Hackers usam livro de Jane Austen para espalhar vírus

Trechos da obra Razão e Sensibilidade podem esconder vários vírus.

Por | @oficinadanet Segurança digital

Os hackers estão sempre inovando, desde golpes sofisticados, até a disseminação de vírus através de clássicos da literatura. Desta vez, a obra “Razão e Sensibildiade”, de Jane Austen, está sendo usada para espalhar vírus na Internet. A autora, além do romance citado, também ficou famosa pela obra “Orgulho e Preconceito”.

De acordo com o relatório divulgado nesta terça-feira (28) por pesquisadores da Cisco Security, este é um novo método para esconder vários vírus e fazer com que eles sejam facilmente infiltrados em computadores e redes de informática.

"Adicionar passagens de um texto clássico às páginas na internet (usadas por hackers) é uma técnica de dissimulação muito mais eficaz do que a abordagem tradicional de usar um texto aleatório", dizem.

"O uso de textos de obras contemporâneas, como revistas ou blogs, é outra estratégia eficaz. Os antivírus e outros sistemas de segurança são mais propensos a considerar tal página como segura depois de 'ler' esses textos", explicam.

Hackers usam livro de Jane Austen para espalhar vírus
Jane Austen também escreveu o romance Orgulho e Preconceito.

Leia também:

Porém, a Cisco tranquiliza os usuários que, achar referências aos personagens de Jane Austen na Internet “pode confundir, mas não é uma razão de preocupação imediata”.

O especialista da Cisco, Jason Brvenik, diz que a escolha do romance pelos hackers ainda é considerado um mistério. "Isto é uma seleção aparentemente aleatória, mas sempre vem deste livro", disse à AFP.

Por isso, vale as regrinhas básicas para manter o seu computador seguro: ter um bom antivírus sempre atualizado e jamais baixar arquivos de locais desconhecidos. 

Mais sobre: virus internet segurança
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo