Qualcomm apresenta sensor biométrico para tela do smartphone

Novos smartphones com sensor sob a tela devem chegar no inicio de 2018 e os dispositivos com sensores abaixo da tela devem estar disponíveis na metade do ano. Qualcomm afirma que apesar da nova tecnologia agitar o setor, sua criação não vai inflacionar o mercado dos smartphones.

Por | @fsbeling Hardware

A Qualcomm apresentou durante a Mobile World Congress Xangai seus novos leitores biométricos que são considerados os primeiros fabricados com capacidade de funcionar através de vidro e alumínio. Com isso, é possível desenvolver aparelhos com desbloqueio por impressões digitais sem se preocupar em deixar espaço físico no design do dispositivo.

A novidade deve ser aplicada no novo iPhone, que segundo rumores confirmam sensor biométrico instalado sob a tela. Desta forma, o novo smartphone da Apple deve ser apresentado com a parte frontal toda composta por tela, resultando num design belíssimo. Sendo assim, a companhia deve ser a primeira a lançar um smartphone com sensor biométrico incluso na tela e a primeira a utilizar a nova tecnologia da Qualcomm.

Sensor biométrico na telaSensor biométrico na tela

De acordo com a reportagem do Digiatl Trends, o sensor deve ser disponibilizado em três opções: para dispositivos premium posicionado abaixo da tela, instalação sob metal e um sensor para instalação abaixo do vidro.

Os sensores possuem um sistema de reconhecimento cardíaco e de fluxo sanguíneo, o que auxilia ainda mais no processo de autenticação e evita a ação de hackers. Além disso, todos são imunes a intempéries de uso, ou seja, conseguem funcionar mesmo que o usuário esteja com o dedo sujo ou na presença de água, suor e óleo, por exemplo.

Leia também:

Também são compatíveis com os processadores da Qualcomm, obviamente, uma vez que foram produzidos pela mesma companhia. Mas a novidade não deve ocasionar aumento nos preços dos smartphones, apesar da tecnologia agitar o setor, afirma a Qualcomm.

Deve chegar às lojas através de um protótipo que deve ser apresentado pela empresa chinesa Vivo que está em destaque no país e fechou recentemente parceria com a Qualcomm.

Um repórter do site Engadget testou um aparelho com sensor posicionado em um único local sob a tela e considerou o processo de autenticação muito lento e reclamou sobre o pequeno espaço para posicionar o dedo.

Em manifestação, a Vivo confirmou que este problema deve ser resolvido até o lançamento definitivo. Disse ainda que há possibilidade de incluir quantos sensores quiser em um dispositivo, que a ideia final é forrar toda área inferior da tela com sensores para agilizar o processo de desbloqueio. Mas a empresa não divulgou quando deve disponibilizar os seus modelos.

A CNET comentou que a Qualcomm deve enviar amostras as fabricantes até outubro e os primeiros smartphones devem ser lançados já no início de 2018 com sensor sob vidro ou metal. Enquanto que os dispositivos com sensores abaixo da tela devem ser apresentados a partir do segundo semestre de 2018.

Mais sobre: Qualcomm, smartphones, sensor
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários