Oficina da Net Logo

Programa lançado pela Adobe é capaz de imitar qualquer voz

É necessário 20 minutos de amostras de áudio para que o programa consiga “imitar” perfeitamente a voz.

Por | @oficinadanet Aplicativos Pular para comentários

Na semana passada, a Adobe revelou um aplicativo que permite alterar gravações de áudio para incluir frases e palavras que não foram ditas pelo locutor. Como já era de se esperar, a inciativa acabou causando preocupações éticas e ainda de segurança, já que será possível manipular qualquer discurso sem que os ouvintes possam perceber.

Programa poderá inserir palavras não ditas pelo locutor. Perigo? Pode ser que sim!
Programa poderá inserir palavras não ditas pelo locutor. Perigo? Pode ser que sim!

A empresa, porém, disse que está tomando medidas para minimizar os riscos. Na última quinta-feira (3), durante uma demonstração, a edição foi realizada em apenas alguns segundos, sendo que foi necessário apenas uma transcrição em texto e um botão.

"Nós já revolucionamos a edição de fotos. Agora é hora de fazer o mesmo na edição de áudio", disse Zeyu Jin, funcionário da Adobe.

Segundo ele, é preciso 20 minutos de amostras de áudio para que o programa consiga “imitar” perfeitamente a voz.

No entanto, nem todas as pessoas ficaram empolgadas com a novidade. O aplicativo já recebeu diversas críticas.

"Parece que os programadores da Adobe foram arrastados pela emoção de criar algo tão inovador como um manipulador de voz, e ignoraram os dilemas éticos de mau uso potencial", explica o Dr. Eddy Borges Rey, professor de mídia e tecnologia da Universidade de Stirling. 

"isso complica a vida de advogados, jornalistas e outros profissionais que utilizam meios digitais como prova", disse ainda o professor, que diz horrorizado com a invenção.

“Estamos pensando em algo como uma marca d’água de detecção”, explica Jin, para que seja possível detectar as falas modificadas.

O programa ainda não foi lançado.

E você, achou interessante a ideia? Ou apenas um novo perigo que a tecnologia pode causar?

Assista ao nosso último vídeo: