Análise SSD Kingston V300 240GB: A vida antes e depois de um SSD

Veja o nosso review do SSD Kingston V300 de 240GB, e o vídeo comparativo com HD.

Por Hardware

Muitos duvidam, mas a vida realmente será boa depois que você comprar um SSD. Foi o que constatei quando a Kingston enviou um modelo para testarmos. Quando solicitei, queria um periférico de entrada, dos valores mais em conta, para de fato mudar a minha experiência diária e principalmente para você que está aí com o HD corroendo a sua vida, pudesse sentir um pouco do que eu venho sentindo.

A minha mudança para SSD foi a seguinte. Tenho um computador (desktop mesmo) no qual uso para fazer alguns gameplays, jogar com amigos e testar o que nos é enviado. É um PC antigo já, com baixa performance, tem um processador I5 de três anos, com 8 GB de RAM, uma GTX 750 TI, um HDD de 1TB, lento pra caramba. A minha ideia é, você que vive num ambiente parecido com o meu possa ter a sensação de alívio. O problema maior que vinha sofrendo era com a lerdeza em que as coisas eram carregadas, Windows, jogos, transferências internas de arquivos, tudo era tão demorado.

Leia também:

Quando o SSD chegou, não pensei que pudesse mudar tanto assim. O modelo que testo é o Kingston V300 de 240GB. Ele é um dispositivo de entrada, custando em torno de R$ 359,00, encontre aqui. Li um pouco sobre o SSD, fui analisar concorrentes mais robustos e de mesmo “calibre”. A Kingston está bem posicionada no mercado, poucas pessoas falam mal dos dispositivos que eles fabricam.

Tenho Windows 10 instalado no HD, para fazer um teste fidedigno eu precisava colocar o sistema operacional para rodar dentro do SSD, o primeiro desafio dos testes foi este. Como fazer sem reinstalar tudo a migração dos dados do HD para o SSD? Visto que eu tenho uma cópia do Windows 10 que foi atualizada de uma cópia original do Windows 8, portanto, como o aniversário de 1 ano do Windows já passou, provavelmente não possa vir a atualizar ele. A resposta se resume a uma palavra: CLONE. Resolvi estudar como clonar um HD. Achei diversas formas de fazer, com diversos tutoriais e programas. No terceiro teste que deu certo.

Antes de você iniciar o clone de um HD, é preciso entender um pouco como funcionam os setores e quais partições que atualmente existem. Não vou me aprofundar muito neste texto, sobre a clonagem de HD, para isto estou preparando um post completo ensinando a clonar HDs. Mas enfim, eu consegui fazer, passei umas 6 horas tentando, pois o processo é lento e demorado.

Quando fui fazer o teste para ver se tinha funcionado o clone, entrei na BIOS, mudei a ordem de entrada do BOOT, reiniciei sem remover o HD antigo e em poucos segundos já estava na tela de login do Windows.

Veja o vídeo abaixo do comparativo entre a abertura com o HD e com o SSD:

Como pode ver o SSD levou 8 segundos para ir até a tela de login, digitei a senha, chegou no fim do processo de abertura, com antivírus carregado e tudo mais, para daí então aos 46 segundos o HD chegar a tela de login.

Pode ser sim, que meu HD está ferrado, mas este pode ser o teu dia-a-dia.

Você deve usar o gerenciador de tarefas do Windows, sabe que a imagem abaixo é algo natural, o disco sendo utilizado 100% era comum.

Agora com o SSD, dificilmente um PICO de uso chega a atingir os 100%. Não interessa se você abrir programas pesados como photoshop, netbeans, premiere, etc. Nem jogos pesadíssimos como o Battlefield 1 chegou a atingir o máximo do uso.

 

Benchmarks:

Aqui está o relatório do sistema utilizado:

Interface SATA 3.0, capacidade de 223GB.

Vamos agora a alguns testes feitos para analisar o desempenho do SSD V300 de 240GB da Kingston. Levando em conta que estou utilizando o sistema operacional rodando no disco.

Usei para um benchmark o aplicativo AS SSD Benchmark.

Os testes do AS SSD, usam como base 4 requisitos:

  • Arquivos sequenciais
  • Blocos de 4K
  • Blocos de 4K usando 64 Threads

Fez uma pontuação de 228. Em alguns sites, vi ele atingir 1448 pontos, trabalhando em RAID-0. Mas como temos apenas um aqui, este foi o nosso resultado sem maquiagem.

SSD Userbenchmark: O site User Benchmark, também tem um ranking dos melhores SSD de 2016. O modelo que testamos está atualmente na posição 42. Para ver como ele não é de longe um top de linha, porém já mudou um bocado o meu uso cotidiano. Se você acessar o site, poderá ver que os 5 primeiros colocados do ranking são produtos Samsung.

O relatório do site mostrou que o V300 ficou nas posições:

  • 75º em custo/benefício
  • 144º em velocidade efetiva
  • 5º lugar em participação de mercado (bem vendido)
  • 94º em velocidade de leitura
  • 130º em velocidade de escrita
  • 114º em idade (não é lançamento)
  • 27º em termo de preços

Análise:

É um produto razoável, longe dos top de linha, mas com boa saída de mercado. Estou longe de ser um expert em SSD, aliás, foi minha primeira impressão com o produto. Fiz alguns testes, tudo que estava ao meu alcance de fazer.

Não cheguei a testar outros produtos para ter um comparativo fiel, mas estou impressionado com o desempenho ganho, só por ter trocado o disco. Ele não é mais o gargalo do meu computador. =)

Mais que indico o Kingston V300 de 240GB. Lembre-se de comprar pelo menos de 240GB, 120 você vai penar em manusear os arquivos. Certamente trocar um HD por um SSD vai ser a decisão mais sábia do seu dia. =)

Se quiser comprar, indico as lojas Americanas, pelo valor de R$ 353,59.

Recomendado
Siga nas redes
Últimas publicações
Assuntos kingston, ssd e periféricos
Siga nas redes
Encontrou algum erro no texto?

Entre em contato com o autor e nos ajude a melhorar a qualidade dos posts cada vez mais!

AVISAR
Comentários
ASSINE NOSSA NEWSLETTER

As melhores publicações no
seu e-mail