A História da IBM

Conheça a trajetória de sucesso da pioneira em tecnologia

Por | @oficinadanet Tecnologia

O caráter de uma empresa - o carimbo que a mesma coloca em seus produtos, serviços e mercado - é formado e definido ao longo do tempo. O personagem histórico da IBM foi construído ao longo de 100 anos ao fazer negócios no campo da informação e manipulação. Quase todos os produtos da empresa foram concebidos e desenvolvidos para registrar, processar, comunicar, armazenar e recuperar informações - desde as suas primeiras escalas, tabulações e relógios até os poderosos computadores de hoje e vastas redes globais. Para entendermos como a IBM ajudou a criar a tecnologia da informação ao longo dos anos e o que fez para estar hoje na vanguarda de uma indústria mundial que vem revolucionando a maneira em que as empresas, organizações e pessoas operam e prosperam, vamos voltar no tempo e acompanhar o início dessa evolução.

O princípio dessa história nos remete para os Estados Unidos, no final do século passado. Tudo começou com o estatístico estadunidense Herman Hollerith, ao analisar uma solução eficiente para o censo de 1890 do seu País. Hollerith criou diversas máquinas elétricas que permitiram a soma e a contagem de dados, os quais eram representados pelas perfurações distribuídas em uma fita de papel. Assim, estabeleciam-se circuitos elétricos e os dados representados pelas perfurações eram computados automaticamente de forma mais rápida. Dessa forma, os Estados Unidos puderam acompanhar de perto o crescimento de sua população. Os resultados do censo de 1890 foram fornecidos após três anos e, com isso, fez-se uma economia de vários anos de trabalho.

A História da IBM
A invenção de Hollerith era capaz de recolher e contar dados mais rapidamente e com precisão do que os processos manuais tinham permitido no passado.

Mas Hollerith não parou por aí. Seis anos depois, o inventor criou a Tabulating Machine Company e introduziu inovações em sua descoberta: substituiu a fita por cartões, que viriam a ser o elemento básico das máquinas IBM de processamento de dados de algumas décadas atrás.

A História da IBM
Herman Hollerith, estatístico estadunidense.

Já em 1911, o negociante e banqueiro Charles F. Flint sugere e arquiteta a fusão entre as companhias International Time Recording Co., de registradores mecânicos de tempo, e Computing Scale Co. de instrumentos de aferição de peso, com a Tabulating Machine Company para formar a Computing Tabulating Recording Co. - CTR, precursora da IBM. A CTR fabricava e vendia máquinas que vão desde balanças comerciais e gravadores de tempo industriais até máquinas de cortar carne e queijo, juntamente com tabulações e cartões perfurados. Com sede em Nova York, a empresa tinha 1.300 funcionários, escritórios e fábricas em Endicott e Binghamton, Nova York; De Dayton, Ohio; Detroit , Michigan; Washington DC.; e Toronto, Ontario.

A História da IBM

Quando os negócios diversificados da CTR revelaram-se difíceis de serem gerenciados, Flint pediu ajuda ao ex-executivo do National Cash Register Company, Thomas J. Watson. Em 1914, Watson, aos 40 anos, assumiu a gerência geral da organização. Baseado na sua experiência de vendas, Watson implementou uma série de táticas de negócios eficazes e absolutamente inovadoras para a época como, por exemplo, incentivos de vendas generosas, foco no serviço ao cliente e a insistência em vendedores bem-preparados.

De terno escuro e um fervor evangélico para introduzir o orgulho e a lealdade pela empresa em todos os trabalhadores, Watson impulsionou o espírito de empresa, com equipes esportivas do empregado, passeios em família e uma banda formada por trabalhadores. Ele pregou uma perspectiva positiva e, fez com que o seu slogan favorito, "THINK" se tornasse um mantra para os funcionários da CTR. Após 11 meses gerenciando a CTR, Watson tornou-se presidente. Nos quatro primeiros anos da sua presidência, a receita da empresa mais que dobrou, alcançando US $ 9 milhões. Ele também expandiu as operações da organização para a Europa, América do Sul, Ásia e Austrália.

A História da IBM
Watson: o combustível pensante da IBM

Ao longo das próximas duas décadas Watson transformou a empresa em um protótipo para a multinacional recém-emergente. Pouco a pouco, a equipe foi crescendo, tanto em número de pessoas como também em experiências, os produtos já existentes ganhavam maior qualidade, surgiam novas máquinas e com elas novos escritórios de vendas e mais vendedores. Esta mudança é assinalada em fevereiro de 1924, quando o nome da empresa muda para International Business Machines Corporation (IBM). Desde o início, a IBM não se define por estratégias ou produtos, mas por práticas de cultura com visão de futuro e de gestão baseadas em valores fundamentais.

