Review Nokia Lumia 930

Utilizamos por 2 semanas o Nokia Lumia 930, um dos mais poderosos da marca. Confira agora nossa impressão e o que podemos dizer sobre ele.

Por | @Evilmaax Smartphones

Se você tem mais de 20 anos, certamente deve lembrar-se da fama que a Nokia gozava no início dos anos 2000, quando era a maior fabricante de celulares do mundo, nos primórdios dos telefones móveis. De lá para cá a marca perdeu terreno para os mais variados concorrentes: Apple, Samsung, Motorola, Lg, entre outras até ser finalmente comprada pela Microsoft. Com esta fusão, a marca desaparecerá em breve, mas sua tecnologia continuará com um novo nome: Sai a Nokia e entra Lumia.

O aparelho testado da vez é um dos últimos a conterem a logo da empresa finlandesa, já que fora lançado no segundo semestre de 2014, pouco tempo depois da fusão das marcas, e alguns meses antes do anúncio da extinção da marca Nokia (outubro).

O aparelho chegou para nós em uma caixinha bonitinha, estilizada e com encaixes em diagonal, típica dos aparelhos Microsoft-Nokia. Infelizmente, típica também foi a decepção ao abrir a mesma. Dentro dela percebemos que a Microsoft seguiu com sua terrível prática de entregar ao consumidor apenas o aparelho e o carregador (além de um manual do usuário bem enxuto) e nada além disso. O que você acha de uma empresa que tenta recuperar o espaço perdido e conquistar novos clientes, mas não se dá ao trabalho de incluir um fone de ouvido que custaria no máximo 1 dólar em um aparelho que – em algumas lojas – pode custar quase 2 mil reais? Sei não, hein.

Anunciado em maio de 2014, o smartphone começou a ser vendido em agosto do mesmo ano aqui no Brasil. O Nokia Lumia 930 testado por nós foi cedido via empréstimo pela Cissa Magazine. Nossa versão é a versão preta, mas ele também pode ser encontrado na versão branca. Confira agora o que podemos dizer dele:

O aparelho em si é lindo. Não é imenso, o que para muitos chega a ser desconfortável, nem muito pequeno ao ponto de atrapalhar as tarefas diárias, como leitura na web, e-mails, redes sociais, fotos, etc. Tem exatas 5 polegadas. As laterais são de metal, bem como os botões, que estão todos posicionados no seu lado direito. São, ao todo 3 deles: bem em cima há o de volume, no meio o de bloquear, e, por fim, um atalho para a câmera que serve inclusive para quando ele estiver bloqueado e com a tela apagada. No lado direito não há nada. Lisinho, lisinho. Os cantos são todos arredondados.

Review Nokia Lumia 930

Na parte superior do aparelho há a entrada de 3.5mm para o fone de ouvido – VENDIDO SEPARADAMENTE – e a entrada para o nanosim. Aliás, o nanosim, após inserido pela primeira vez (com a ajuda de uma fitinha de plástico que acompanha o aparelho) será difícil de ser removido ou substituído. O que quero dizer é que não há um método fácil de abrir o compartimento onde ele fica guardado, fazendo com que você tenha de usar a unha ou até mesmo algum objeto pontudo (cuidado, alto risco de danos ao aparelho). Quanto ao design, há ainda 2 listas mais claras que são simetricamente repetidas na parte de baixo do smartphone. Na parte de baixo, aliás, há a entrada para o cabo de dados/carregador e as especificações legais do aparelho.

Review Nokia Lumia 930

A traseira dele é de um material emborrachado, o que lhe dá uma pegada bastante segura, o problema é que marcas de dedo e a gordura natural da mão deixam ele constantemente sujo. Com um design bem simplista há apenas a câmera – posicionada entre o flash e os dados da lente – no topo, a logo da Nokia aparece no centro do aparelho, restando apenas a saída do áudio na parte de baixo (local mal escolhido, já que, as chances de você abafá-lo com as mãos enquanto joga ou assiste algum vídeo são enormes). Na parte frontal a tecnologia ClearBlack dá um efeito muito legal (falaremos mais sobre ela na parte em que discorrermos sobre a tela). Na parte superior um enorme alto-falante, ao seu lado a câmera frontal e depois a logo da marca. Na parte inferior há os “botões” de voltar, home e de busca e um pequeno orifício para a captura de voz. Todos são sensitivos. Outro ponto interessante é que tanto a frente, como a traseira não são retas, sendo um pouco curvadas (a parte frontal apenas nas bordas), dando um aspecto muito interessante.

