Banda Larga deverá ser prioridade em futuro modelo de concessões

Portaria que define as diretrizes para a atuação da Anatel na elaboração de proposta de revisão do atual modelo de prestação de serviços de telecomunicações, foi publicada hoje, no Diário Oficial da União.

Por Internet Pular para comentários
Banda Larga deverá ser prioridade em futuro modelo de concessões

Segundo portaria publicada nesta segunda-feira, dia 11, no Diário Oficial da União, a ampliação da internet banda larga no país deverá ser o investimento prioritário das concessionárias. Esta determinação deverá estar especificada no documento de revisão do atual modelo de prestação de serviços de telecomunicações, a ser feito pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Banda Larga deverá ser prioridade em futuro modelo de concessões

A portaria orienta à agência, que elabore propostas de mecanismos para possibilitar a migração das atuais concessões de Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC) para regime de maior liberdade, condicionando tal migração ao atendimento de metas relativas à banda larga. Estas propostas deverão ser entregues ao Ministério das Comunicações, nos termos da Lei Geral de Telecomunicações.

Ainda conforme a portaria, a Anatel deve observar que o acesso à internet é essencial ao exercício da cidadania e que o Poder Público deve atuar de modo a promover o acesso de todos aos serviços de banda larga, com custos acessíveis e em níveis de qualidade compatíveis com as expectativas dos usuários.

O plano a ser elaborado pela Anatel deverá incluir a expansão das redes de fibra óptica e rádio de alta capacidade, para mais municípios e o aumento da abrangência de redes de fibra óptica nas áreas urbanas. 

Leia também: Vivo admite que usuários de serviços de streaming terão que pagar mais pela internet

A portaria ainda define que a agência deve estabelecer regras para que haja ampliação da cobertura banda larga móvel em vilas e áreas rurais e deve conter instrumentos que obriguem as operadoras a fornecer o serviço não apenas em áreas rentáveis, mas também nas não rentáveis.

As mudanças no regime de concessão de telefonia fixa discutidas pela Anatel referem-se ao período de 2016 a 2020. Elas são consideradas fundamentais para o setor definir seu programa de investimentos em infraestrutura. A cada cinco anos os contratos são revisados, oferecendo metas para a oferta e melhoria na qualidade da telefonia fixa.

A revisão das metas de universalização do STFC existentes, a alteração do regime de controle tarifário, a utilização de ônus contratuais financeiros, a eliminação do instituto da reversibilidade e a eliminação do prazo contratual de 2025 também são elementos que devem ser considerados pela Anatel na migração das atuais concessões de STFC.

Compartilhe com seus amigos:
Quer conversar com o(a) Debora, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Internet
  • Emoticons no teclado

    Emoticons no teclado

    Aprenda como fazer emoticons para Facebook e Twitter. Aprenda como usar os emoticons dos principais sites de relacionamento e alguns outros genéricos usando a tecla Alt

  • Correios anunciam fim da greve

    Correios anunciam fim da greve

    Ontem foi decidido, cumprindo a determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST), através de assembleias realizadas por todo o país, que os Correios encerraram a paralização a partir das 22h. Confira os detalhes!

  • Os 10 maiores canais do YouTube no mundo e no Brasil

    Os 10 maiores canais do YouTube no mundo e no Brasil

    Organizamos algumas listas com os 10 maiores canais do YouTube por diferentes perspectivas. Atualizado dia 29 de agosto de 2019. São quatro listas, duas a nível mundo, duas a nível Brasil.

  • As melhores ferramentas para encontrar passagens aéreas baratas em 2019

    As melhores ferramentas para encontrar passagens aéreas baratas em 2019

    Existem certamente mais de 100 mecanismos de busca de voos, mas qual é capaz de trazer os melhores para preços e voos flexíveis? Se você está programando sua próxima viagem, aqui você terá as melhores dicas e as melhores ferramentas para isso.

  • Internet 4G da Oi é medíocre quando comparada a Tim, Claro e Vivo

    Internet 4G da Oi é medíocre quando comparada a Tim, Claro e Vivo

    A internet 4G está crescendo no Brasil, mas ainda é um problema nas zonas rurais do país. Nas zonas urbanas, é possível ter uma boa conexão estável oferecida pela Claro, Tim e Vivo. A Oi ainda é um problema.

  • O que é um roteador ou acess point (AP) dual band?

    O que é um roteador ou acess point (AP) dual band?

    Está cada vez mais comum planos de internet fixa com velocidades acima de 100MB com tecnologia de fibra ótica. Ao mesmo tempo, conteúdos veiculados por streaming estão ficando cada vez mais comuns. Para isso é necessário o dual band, conheça!

  • Saiba a diferença entre internet ADSL, HFC e GPON (fibra)

    Saiba a diferença entre internet ADSL, HFC e GPON (fibra)

    No intuito de esclarecer as dúvidas quanto a tecnologia de internet fixa utilizada pelas operadoras de telecomunicações, iremos abordar neste artigo sobre as principais diferenças entre a tecnologia ADSL, HFC e fibra.

  • Claro Flex é "barato" por apenas três meses?

    Claro Flex é "barato" por apenas três meses?

    O novo plano controle Claro Flex, que é uma promoção muito interessante da operadora, disponibilizando até 10GB de internet por mês a baixo custo, teve seu regulamento reformulado.