A História da IBM
Em 1948 esta era a sede mundial da IBM na 590 Madison Avenue, em Nova York. Com 20 andares este edifício abrigou todas as funções executivas, bem como os departamentos de vendas e serviços que serviam a área de Nova York.

Mesmo com o impasse que a Segunda Guerra Mundial (1939 -1945) causou ao comércio internacional, a IBM ampliou a sua capacidade de produção (com novas operações em Poughkeepsie (Nova York), Washington (DC) e San Jose (Califórnia). Passado o grande conflito, a empresa acelerou o seu crescimento internacional e, em 1949, formou o World Trade SpA para gerenciar suas operações no exterior. No espaço de duas décadas, a organização gerou mais da metade da linha de fundo da IBM. Durante este período, como a IBM promoveu e (ainda promove) a diversidade e filantropia corporativa em suas políticas, a inovação empresarial trabalhou lado a lado com a inovação social. Com isso, a empresa começou a focar em oportunidades para as mulheres e para as minorias.

A ascensão de Thomas J. Watson Jr. a presidência da IBM, em 1952, marca o início da transição para uma empresa moderna. Durante a primeira década de seu mandato, Watson Jr., mais tarde marcado pela Fortune como o

capitalista de maior sucesso de todos os tempos" - começou a transformar a IBM de líder da indústria em uma gigante empresa que abrange o mundo inteiro. Watson Jr. focalizou a IBM para o desenvolvimento e comercialização de tecnologias de computadores eletrônicos, criou e institucionalizou as práticas de gestão empresarial profissional, e codificou a filosofia e os comportamentos não escritos nas políticas e programas formais da IBM. Essas inovações tecnológicas, empresariais e sociais impulsionaram a IBM em 1960 como líder mundial de alta tecnologia.

A História da IBM
Em maio de 1956, quatro anos depois de se tornar presidente da IBM , Thomas J. Watson, Jr., sucedeu seu pai como diretor executivo.

No início de 1960, a IBM vê a sua liderança de mercado ameaçada por uma série de desafios. Em um negócio ousado, Thomas J. Watson Jr. decidiu apostar, literalmente, os negócios no mainframe System/360, fechando todas as outras linhas de produtos para esta nova visão de futuro da computação. Provocada em parte pelo triunfo do System/360, a IBM experimentou um aumento de quase cinco vezes em receitas e lucros ao longo da década. A organização usou o seu manto do sucesso para adotar uma série de novos programas que a tornaram uma das empresas mais admiradas do mundo. Se a IBM terminou 1950 como líder em tecnologia, findou a década de 1960 como um ícone global de negócios.

A História da IBM
Watson Jr. e o Systen/360, sua aposta mais ousada e acertiva da década de 1960. Hoje, a IBM executa a maior nuvem privada do mundo no mainframe. Ela fornece insights analíticos de quase 100 data warehouses diferentes permitindo que mais de 200 mil funcionários da IBM tomem as melhores decisões.

Com base no sucesso da década de 1960, a IBM solidifica sua posição como empresa e indústria de TI, sendo a mais rentável, admirada e icônica no mundo dos negócios. Ao longo dos anos 70 ela continua desenvolvendo produtos inovadores. A partir da tecnologia de banda magnética usada em cartões de crédito, em disquetes, para a Facilidade de Transação do Consumidor, a engenhosidade da IBM é sentida em todos os lugares. Uma nova era de comunicação começa a tomar posse na década de 1980, quando a empresa cria normas que legitimam o PC, transformando-o, de um dispositivo para hobby, em uma ferramenta indispensável da vida moderna, em casas, empresas e escolas ao redor do mundo. A empresa também continuou atravessando as fronteiras da descoberta científica, com cinco pesquisadores da IBM compartilhando o mérito por três Prêmios Nobel de Física.

A História da IBM
Georg Bednorz e Alex Müller ganharam, em 1987, o Prêmio Nobel da Física com a supercondutividade de alta temperatura.

No entanto, apesar de sua profundidade e amplitude de inovação, no final da década de 1980, a IBM encontra-se atirada ao tumulto pelas próprias revoluções que ajudaram a lançá-la iniciando um período de desaceleração e de agitação para a empresa que, mesmo assim, persiste na década seguinte.

A História da IBM

Entrando na década de 1990, a IBM enfrenta seus mais importantes desafios estratégicos. Mesmo assim, entre altos e baixos, comprometeu-se com uma grande reviravolta na história dos negócios: mergulhou em grandes e novas oportunidades de crescimento, entre os quais destacam-se serviços e software, e padrões abertos para a computação. A empresa também remodelou fundamentalmente a sua cultura para reter clientes e para ser mais ágil e colaborativa. Esta transformação coincide com o advento da Internet, quando a IBM se torna a pioneira em ajudar os clientes a capitalizar sobre as novas possibilidades de computação em rede global. À medida que o século 20 chega ao fim, a IBM está, mais uma vez, na vanguarda da tecnologia global e de negócios. Desde então, a legendária empresa vem inovando e apresentando soluções para o desenvolvimento da tecnologia e, mais do que isso, vem acreditando e investindo na ideia de tornar o mundo mais inteligente.

Watson: o homem por trás da empresa

Thomas J. Watson foi um pioneiro no desenvolvimento da contabilidade e computação (equipamento usado hoje por empresas, governo, ciência e indústria). Ele construiu uma indústria em todo o mundo durante seus 42 anos na IBM. Watson nasceu em Campbell, Nova York, em 17 de fevereiro de 1874. Seu primeiro trabalho foi aos 18 anos como contador no Mercado de Clarence Risley em Painted Post, NY. Mais tarde ele vendeu máquinas de costura e instrumentos musicais antes de ingressar na National Cash Register Company como um vendedor em Buffalo. Aos poucos ele trilhou o seu caminho até a gerencia de vendas geral. Decidido e inspirador, o Watson introduziu o lema: "Pense", que mais tarde se tornou um símbolo amplamente conhecido da IBM. Ao longo de sua vida, Watson manteve um profundo interesse nas relações internacionais. Todos os problemas do mundo poderiam ser resolvidos facilmente se os homens estivessem dispostos a pensar", Thomas J. Watson.

A História da IBM

Watson adotou para a IBM o slogan: A paz mundial através do comércio mundial",trabalhou em estreita colaboração com a Câmara de Comércio Internacional e em 1937 foi eleito seu presidente. Por muitos anos Watson serviu como um administrador da Universidade de Columbia e Lafayette College. Ele foi homenageado com títulos honorários por 27 faculdades e universidades nos Estados Unidos e quatro no exterior. Um mês antes de sua morte em 19 de Junho de 1956, Watson entregou as rédeas da empresa para o seu filho mais velho, Thomas J. Watson, Jr. Outro filho, Arthur K. Watson, serviu como presidente da IBM World Trade Corp., as operações internacionais da empresa.

IBM 701: o início da empresa na produção de computadores

O impulso para o desenvolvimento do 701 foi a era da eclosão da Guerra da Coreia em Junho de 1950. No início das hostilidades, o presidente da IBM, Thomas J. Watson, perguntou ao Governo dos EUA o que a empresa poderia fazer para ajudar o País. A resposta foi: construir um computador de grande porte científico, que possa ser usado para design de aeronaves, desenvolvimento nuclear e fabricação de munições. A empresa já tinha construído alguns tipos de máquinas de grande porte, como a seqüência automática controlada Calculator - Mark I e a Selective Sequence Calculadora Eletrônica (SSEC) em 1948.

No rentanto, produzir uma série de clones de uma única máquina em grande escala para vários clientes com diferentes necessidades, representou um novo e ousado desafio para IBM. No final de 1950, Jim Birkenstock, diretor de planejamento de produto e análise de mercado da organização, partiu para visitar as empresas de defesa e de aeronaves para determinar suas necessidades e potencial sobre uma máquina que seria útil na construção de aeronaves, na projeção de motores a jato e na realização de outras técnicas e aplicações que requerem muitas operações repetitivas.

Após essa averiguação a IBM garantiu apenas 18 encomendas, Tom Watson Jr., sabia "que estávamos no negócio de eletrônicos e que seria melhor se mover muito rápido." E mover-se rapidamente foi o que eles fizeram. Na verdade, a concepção e construção do Calculador de Defesa foram realizadas quase simultaneamente. O projeto real começou em 1º de Fevereiro de 1951, e foi concluído um ano depois. As operações de montagem começaram em Poughkeepsie, NY, em março de 1951. Já a montagem, propriamente dita, da primeira máquina de produção começou em 1º de Junho de 1952 e foi enviada seis meses depois para a instalação na sede mundial da IBM, a 590 Madison Avenue, em Nova York. A instalação do primeiro 701 - no mesmo espaço anteriormente ocupado pelo SSEC - foi anunciada pela IBM em 27 de março de 1953. O 701 foi cerca de 25 vezes mais rápido que o SSEC e ocupava menos de um quarto do espaço.

A História da IBM
IBM 701: Unidade de controle analítico eletrônico

As incorporadoras e construtoras do 701 tinham criado um computador que consistia em: duas unidades de fita (cada um com duas unidades de fita), uma unidade de memória tambor magnético, uma unidade de armazenamento de tubo de raios catódicos, uma unidade aritmética e controle em forma de L com um operador de painel, um leitor de cartões, uma impressora, um soco cartão e três unidades de potência. O 701 pode executar mais de 16 mil adições ou subtrações de operações por segundo, ler 12.500 dígitos por segundo a partir de fita, imprimir 180 letras ou números em um segundo, e saída de 400 dígitos em um segundo do cartões perfurados.

Mas, o que havia de tão especial sobre o 701? Bem, algumas coisas. O 701 era um produto icônico porque era o primeiro computador eletrônico de grande escala fabricado em quantidade pela IBM, o primeiro computador científico da IBM disponível no mercado e a primeira máquina IBM onde os programas foram armazenados em uma memória interna eletrônica. Além disso, o IBM 701 foi a chave para a transição da IBM a partir de máquinas de cartões perfurados para computadores eletrônicos e foi o primeiro computador da série de linha pioneira IBM 700. A história da

máquina que nos levou para o negócio de eletrônicos" - nas palavras de Tom Watson - é uma história de sucesso graças ao trabalho em equipe eficaz, criativo e de empenho à empresa.

Evolução: do IBM701 ao supercomputador Watson

Um computador capaz de armazenar uma grande quantidade de informações, analisá-las e após obter confiança em uma opção, responder à questão que lhe foi proposta. Mais do que isso, um supercomputador que pode ajudar profissionais, como médicos, a encontrarem respostas sólidas,em apenas três segundos. Agilidade, precisão e satisfação são adjetivos que definem Watson. O Watson foi batizado em homenagem a Thomas J. Watson, fundador da IBM, que liderou a empresa durante 42 anos.

Projetado em 2007, o supercomputador representa o primeiro passo em sistemas cognitivos, iniciando uma nova era na computação. Com a tecnologia cognitiva que processa a informação mais como um ser humano do que como um computador, o Watson é considerado único porque compreende a linguagem natural, verifica hipóteses e, a cada acerto ou erro, adquire experiências que só aprimoram a sua inteligência. 

A História da IBM

Watson é executado em um grupo de computadores de Poder 750 ™ - dez prateleiras que prendem 90 servidores, para um total de 2.880 núcleos de processadores que executam o software e armazenamento DeepQA. Ele pode armazenar o equivalente a cerca de um milhão de livros em informação. Ao longo de um período de anos, Watson foi alimentado com quantidades absurdas de informação, incluindo texto a partir de fontes comerciais, tais como o World Book Encyclopedia, e fontes que permitem a cópia aberta do seu conteúdo, como a Wikipedia e livros do Projeto Gutenberg.

A História da IBM

Quando uma questão é colocada para Watson, mais de 100 algoritmos analisam a questão de maneiras diferentes, e encontram muitas respostas diferentes, todas plausíveis, ao mesmo tempo. Ainda um outro conjunto de algoritmos classifica as respostas e dá-lhes uma pontuação. Para cada resposta possível, Watson encontra provas que podem apoiar ou rejeitar essa resposta.Assim, para cada uma das centenas de possíveis respostas que encontra centenas de pedaços de provas e, em seguida, com centenas de resultados algoritmos há um grau que indica qual a melhor avaliação das evidências e que, por consequência, pode ser a alternativa mais confiável.  É assim que o Watson chega na resposta certa.

No final de 2010, em jogos de prática no IBM Research em Yorktown Heights, NY, Watson era bom o suficiente para encontrar as respostas corretas para ganhar cerca de 70 por cento dos jogos contra os ex-Jeopardy! campeões. Então, em fevereiro de 2011, Watson subiu ao palco do Jeopardy! (programa televisivo de perguntas e respostas com participantes inteligentíssimos) contra os superstars Ken Jennings e Brad Rutter e ganhou. Durante um jogo Jeopardy!, se a resposta que tiver o grau mais elevado de confiança, não for classificada como alta o suficiente para dar confiança ao Watson, ele decide em não correr o risco de perder dinheiro por existir a possibilidade dele estar errado. Toda esta análise é feita pelo computador Watson em apenas três segundos.

A tecnologia de pergunta-resposta de Watson é aguardada como um produto comercial para contribuir com locais e funções para os quais o tempo é crítico e onde as respostas e os resultados consolidados podem agregar no trabalho diário, principalmente, melhorando a capacidade e agilidade das pessoas que tomam decisões.  

IBM Brasil

A primeira unidade da IBM inaugurada fora dos Estados Unidos foi a do Brasil. Por aqui, a gigante da tecnologia deu seus primeiros passos em 1917 quando firmou o primeiro contrato para a prestação de serviços com a Diretoria de Estatística Comercial. O Governo Brasileiro gostou dos resultados e em seguida contratou a empresa para o censo demográfico de 1920 – ano em que chegaram as primeiras máquinas impressoras no País.

A História da IBM
O começo da IBM em solo brasileiro

Pouco tempo depois, em 1924, a IBM Brasil se estabelece definitivamente neste solo. Em 1925 foram feitas as primeiras instalações de relógios auto-regulados. Em 1928 foram introduzidos no Brasil o cartão de 80 colunas bem como os primeiros cursos técnicos, caracterizando assim, um ano de grandes modificações para a IBM. Em 1930, paralelamente ao impulso que a IBM deu ao setor educacional, registrou-se a criação das primeiras filiais nos estados. E foi em 1939, que Thomas Watson inaugurou o prédio da Fábrica IBM, em Benfica, no Rio de Janeiro. Esta foi a primeira fábrica IBM na América do Sul.

Em 1949 a companhia passou a funcionar diretamente no Brasil com o nome de IBM World Trade Corporation. De 1950 a 1954 foram introduzidos novos equipamentos e as primeiras calculadoras eletrônicas, que provocaram marcantes transformações nos métodos de ensino e de produção. Em 1959, a IBM fez o ano da revolução dos sistemas administrativos das empresas brasileiras, através do lançamento do primeiro computador eletrônico IBM: um RAMAC 305. Nos anos seguintes, simultaneamente ao aperfeiçoamento de sua política de pessoal, a IBM do Brasil, denominação adotada em 1960, passou a viver a era dos computadores eletrônicos. 

A História da IBM

Em 1961 na fábrica de Benfica, foi iniciada a montagem dos computadores 1401. Equipamento de maior sucesso na história de processamento de dados. Acompanhando a mudança do governo e dos inúmeros setores da administração pública, a IBM inaugurou sua filial de Brasília em 1963. Em 1964, em atenção a demanda do mercado mundial de processamento de dados, iniciou-se a exportação de máquinas perfuradoras e verificadoras e, em 1970, o valor das exportações de produtos DP (Data Processing) e OP (Office Products) fabricados no Brasil já era superior a 14 milhões de dólares.

A História da IBM
Filial da IBM Brasil na capital de São Paulo

Nesses mais de cem anos a trajetória da IBM Brasil não podia ter sido diferente, já que a empresa é sinônimo de evolução e, por consequência, de sucesso. Marcada pela preocupação constante na diversidade, a IBM foi modificando o seu negócio ao longo dos anos. Se desfez de algumas atividades como, por exemplo, segmentos de PCs e Impressoras, e ampliou os investimentos em áreas-chave de alto valor, como consultoria, Informação on Demand e Serviços. Além disso, a IBM Brasil está alinhada com a ideia de pensar a tecnologia como uma forma para criar um planeta mais inteligente.

A empresa acredita que: o fenômeno da globalização, que tem aproximado e conectado pessoas e empresas, em conjunto com a tecnologia, cada vez mais acessível a todos, representa um imenso potencial para criar um planeta mais saudável, sustentável e, sobretudo, mais inteligente.”E é com a finalidade de entregar ao mundo uma tecnologia que beneficie a população e ajude a resolver problemas da sociedade que a IBM conduz seus negócios. Nos últimos anos, a IBM Brasil mais do que dobrou de tamanho e, atualmente, conta com cerca de 17.400 colaboradores. Hoje, o Brasil possui um dos quatro centros de prestação mundial de serviços da IBM. Para poder atender clientes de qualquer lugar do mundo, a IBM Brasil faz parte do que a empresa define como “Global Delivery Model”, modelo integrado de prestação de serviços que garante custos competitivos, excelência e padronização de processos. A IBM Brasil atende em cinco estados: a matriz, com sede no Rio de Janeiro (RJ) e as filiais localizadas em Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Hortolândia (SP) Brasília (DF) e Fortaleza (CE). 

Mais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar