B14 Bionic: Apple pode está desenvolvendo seu primeiro chipset intermediário

Parece que a Apple está desenvolvendo seu primeiro chipset intermediário: B14 Bionic. Os iPhones com este processador podem chegar ao mercado com preço mais acessível.

B14 Bionic: Apple pode está desenvolvendo seu primeiro chipset intermediário

Sabemos que a Apple já oficializou o chip A14 Bionic, dado que ele veio embarcado no iPad Air de 4ª geração e provavelmente será o "coração" da linha iPhone 12, que pode ser apresentada oficialmente em 13 de outubro.

No entanto, parece que a gigante de Cupertino planeja expandir seu portfólio de chips, mas desta vez apresentando ao público seu primeiro processador intermediário, que até então vem sendo chamado de B14 Bionic.

O leaker MauriQHD, responsável por essa informação, disse que ainda não tem certeza se este chip será baseado no A14 Bionic ou se ele está sendo construído do zero. Ele também afirma que tem guardado essa informação há meses, provavelmente para verificar sua credibilidade.

Prováveis ​​candidatos ao B14 Bionic

Levando em consideração que o iPhone SE (2020) foi lançado com A13 Bionic, é improvável que o iPhone 12 de 5,4", que de acordo com alguns relatórios chegará como iPhone 12 mini, traga o B14 Bionic.

Sendo assim, resta apenas três prováveis ​​candidatos. O primeiro é a versão 4G do iPhone 12, esperada para o início de 2021. Segundo informações do analista Jun Zhang, essa variante terá um "número de componentes inteiramente diferentes" quando comparada aos modelos 5G. Portanto, existe a possibilidade deste aparelho não ter o mesmo chip dos iPhones mais avançados.

Outro candidato para uso do B14 Bionic seria o sucessor do iPhone SE (2020), que deve manter a tela IPS LCD de 4,7 polegadas e, provavelmente, será lançado no primeiro trimestre de 2021.

Por fim, o novo chipset da Apple pode vir embarcado no iPhone SE Plus, ou qualquer outro nome que a empresa decida chamar quando falamos da terceira geração. Este modelo deve trazer grandes mudanças no design quando comparado ao iPhone SE (2020), podendo chegar ao mercado em 2022.

Chip novo, mas preço menor?

O iPhone SE (2020) custa US$ 399 (R$ 2.198), sendo US$ 300 (R$ 1.653) mais barato que o iPhone 11. Ambos compartilham o mesmo processador, mas o iPhone 11 entrega uma câmera melhor, Face ID e uma certificação IP mais resistente, por exemplo.

Se a Apple realmente estiver desenvolvendo um chip intermediário, espera-se que os iPhones com este componente custem menos de US$ 350 (R$ 1.928).

Evidentemente, nada disso foi confirmado pela empresa, então vamos aguardar mais informações que corroborem (ou não) com esse rumor.

Melhores celulares Xiaomi para comprar agora

Conteúdo relacionado

Apple pode oficializar linha iPhone 12 em 13 de outubro
Celulares

Apple pode oficializar linha iPhone 12 em 13 de outubro

A pandemia de COVID-19 atrasou a produção da linha iPhone 12, fazendo com que o anúncio não ocorresse em setembro. Felizmente, informações apontam que os novos smartphones da Apple chegarão já no início do próximo mês.

Novas cores! iPhone 12 Pro pode chegar em azul marinho e vermelho
Celulares

Novas cores! iPhone 12 Pro pode chegar em azul marinho e vermelho

Buscando atrair mais consumidores, analistas sugerem que a Apple pode lançar o iPhone 12 Pro em duas novas cores: azul marinho e vermelho.

iPhone 12 Pro Max aparece no AnTuTu com 6GB de RAM
Celulares

iPhone 12 Pro Max aparece no AnTuTu com 6GB de RAM

O iPhone 12 Pro Max, próximo flagship da Apple, foi encontrado no banco de dados do AnTuTu. A plataforma revelou a presença do processador A14 Bionic e 6GB de RAM, sendo o primeiro iPhone com essa quantidade.