Review Motorola One Action: Um celular para substituir a GOPRO?

Analisamos o Motorola One Action e sua câmera de ação. Seria este smartphone capaz de substituir a sua Go Pro? Essa é a proposta dele, assista o nosso review.

Por Reviews de smartphones 2 comentários
Review Motorola One Action: Um celular para substituir a GOPRO?

Antes de começar quero que você entenda que faremos o review apenas das câmeras do Motorola One Action. Mas qual o motivo? Ele tem as mesmas especificações do Motorola One Vision, que já revisamos aqui. Exceto pelas câmeras, motivo dos nossos testes aqui.

Pois bem, ele foi constituído para ser um smartphone câmera de ação. Isso mesmo, a ideia aqui é você não precisar levar a sua GOPRO junto nas trilhas ou esportes que pratica. E como que a Motorola fez para conseguir ter uma câmera de ação dentro de um smartphone?

NOTA

7.1

Motorola One Action

Prós
  • Câmeras
  • Sistema operacional
Contras
  • Fotos noturnas
  • Falta de estabilização óptica

Assista o Review do Motorola One Action em vídeo:

O celular conta com três câmeras traseiras, a primeira é a ultra-wide, com sensor de 16MP com abertura f/2.2, é ele o responsável por fazer os vídeos da câmera de ação. A segunda lente é a principal, utilizada também para fotografia, ela tem 12MP com abertura f/1.8. A terceira lente é utilizada para melhorar a profundidade de campo, não pode ser selecionada para fazer qualquer ação, tem 5MP e abertura f/2.2.

As câmeras do Motorola One ActionAs câmeras do Motorola One Action

Vamos lá então ver o que cada lente faz e como ela se comporta. A começar pela lente que nomeia o celular. A ação aqui, traz a ideia de simular uma GOPRO dentro do smartphone, onde com o celular na vertical você consiga fazer vídeos horizontais. E como foi que a Motorola conseguiu essa façanha? Eles realmente viraram o sensor em 90º. Isso mesmo, giraram em 90º o sensor. O negócio é físico, portanto, se você virar o smartphone para a posição horizontal na câmera de ação, ele vai gravar de pé a imagem.

Motorola One Action - gravação com celular na verticalMotorola One Action - gravação com celular na vertical

A ideia é inovadora, parece cômica, mas muito legal. Primeiro, segurando o celular na posição vertical é muitíssimas vezes mais normal e a pegada dá mais segurança e estabilidade.

Falando em estabilidade, a lente wide não conta com estabilidade óptica, um defeito ao meu ver, por se tratar de algo que precisa muito de estabilidade, a óptica funcionaria melhor, certo?

A estabilidade eletrônica do Motorola One Action funciona assim. Ele grava vídeos apenas em FULLHD, 30fps ou 60fps. A estabilização eletrônica corta os cantos da imagem, tipo uma moldura, pois o centro da imagem geralmente é a parte onde menos notamos a tremedeira nos vídeos. Em resumo, a estabilização eletrônica é decente, não se compara a um gimbal ou mesmo a estabilização óptica, mas é boa.

Correndo não tive mesmo desempenho na estabilidade, mesmo segurando ele na vertical foi difícil estabilizar enquanto corria.

A lente principal é capaz de produzir vídeos em 4K a 30fps, mas não temos estabilização, nem eletrônica nesta resolução no sensor principal. A imagem que ela produz é melhor, obviamente que o sensor wide, porém podemos notar que foi aplicado um filtro de nitidez bastante forte, principalmente se você fizer gravações internas. Para evitar que ele fique bastante evidente nas imagens será necessário iluminar bem o ambiente. Para gravações externas, a percepção será mínima. Triste mesmo ele não contar com estabilização na câmera.

Motorola One Action - Foto HDRMotorola One Action - Foto HDR

Em fotos eu gostei do resultado. O HDR deixa as imagens bem detalhadas, ilumina bem onde está baixa luz, e o alcance dinâmico da câmera vale o preço investido. Um problema em fotografar, foi não poder selecionar a câmera wide para tirar fotos. Ela serve apenas para os vídeos de ação.

Motorola One Action - outro exemplo HDRMotorola One Action - outro exemplo HDR

O recorte de fotos em modo retrato não é perfeito, mas não há do que reclamar também. Mesmo a câmera frontal que não conta com o segundo sensor para profundidade de campo, trabalha bem no desfoque.

Motorola One Action - modo retratoMotorola One Action - modo retrato

O problema de tudo são as imagens noturnas. Ele não conta com modo noturno. Quando você fotografa a noite, a expansão do ISO é tão alta, chega a 1478, aí o granulado aparece e muito, tanto na fotografia quanto na selfie.

Motorola One Action - foto noturnaMotorola One Action - foto noturna

Falando em selfies, ele conta com sensor de 12MP na câmera frontal com abertura f/2.0. Interessante é a capacidade dela de fazer vídeos em 4K na selfie.

Motorola One Action selfiesMotorola One Action selfies

As fotos selfies com HDR ativo, durante o dia tem bons resultados. Nitidez suficiente e cores que poderiam ser melhores, bem verdade. Em algumas fotos comparadas com a câmera traseira, podemos ver a diferença de cores, parece muito com os smartphones orientais que aplicam um filtro de pele para tornar você mais suavizado e branco.