Review Nokia Lumia 930

Ah, como ponto negativo note que a traseira não é removível, ou seja, se der algum problema, nada de trocar a bateria em casa, será preciso pagar para que uma assistência especializada faça isso por você.

O smartphone tem exatos 167 gramas, medindo 137 milímetros de altura, por 71 de largura, por 9,8 de espessura.

Review Nokia Lumia 930

O hardware do Nokia Lumia 930 é o ponto forte deste aparelho, não demonstrado sinais de fraqueza em momento algum, apenas 1 ou 2 travamentos em que foram necessários o restart do aparelho, mas isso por causa do sistema operacional que falaremos mais à frente. Durante os testes, jogos foram rodados com facilidade e com o máximo dos gráficos e qualidade e, mesmo assim, a alternância entre apps foi fácil e sem engasgos. O grande ponto negativo da sua performance é que o aparelho esquenta muito e rapidamente enquanto você usa algum app pesado como um game. E se você optar por fazer algo básico, como redes sociais ele esquentará da mesma maneira, embora de mais lentamente. Analisemos agora ponto por ponto separadamente.

RELACIONADO
Como dissemos antes, a tela mede 5 polegadas (70,9% do corpo do aparelho). Com a incrível resolução Full HD de 1920x1080 pixels e capacidade para 16 milhões de cores, a densidade chega aos impressionante 441 ppi, ou seja, você está desafiado a encontrar algum serrilhado nas imagens, fontes, apps, etc. tarefa praticamente impossível. A tecnologia por trás dessa tela com touchscreen capacitivo é AMOLED (ATENÇÃO: AMOLED não é pior do que Super AMOLED. Entenda mais sobre a diferenciação clicando no post aqui ao lado). Como proteção temos o Corning Gorilla Glass 3. Além disso tudo, temos a supracitada tecnologia ClearBlack, que, deixa a tela lindona, sendo realmente “preta” enquanto bloqueado, além de proporcionar cores mais nítidas, mesmo sob a interferência da luz solar.

O processador da máquina é um Qualcomm MSM8974 Snapdragon 800, quadcore 2.2 GHz Krait 400. Para renderizar a tela Full HD que vimos há pouco e mostrar excelentes gráficos o smartphone conta com uma GPU Adreno 330. Para fechar, temos 2 GB de ram.

Tal configuração permitiu-me jogar o pesado Asphalt 8: Airborne com os gráficos no máximo e com tranquilidade, sem engasgos ou lentidão. O único problema é, como dissemos, o esquentamento que, SIM, existe, é grande e incomoda. A mesma experiência satisfatória obtive com outro jogo complicado para hardwares mais modestos: o rpg SoulCraft.

Review Nokia Lumia 930

Um detalhe muito interessante é que por ser da Microsoft, o aparelho vem com as mesmas tecnologias nativas do sistema operacional que já estamos acostumados. Uma delas, por exemplo, é o Direct X, presente no Nokia Lumi 930 que lhe dá um bom ganho de desempenho nos jogos.

Como armazenamento temos apenas 32GB, o que piora ao vermos que o smartphone não tem a possibilidade de expansão através de cartão de memória. Mancada da Microsoft, que em um aparelho muito mais simples, como o Nokia Lumia 635 ou 535 que aceitam expansão de até 128GB, cada. Para tentar amenizar isso a empresa oferece 15GB de armazenamento na nuvem através do One Drive, ou seja, compartilhado entre seus diversos aparelhos, incluindo notebooks e desktops. Ajuda? Sim, mas resolve? Com certeza, não.

Quanto às câmeras, temos um conjunto no mínimo, estranho. São 20 MP na câmera principal, resolução de 4992x3744, e, 1.2 MP na frontal, resolução 1280x720. E eu te pergunto: Por que a desenvolvedora colocaria uma excelente câmera traseira, digna de um aparelho top, como é o Nokia Lumia 930, combinada com uma câmera frontal de smartphone de entrada?? A câmera traseira ainda conta com lente Carl Zeiss, estabilização ótica de imagem, detecção facial, captura dual, geo-tagging, foco automático e flash de led duplo. Legal ressaltar que os aparelhos da Nokia-Microsoft contam com a tecnologia PureView que garante fotos de mais qualidade, especialmente quando você usar zoom. Resumidamente, ela faz com que a câmera gere mais pixels do que as concorrentes em uma mesma área da fotografia.

Confira abaixo algumas fotos feitas com ele:

Review Nokia Lumia 930

Review Nokia Lumia 930

Review Nokia Lumia 930

Review Nokia Lumia 930

Review Nokia Lumia 930

Review Nokia Lumia 930

Review Nokia Lumia 930

Review Nokia Lumia 930Review Nokia Lumia 930
Câmera frontal

Para vídeos a potência da câmera é ainda mais surpreendente, alcançando a resolução máxima de 2160 pixels - 4k - a uma taxa de 30fps e com captura de áudio surround, Dolby Digital Plus 5.1, graças aos 4 microfones direcionais embutidos no seu hardware. A mesma tecnologia é entregue na saída do fone de ouvido – VENDIDO SEPARADAMENTE. O grande problema é que este aparelho tem um fato bizarro: Vídeos filmados com o aparelho na vertical tem um som péssimo, baixo e quase inaudível, você terá de gritar para que depois possa ouvir o que foi gravado. Porém, quando você grava na horizontal o áudio e o vídeo ficam 100%. Por quê?? Uma ótima pergunta, que talvez, nem mesmo a Microsoft vai conseguir responder. (Obrigado ao leitor Denis Araujo pelo toque).

No quesito áudio o aparelho se saiu bem, entregando uma boa qualidade de áudio e volume, alcançando até 77 decibéis. O problema mesmo foi, conforme falamos, a disposição da saída de áudio na traseira do aparelho, que constantemente será abafado por sua mão, principalmente durante os jogos.

Como conectividade temos Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, dual-band, DLNA, função hotspot, bluetooth 4.0, A2DP, EDR, LE/ apt-X, NFC, GPS com A-GPS, GLONASS, GPRS, Edge, HSPA+, e claro, 3G e 4G, entre outras, além da conexão MicroUsb 2.0. Preciso alertar aqui sobre um problema que me causou uma dor de cabeça enorme durante os testes: precisei viajar e descobri da pior forma possível que o 3G não ativava. Sem Waze, vi-me aos trancos e barrancos até a bateria esgotar por completo. Ao chegar ao meu destino (o que não foi fácil) e liga-lo novamente, a conexão foi estabelecida magicamente. Por qual motivo isto ocorreu eu não sei, mas foi muito desagrádavel ficar na mão. E quanto aos sensores, temos acelerômetro, giroscópio, proximidade, bússola e sensor core.

A bateria tem 2.420 mAh, pouco para um smartphone desse preço e para um smartphone com um hardware tão potente, que, por causa disso, acabará consumindo mais energia. Utilizei o aparelho sempre com o brilho no máximo e ele aguentou tranquilamente mais de 24 horas sem a necessidade de ser plugado na tomada. Segundo o fabricante, essa potência é suficiente para manter o aparelho em stand-by por até 432 horas, tocar 75 horas de músicas ininterruptas e ainda 11:30 de conversação (2G) ou 15:30 em modo 3G. E se acontecer um imprevisto temos ainda a opção de “economia de energia”, que, faz-se necessário dizer: Não é tão potente como o recurso semelhante presente no Android. 

Review Nokia Lumia 930

Confira abaixo como o aparelho se saiu nos testes de benchmarks:

Benchmark Free

Review Nokia Lumia 930

PhoneMark

Review Nokia Lumia 930

Mas e como ele se sai numa comparação ponto a ponto com um concorrente de peso? Veja quem ganha entre o Nokia Lumia 930 e o Moto X de 2ª geração:

[SPEC]14661, 13704[/SPEC]

Software. Aqui vem a tristeza de um usuário do Lumia: O sistema operacional 8.1 do Windows Phone. Embora estejamos com upgrade garantido para a versão Windows 10 assim que a mesma for lançada, dentro do seu novo smpartphone haverá poucos apps de renome, pois, ainda hoje a loja de aplicativos do Windows Phone é a mais preterida pelos desenvolvedores (e creio que assim o será por muito tempo). Apps famosos ainda não são encontrados no WP, como o Instagram, por exemplo, que aqui ainda está em sua versão beta. O próprio Microsoft Cortana, principal recurso dos Windows Phone, ainda não está disponível para o Brasil.

