Bitcoin supera US$ 1000 e ganhará suporte no Excel

Assim sendo, a moeda superou todas as moedas correntes emitidas por bancos centrais, como o próprio real e o dólar, ao ter valorização de 125% em apenas um ano.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

A moeda virtual abriu 2017 acima de US$ 1 mil (mais de R$ 3,2 mil). Esta é a primeira vez em três anos que ela atinge tal valor. De acordo com a Reuters, a cotação máxima alcançada foi de US$ 1.022, maior valor desde dezembro de 2013.

Assim sendo, a moeda superou todas as moedas correntes emitidas por bancos centrais, como o próprio real e o dólar, ao ter valorização de 125% em apenas um ano.

Bitcoin supera US$ 1000 e ganhará suporte no Excel
Moeda virtual teve uma supervalorização ao longo do ano. Microsoft quer abocanhar uma parte da grande movimentação financeira.

Leia também:

Com o sucesso, a Microsoft, ao que tudo indica, quer também faturar uma parcela. De acordo com o site MS Power User, a companhia está trabalhando no suporte ao formato BitCoin no Excel. Assim, quando o recurso estiver disponível, os usuários poderão usar o programa do pacote Office para rastrear, calcular e ainda analisar os dados do Bitcoin utilizando as opções de formatação de números nativos do Bitcoin.

Assim, um usuário que estiver desenvolvendo uma planilha e selecionar a opção “moeda” na formatação do celular, o símbolo do Bitcoin ficará disponível, do mesmo modo em que ocorre com o Real, Dólar e o Euro.

A novidade deverá estar disponível no primeiro semestre de 2017 para Windows, Excel Online, Excel Mobile para Windows e Excel Mobile para Android.

Com a vitória de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos, vários investidores decidiram apostar em um novo “refúgio”. Após alguns dias da declaração que o republicano irá substituir Barack Obama, o valor acabou subindo muito. 

Mais sobre: bitcoin, moeda, virtual
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar