Internautas organizam petições pedindo demissão do presidente da Anatel

João Rezende foi autor de declarações polêmicas na última semana, o que causou indignação nos usuários de internet no Brasil.

Por | @oficinadanet Internet

Após algumas declarações polêmicas feitas pelo presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, internautas resolveram organizar petições online pedindo por sua demissão.

Internautas organizam petições pedindo demissão do presidente da Anatel

Na última semana, o presidente causou espanto em muita gente ao afirmar que a era da internet ilimitada acabou, dizer que as operadoras acostumaram mal os brasileiros ao vender planos ilimitados e culpar quem costuma jogar games online pela decisão das operadoras em limitar o uso de dados na internet banda larga fixa. Segundo Rezende, os consumidores que consomem menos, estão pagando por aqueles que consomem mais.

Diante destas afirmações, somado ao fato que os internautas não estão satisfeitos com a posição adotada pela Anatel ao permitir que as operadoras imponham franquias limitadas para a internet fixa, surgiram alguns abaixo-assinados em sites dedicados a este tipo de movimento, assim como foi feito em relação ao modelo de cobrança por volume de dados.

No site Avaaz.org, até a manhã desta sexta-feira, dia 22 de abril, o documento já contava com mais de 58 mil assinaturas, sendo que a meta é chegar a 75 mil. O abaixo-assinado ressalta que "atualmente temos no cargo um presidente que está atrasado no tempo e não acompanha o desenvolvimento do país. A limitação não trará nenhum benefício, somente ele consegue ver vantagens", afirma um trecho. O documento ainda ressalta que os brasileiros precisam na presidência da Anatel, órgão que deve estar a favor do consumidor, alguém que enxergue a real situação que se encontra o país, em vez de defender apenas os interesses das empresas.

Internautas organizam petições pedindo demissão do presidente da Anatel

O abaixo-assinado deve ser entregue à Anatel. Uma outra petição no mesmo site também foi criada, mas conta com menos assinaturas, 550 até a manhã desta sexta-feira. Esta deve ser entregue ao Senado, à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e ao Senador Eunício Oliveira. As petições online não possuem nenhum valor jurídico, mas ajudam a impor pressão, demonstrando a insatisfação pública, sendo importantes para promover mudanças.

Outro abaixo-assinado foi feito no site Petição Pública. O movimento ainda está tímido, contando com 4 assinaturas até a manhã desta sexta-feira. O documento também solicita o afastamento de João Rezende, por defender o limite da internet fixa.

A redação do Oficina da Net entrou em contato com a Anatel para saber a posição da agência diante dos abaixo-assinados, mas ainda não teve retorno.

Mais sobre: Banda Larga Anatel petição online
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo