OnePlus 7 e OnePlus 7 Pro são alvos de crítica da ASUS e Xiaomi

Empresas fizeram críticas aos novos aparelhos da OnePro. Enquanto a ASUS atacou a bateria oferecida pela empresa em comparação com seu novo Zenfone 6, a Xiaomi falou em custo benefício.

Por Smartphones Pular para comentários

Depois do anúncio oficial dos novos OnePlus 7 e OnePlus 7 Pro, a taiwanesa ASUS e a chinesa Xiaomi fizeram críticas à fabricante chinesa. Por meio de posts no Instagram e comunicados, as concorrentes o OnePlus criticaram sua bateria e custo-benefício. 

Com o lançamento do Zenfone 6, a ASUS publicou em seu perfil oficial no Instagram uma provocação sutil: a foto de seu novo celular com os dizeres 5000 > 1+7+3700, fazendo referência à sua bateria de 5000 mAh em comparação com a de 4000 mAh oferecida pela OnePlus. Os números 1 e 7 foram destacados, deixando claro se referir ao OnePlus 7.

Imagem publicada pela ASUS faz referência à bateria de 5000 mAh do seu novo lançamento em comparação ao OnePlus.Imagem publicada pela ASUS faz referência à bateria de 5000 mAh do seu novo lançamento em comparação ao OnePlus.

Já a Xiaomi foi um pouco mais direta. Manu Jain, vice-presidente da empresa, fez um comunicado em que disse que os novos modelos da OnePlus se "perderam no caminho" ao deixar de lado o custo-benefício.

Jain disse que aparelhos Flagship são caros e não podem ser pagos por todos. No entanto, "a Flagship Killer deu uma nova vida à indústria e fez smartphones com ótimas especificações acessíveis às massas, mas parece que muitos que prometeram ser Flagship Killer se perderam no caminho".

 Na imagem postada pela Xiaomi, a marca parabeniza a OnePlus por lançar um flagship - assinando embaixo Flagship Killer 2.0Na imagem postada pela Xiaomi, a marca parabeniza a OnePlus por lançar um flagship - assinando embaixo "Flagship Killer 2.0"

A Xiaomi ainda postou uma imagem com os dizeres "Parabéns, OnePlus! Ficamos sabendo de seu novo flagship. Assinado, Flagship Killer 2.0". Pouco tempo depois da postagem e dos dizeres, o presidente da Redmi, Lu Weibing confirmou que o K20 ficou conhecido como The Demon King e que será um flagship killer 2.0. Weibing ainda alegou que a Redmi busca entregar um aparelho com custo benefício maior que o oferecido pela OnePlus.

Compartilhe com seus amigos:
Andressa Isfer
Andressa Isfer Jornalista, amante de séries, filmes, livros e games. Curiosa e sempre pronta para novos desafios.
TWITTER: @andressaisfer
Quer conversar com o(a) Andressa, comente:
Minha foto
    Quantos celulares a Motorola tem em linha?
    5(14,87%)
    10(58,23%)
    15(11,34%)
    20(7,54%)
    26(8,02%)