertical, além de abrigar também um discreto flash LED.

  • Processador: MediaTek Helio G35 (12 nm)
  • CPU: Octa-core (4x2.3 GHz Cortex-A53 e 4x1.8 GHz Cortex-A53)
  • Sistema operacional: Android 11
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento Interno: 128 GB e 64 GB
  • Tela - Tipo: IPS
  • Tela - Tamanho: 6.5
  • Tela - Resolução: 1600 x 720
  • Tela - Densidade: 270 ppi
  • Câmera principal: 50 MP, f/1.8, (wide)
  • 2ª câmera: 2 MP, f/2.4 (macro)
  • 3ª câmera: 2 MP f/2.4 (profundidade)
  • Câmera Frontal: 8 MP, f/2.0, (wide)
  • Bateria: 5000 mAh
  • Carregador: 10W
  • 5G: Não
  • NFC: Sim
  • Som: Loudspeaker
  • Motorola Moto G Power (2022) - Ficha técnica completa

Tela de 90 Hz e processador MediaTek

A tela empregada é uma IPS LCD de 6,5 polegadas, com um sistema de bordas padrão de outros modelos da marca, e com leitor de impressão digital na lateral. Em relação aos seus antecessores, um dos principais destaques fica por conta da taxa de atualização de 90 Hz, deixando de lado o padrão travado em 60 Hz, comum em dispositivos da categoria mais acessível.

Motorola anuncia Moto G Power (2022). (Crédito: Motorola/Divulgação)
Motorola anuncia Moto G Power (2022). (Crédito: Motorola/Divulgação)

Debaixo do capô, temos o processador MediaTek Helio G35, aliado de um conjunto de memórias com 4 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de armazenamento interno. Se necessitar de mais espaço para armazenar arquivos, o aparelho ainda conta com um slot capaz de se utilizar um cartão microSD.

Câmeras de 50 MP e bateria parruda

O pacote fotográfico do Moto G Power (2022) também sofreu um upgrade em relação ao seu predecessor. A lente frontal, por exemplo, deixou de ter 48 MP e agora é de 50 MP. No entanto, ele ainda é acompanhado por uma simples câmera de profundidade que tem 2 MP. Para selfies, a lente frontal tem 8 MP.

Para alimentar todo esse conjunto, a Motorola empregou uma bateria com tanque de 5.000 mAh, e carregamento modesto de apenas 10W. No mais, temos o sistema operacional Android 11 rodando por baixo da interface pouco modificada da fabricante, tecnologia NFC para pagamentos, porta USB-C, WiFi de banda dupla, Bluetooth 5.0, certificação IP52 contra respingos e porta P2 para fones de ouvido com fio.

Preço e disponibilidade

Embora tenha sido apresentado agora, o novo Moto G Power (2022) deve chegar ao mercado dos Estados Unidos somente no início de 2022. No Brasil, ainda não se fala sobre a disponibilidade oficial do aparelho. Mesmo assim, já temos os preços oficiais para o mercado americano, convertido de forma direta pelo Oficina da Net, mas sem contar impostos brasileiros. Confira:

Moto G Power (2022)

  • 4 GB + 64 GB - US$ 199 (~R$ 1.097)
  • 4 GB + 128 GB - US$ 249 (~R$ 1.373)