Telebras diz que 2 Km de fibra ótica que levaria internet à Campus Party foram roubados

O furto aconteceu na região do Pacaembu e acabou atrasando a instalação de equipamentos de rede.

Por | @oficinadanet Tecnologia

A Telebras é a responsável pela infraestrutura da Campus Party 2017, sendo que ela comunicou que foi alvo de um furto de 2 Km de fibra ótica. Tais cabos seriam usados para levar conexão de internet ao Pavilhão de Exposições do Anhembi, local que ocorre a 10ª edição do evento de tecnologia, ciência e cultura nerd.

De acordo com José Mendes, diretor da Telebras, “o prejuízo nem foi tão grande financeiramente, mas no cronograma”. As perdas foram estimadas em “coisa de R$ 1 mil”.

Telebras diz que 2 Km de fibra ótica que levaria internet à Campus Party foram roubados
De acordo com a Telebras, o prejuízo financeiro não foi tão grande com o roubo. A maior questão foi resolver o problema a tempo, sendo que o trabalho teve que ser feito durante a madrugada.           

Leia também:

O furto aconteceu na região do Pacaembu e acabou atrasando a instalação de equipamentos de rede. A Telebras precisou trabalhar durante a madrugada para reestabelecer o serviço. A organização da Campus Party disse que, mesmo sendo um evento repleto de equipamentos eletrônicos potentes, os roubos e furtos não são comuns.

No “ano passado, foi um só notebook roubado”, disse Francesco Faruggia, presidente da Fundação Campus Party. “Quando pensamos em fazer a Campus Party, disseram ‘não vai dar certo no Brasil, e isso não aconteceu”.

“Esse notebook que foi roubado foi culpa nossa”, disse o diretor da Campus Party, Tonico Novaes. Ele explicou que o campuseiro teve o notebook roubado do armário do próprio evento. Em consequência disso a organização pagou um novo.

Mais sobre: campusparty internet roubo
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar