FBI alerta sobre perigo de ataque hacker em carros

Várias empresas já tiveram supostos problemas envolvendo os seus sistemas e ataques hackers.

Por Tecnologia Pular para comentários
FBI alerta sobre perigo de ataque hacker em carros

Grandes empresas, conforme já estamos acompanhando, estão cada vez mais investindo na tecnologia dos carros, inclusive, em veículos que podem circular sem motorista, os chamados carros autônomos.

Levando em consideração o fato, a polícia federal dos Estados Unidos e a agência de segurança de transporte do país (NHTSA) fizeram um alerta sobre os perigos de ataques de hackers contra os veículos.

Carros inteligentes podem ser os novos alvos dos hackers.
Carros inteligentes podem ser os novos alvos dos hackers.

"O FBI e a NHTSA estão alertando o público e fabricantes - de veículos, componentes de veículos e outros aparelhos - para manterem atenção sobre potenciais riscos e ameaças relacionadas a tecnologias de veículos conectados", escreveram as agências em comunicado.

Várias empresas já tiveram supostos problemas envolvendo os seus sistemas e ataques hackers.

A Fiat Chrysler, em julho de 2015, por exemplo, realizou um recall de 1,4 milhão nos Estados Unidos para a instalação de software após a revista Wired levantar suspeitas sobre a possibilidade dos sistemas usados nos carros serem invadidos.

A General Motors, também no ano passado, divulgou a atualização de um aplicativo de smartphones que contava com uma brecha de segurança.

"Apesar de nem todos os incidentes poderem resultar em risco à segurança, como um hacker assumir o controle de um veículo, é importante que os consumidores tomem as medidas apropriadas para minimizar o risco", disse o FBI no alerta.

Além desse tipo de problema, o FBI também alerta sobre a possibilidade de invasão nos softwares dos veículos através do envio de falsos e-mails  "para proprietários que estejam buscando obter atualizações legítimas. Em vez disso, os destinatários dos emails podem acabar sendo enganados ao clicarem em links para sites perigosos ou abrirem anexos que contenham softwares malignos".

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Tecnologia