A câmera frontal em resumo, têm os mesmos sintomas da traseira. Faz boas fotos durante o dia, com equilíbrio razoável, porém peca em fotos noturnas. Faz vídeos em 4K, legal para o produto, porém não conta com estabilização, se bem que raro ver um smartphone estabilizado na frontal.

Galeria de fotos selfies:

Agora que você já viu a nossa análise de câmeras, vamos deixar algumas informações que você precisa saber sobre o smartphone. Ele conta com 4GB de memória RAM, 128GB de armazenamento interno e processador Exynos 9609. É um processador para smartphones intermediários, vai fazer as atividades diárias como navegar por redes sociais e na internet sem travamentos. Vai permitir jogar sem lags se você configurar a resolução HD nos jogos e qualidade gráfica de intermediário para mínimo.

Galeria de fotos:

Ficha técnica do Motorola One Action, comparada com One Vision:

Data lançamento 15/05/2019 16/08/2019
Preço de lançamento R$ 1.999,00 R$ 1.799,00
Menor preço histórico R$ 1.279,20 R$ 1.059,20
Processador Exynos 9609 Exynos 9609
GPU Mali-G72 MP3 Mali-G72 MP3
Memória RAM 4 GB 4 GB
Armazenamento Interno 128 GB 128 GB
Armazenamento Extra 256 GB 512 GB
Câmera Frontal 25 MP 12 MP
Câmera Frontal - Abertura F/1.8 F/2.0
Câmera Traseira 48 MP e 5 MP 12MP, 16 MP e 5 MP
Câmera Traseira - Abertura F/2.2 e F/1.7 F/2.2 e F/1.8
Câmera Slow Motion 720p@240fps
Vídeo 4K - 30 fps 4K - 30 fps
Display - Tamanho 6.3 6.3
Display - Tecnologia IPS IPS
Display - Resolução 2520 x 1080 2520 x 1080
Sistema operacional Android 9 Pie Android 9 Pie (Android One)
Bateria 3500 mAh 3500 mAh
Proteção IP68 Não tem Não tem
Peso 181g 181g
Som Dolby Atmos e Mono Dolby Atmos e Mono
Câmera - HDR
Câmera - estabilização ótica
3G
4G
5G
Bluetooth
GPS
NFC
Wi-Fi
DLNA
Rádio FM
TV Digital
Acelerômetro
Bússola
Flash
Giroscópio
Sensor de proximidade
Vibração
Viva Voz
Sensor de impressão digital
3.5mm jack
Detecção facial
Barômetro

Veredicto

Como já mencionei desde o começo, esse é um review de câmeras do Motorola One Action, pois já fizemos o review do Motorola One Vision, que conta com os mesmos recursos, portanto, se quiser ver ele em ação de performance e muito mais, assista o outro review. A diferença aqui está justamente nas câmeras. A designação deste celular é você não precisar carregar junto a sua câmera de ação, utilizando a lente wide para fazer vídeos estabilizados eletronicamente.

Motorola One Action - VeredictoMotorola One Action - Veredicto

Meu veredicto do Motorola One Action é que ele é apenas mais um no meio de tantos outros (26 vendendo atualmente) Motorolas. Essa tem sido a estratégia da Motorola em 2019, trazer mais modelos, para ficar sempre na visão das notícias e sendo foco de produtos. A linha One tende a crescer, a fabricante vem criando aparelhos com pouquíssimas diferenças e tornando-os produtos. É bom para ela que fica sempre em vista, bom para nós que temos bastante conteúdo para produzir, ruim para você que precisa cada vez mais estudar para descobrir se um aparelho é bom o suficiente para valer seu investimento. E posso dizer, o Motorola One Action vale o investimento pelo preço atual dele, não por suas características.

Atualmente custando 1349 reais, link da loja na descrição, ele não faz bem o que foi proposto. Dizer que ele é uma câmera de ação está longe dos planos. Primeiro, você não vai prender um smartphone no capacete e fazer uma pedalada colina abaixo. Segundo, uma câmera de ação pode enfrentar intempéries, seja uma forte chuva ou mesmo cair em algum lago, e pasme, o telefone câmera de ação não conta com proteção contra água.

Tudo bem, a GoPro mais barata atual, custa quase 1500 reais, porém, nem comparamos a qualidade de imagem capaz dela produzir, só de começo é 4K com estabilidade óptica, e à prova dágua, mas não faz chamadas. O que quero dizer aqui, é que se você tem interesse por uma câmera de ação, você vai comprar uma e não um smartphone que simula uma, certo?

Agora, se você deixar de lado a ideia do smartphone de ser uma câmera de ação e focar nas especificações e tudo que ele pode oferecer, aí começamos a pensar que ele vale a pena. Faz boas fotos durante o dia, performance adequada ao dia-a-dia, bateria de 3500mAh que vai durar um dia, ainda assim perdendo para concorrentes diretos como o Redmi Note 7 e mesmo o Galaxy A50, mas se torna uma boa opção para você que é fã da Motorola.

Me diz o que você achou do Motorola One Action com base em que você já viu sobre o produto, gostaria muito de debater sobre ele aí nos comentários.

Compartilhe com seus amigos:
Nicolas Muller
Nicolas Muller Fundador do Oficina da Net, trabalha com internet desde 2004. Entusiasta de tecnologia, hoje coordena a redação do site, responsável pela análises de smartphones. Foi programador por 10 anos e agora jornalista por profissão.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @nmuller99 // TWITTER: @nmuller99
Quer conversar com o(a) Nicolas, comente:
Carregar comentários
Tudo sobre
Últimas notícias