Como softwares embarcados de qualidade, temos opções exclusivas da Microsoft, como, por exemplo, o Skype e o pacote Office, um ótimo recurso para quem pretende usar o smartphone também para trabalhar. Você poderá editar suas planilhas, criar documentos no Word e até criar apresentações no Powerpoint tudo na ponta dos seus dedos. O melhor de tudo é que utilizando a mesma conta no desktop e no seu Lumia, os arquivos que você editar no pc estarão disponíveis na nuvem para que sejam editados também no aparelho móvel e vice-versa. 

Review Nokia Lumia 930

E falando em arquivos na cloud, o One Drive, serviço de armazenamento em nuvem da Microsoft lhe oferece até 15 GB para sincronizar automaticamente suas fotos, documentos do Office, agenda de contatos, gravações de áudio e vídeo, etc. Outro ponto positivo é que se você tem um Xbox e uma conta live, poderá integrar o smartphone ao console via um app específico, e com isso interagir entre eles.

Outro recurso bacana fica por conta das fotos tiradas com o aparelho, que salvam o último segundo antes da capturas. Assim quando você visualizar alguma foto tirada, conseguirá ver o que estava acontecendo no momento e no contexto em que ela foi tirada. Temos ainda Clima, notícias, esportes, saúde e Bem-estar, dinheiro, receitas e bebidas, etc. E além desses recursos que estamos habituados a mexer, por conta do uso cotidiano no pc, o Nokia Lumia 930 vem com outros aplicativos exclusivos do Windows Phone:

HERE Drive+ e HERE Maps: Desacreditados apps de direção e mapas, afinal não há, atualmente, algum concorrente que possa roubar terreno do Waze;

Carteira: Serve como um organizador de cartões de embarque, ingressos de shows e eventos, ofertas, etc. Com ele você poderá consultar seu saldo, ver as datas, horários e locais de eventos, retirar livros, fazer check-in em locais, entre outras coisas;

Lumia Storyteller: Aplicativo que agrupa suas fotos de maneira interessante. Nele você pode criar histórias, por exemplo: viagem de final de semana. Durante o final de semana você vai tirando fotos, o app vai pegando a localização delas, o horário do click e no final monta uma apresentação bem bacana. Você ainda pode compartilhar com os outros usuários na rede, ou até mesmo ver as outras histórias, colocar legendas, etc. O Lumia Storyteller ainda destaca para você alguns pontos de interesse próximos ao local caso falte inspiração para um bom programa e boas fotos.

MixRadio: Faça streaming e baixe músicas para ouvir off-line quando quiser. O foco principal do app é a personalização através do gosto do usuário. Dê um joinha (ou o contrário) e o aplicativo irá melhorando as sugestões cada vez mais. Agora diga-me uma coisa: Você trocaria o spotify por algum outro serviço: Pois é!

Um aplicativo bastante interessante, ainda mais agora, em tempos em que as operadoras cortam o 3G no momento em que você atinge a franquia é o "Sensor de dados". Com ele você saberá quanto transferiu por dia, por exemplo, na sua rede móvel. E mais, através dele pode ser definido um valor X, que quando atingido, bloqueia funções do smartphone que utilizam dados em segundo plano, por exemplo, e o que mais você pré-definir.

A Microsoft tem um trunfo para seu SO que se chama "Office", porém nem mesmo isso salva o conjunto. O WP não é tão ágil e versátil quanto os seus principais concorrentes, Android e iOS. O sistema parece se arrastar, enquanto os concorrentes evoluem a passos largos.

Review Nokia Lumia 930

 

E aí, será que vale a pena? Bom, se você não ligar para sistema operacional, se você não se importar em estar sempre testando os apps da moda, e, ao invés disso, preocupar-se mais com a qualidade do hardware, então com certeza valerá a pena.

O smartphone tem um dos hardwares mais potentes testados aqui pelo Oficina, e o melhor, tem um excelente custo-benefício em relação a outros smartphones que já passaram por aqui. Com uma câmera traseira potente, rodando tudo sem travar ou engasgar graças à sua memória RAM e seu processador poderoso, você terá um ótimo smartphone, pronto para diversão, vídeos, mídias, redes sociais e até mesmo trabalho, graças ao pacote Office, já incluso.

No varejo ele pode ser encontrado por até R$2.100,00, mas se você comprar na nossa parceira, Cissa Magazine, poderá sair com o esse Nokia Lumia 930 por menos de R$1.800,00.

Review Nokia Lumia 930

[relatorio]

Mais sobre: microsoft lumia smartphones
Share Tweet
Recomendado
Objeto Relacionado
Comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter