Como manter a privacidade na internet?

Em meio a tanta tecnologia e com o boom das redes socais, parece difícil manter a privacidade na internet. Difícil, mas não impossível. Confere aí as nossas dicas!

Por | @oficinadanet Internet

Com o boom das redes sociais tornou-se muito mais fácil para qualquer pessoa interagir socialmente de maneira rápida e abrangente. É muito bom poder compartilhar com um grande número de pessoas, as nossas conquistas do dia a dia, demonstrar o quanto estamos felizes, satisfeitos ou apaixonados.

Mas temos que concordar que com isso, às vezes, acabamos passando dos limites e nos expondo sem necessidade. A nossa vida na internet não precisa ser um livro aberto. Então, adotando alguns cuidados é possível manter um mínimo de privacidade nesta terra de ninguém que é a internet.

Como manter a privacidade na internet?

Não é uma tarefa fácil. Para muitos é difícil resistir à tentação de realizar uma postagem e torna-se quase uma necessidade compartilhar todos os momentos tidos como merecedores de destaque, postar uma foto, um desabafo, uma opinião. Mas antes de publicar algo, é importante pensarmos se esta publicação é mesmo necessária, se não irá ferir alguém ou passar informações confidenciais suas e de sua família.

Parece estar cada vez mais difícil manter a privacidade em meio a tanta tecnologia. Por isso separamos algumas dicas simples, mas que irão te ajudar a preservar a sua intimidade e até mesmo a não se colocar em perigo, pelo uso da internet.

Atenção ao que você posta nas redes sociais

Bom senso é a palavra-chave aqui. Não há problema em você manter uma página nas redes sociais, porém deve-se ter algum cuidado na hora de realizar uma postagem, evitando disponibilizar informações que revelem muito sobre a sua vida. Entre elas:

Cuidado ao divulgar lugares que você costuma frequentar

Hoje em dia é muito fácil contar para as pessoas onde você está ou esteve, através de fotos ou check-ins. Se você é adepto a estas ferramentas, procure informar apenas quando estiver em lugares públicos, bastante frequentados, como shoppings e praças. Evite informar locais mais reservados, como chácaras, condomínios e estabelecimentos menores, que por serem menos acessados, facilitam a sua identificação.

Você pode ainda restringir o acesso à sua localização apenas aos seus amigos e postar fotos ou check-ins na saída do local, ao invés da chegada. Em caso de viagens, não divulgue detalhes de seu roteiro, de forma que qualquer pessoa possa saber onde você está/estará e por quanto tempo ficará longe de casa.

Cuidado com as fotos e vídeos que você posta

As suas fotos e vídeos podem dizer muito sobre você, por isso evite: divulgar fotos excessivamente sensuais ou que possam te causar constrangimento em situações cotidianas, como imagens em que aparece bêbado.

Divulgar fotos de parentes e amigos sem a autorização deles. Não é recomendável postar fotos de filhos pequenos, mas se optar por fazê-lo, evite registrar situações que facilitem a sua localização, como fotos com uniformes, que deixem claro em qual escola a criança estuda.

Evite publicar fotos que identifiquem seu carro e/ou placa do veículo, da entrada de sua casa ou imagens que permitam identificar com precisão o local onde você trabalha ou estuda.

Não divulgue a sua situação financeira

Não deixe claro na internet os bens que você e a sua família possuem. Criminosos também utilizam a internet e podem se aproveitar destes dados para realizar assaltos e até mesmo sequestros.

Utilize as configurações de privacidade da rede social

Muitas redes sociais possuem uma ferramenta de configuração de privacidade, que permite que você gerencie quais informações os seus contatos podem acessar. Utilize o recurso para limitar as informações mais importantes sobre você apenas para quem lhe é mais íntimo.

Não compartilhe detalhes de sua rotina

Ninguém precisa saber que horas você acorda, sai para o trabalho, vai à faculdade ou à academia. Lembre-se: alguém pode estar te observando e se aproveitar destas informações para armar um sequestro ou um assalto.

Evite responder provocações ou intimidações

Se você receber alguma provocação, ameaça ou intimidação através da internet, evite responder. Você poderá se envolver em discussões desnecessárias que poderão te colocar em exposição, de uma forma negativa. Você pode inclusive deixar vazar informações particulares devido a tensão do momento.

Altere suas senhas periodicamente

Embora não seja uma tarefa fácil, existem diversas formas de suas senhas serem descobertas. São programas ocultos que capturam tudo o que é informado pelo teclado, falhas de segurança, ou até mesmo pela observação na hora da digitação de senha. Então, se alguém tiver interesse em conhecer seus hábitos e descobrir uma de suas senhas, poderá ter acesso ao seu e-mail ou rede social, acompanhando tudo o que acontece, sem ser notado.

O indicado é que você mude sua senha a cada três meses. Evite também usar a mesma senha para todos os sites que você acessa.

Tenha um pé atrás com o que chega até você pela internet

Mesmo que o emissor de uma mensagem ou link seja uma pessoa conhecida, não compartilhe ou clique em tudo o que chega até seu e-mail ou rede social, a internet está cheia de boatos. Muitos conteúdos podem conter links que te direcionam para sites falsos que podem infectar a sua máquina e recolher seus dados pessoais.

Evite adicionar pessoas desconhecidas

A internet está cercada tanto de pessoas bem-intencionadas, quanto mal-intencionadas, por isso, procure adicionar em serviços de mensagens instantâneas ou redes socais, apenas pessoas conhecidas.

Não leve problemas amorosos ou familiares para a rede social

Embora as redes sociais sejam muito utilizadas para compartilhar momentos felizes e de descontração, também há aqueles que gostam de fazer da internet seu muro de lamentações, ou usar como um diário, só que com a diferença que ali qualquer um pode ler o que está sendo escrito. Então, se no momento da raiva surgir aquela vontade de mandar uma indireta (ou direta mesmo), para o marido, namorado, ex, tio, prima, amiga falsiane, respire e pense se não é melhor resolver o problema apenas entre vocês.

Leia também: 

É claro que não precisamos ficar paranóicos, a internet está aí para nos auxiliar, seja nos estudos, no trabalho, para nos manter informados e proporcionar momentos de lazer. O importante é saber dosar o quanto ela irá fazer parte da nossa vida e o quanto iremos nos expor nela. Assim como as redes socias. Curta, comente, compartilhe, o quanto quiser. Apenas tenha em mente que existem informações que melhor mesmo é deixar em off. E acima de tudo, não se esqueça de curtir os momentos e as pessoas que estão fora da tela de um computador ou smartphone. Depois que passar, eles não voltam mais.

Mais sobre: redes socais internet tecnologia
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo