Somente em 2015, o Google bloqueou 780 milhões de anúncios impróprios

Os anúncios considerados do mau são aqueles que contem malwares e bots, bem como os fraudulentos, aqueles que prometem várias coisas, como perda de peso e dinheiro fácil.

Por | @RafaelaPozzebon Internet

O Google costuma faturar alto com o seu sistema de anúncios e termos patrocinados (AdWords). Porém, nem todas as propagandas são aceitas pela companhia. Somente em 2015, a empresa bloqueou 780 milhões de anúncios considerados “maus”.

Conforme o The Guardian, o número é 50% maior que os bloqueios realizados em 2014. A companhia defende que agora está sendo realizado um esforço maior para poder bloquear os “comportamentos ruins” na rede.

Somente em 2015, o Google bloqueou 780 milhões de anúncios impróprios
                                                             Anúncios que não são considerados apropriados pelo Google são banidos da web.                                                                   

Leia também:

Os anúncios considerados do mau são aqueles que contem malwares e bots, bem como os fraudulentos, aqueles que prometem várias coisas, como perda de peso e dinheiro fácil.

O vice-presidente sênior da área de anúncios do Google, Sridhar Ramaswamy, disse ao The Guardian que, em 2016, os esforços serão ainda maiores para controlar as propagandas inadequadas.

Para se ter noção de tudo o que foi realizado pelo Google no ano anterior, 17 milhões de anúncios foram banidos por “enganarem as pessoas”; mais de 10 mil sites e 18 mil contas foram suspensas por tentarem vender produtos falsos; 12,5 milhões de anúncios foram bloqueados por desobedecerem as regras do Google; 30 mil sites foram banidos por fazerem propaganda de remédios para emagrecer e mais de 10 mil sites que ofereciam softwares não solicitados foram bloqueados.

Mais sobre: google, anuncios, propagandas
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar