Messenger conta com salas de bate-papo

A ideia é que o recurso sirva para fazer com que os usuários deixem de incomodar os amigos com assuntos que eles não têm interesse.

Por | @RafaelaPozzebon Aplicativos

O Facebook, ao que tudo indica, resolveu aplicar a estratégia de adotar ideias de aplicativos já consagrados. Prova disso é o Stories, que foi anexado ao Instagram, se tornando praticamente um Snapchat dentro da rede social de fotos.

Messenger conta com salas de bate-papo
Rooms estará presente no Messenger. Recurso está sendo testado na Canadá. Não há previsão de quando chegará para os demais usuários.

Leia também:

Desta vez, a tática está sendo usada com o Rooms. Ele era um aplicativo para criação de salas de bate-papo que foi lançado em 2014, porém, um ano após, ele foi desativado. Vale notar que o Rooms também foi acusado de plágio, igualmente ao Stories.

Agora, ao que tudo indica, a ideia está de volta, e desta vez, dentro do Messenger. Na semana passada, o Courier Mail noticiou que o Rooms apareceu para vários usuários da Austrália no decorrer da semana. Através dele é possível a criação de salas públicas para conversação de assuntos específicos, porém, permite também que os usuários possam ter conversas privadas.

De acordo com Drew Moxom, gerente de produtos do Messenger, a ideia é que o recurso sirva para fazer com que os usuários deixem de incomodar os amigos com assuntos que eles não têm interesse.

“Os chats em grupo atualmente são focados em pessoas que você conhece — amigos e família — e o que nós descobrimos conversando com os usuários é que há muita necessidade por [um serviço de] conversas sobre tópicos específicos”, explicou o executivo. “[O novo recurso] será para conversas baseadas em tópicos, então as pessoas podem conversas com outros que elas talvez não conheçam.”

A novidade será testada no Canadá antes de ser liberada para todos os usuários.

Mais sobre: facebook, messenger, stories
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários