Já tem PlayStation 4 desbloqueado por R$ 300 no Brasil.

Algumas lojas brasileiras oferecem o console desbloqueado e o valor cobrado pelo serviço pronto varia entre R$ 300 e R$ 400, fora o valor cobrado pela instalação dos games.

Por | @oficinadanet Games

Nesta semana surgiram informações bem preocupantes envolvendo o Brasil no mundo dos games. É que lojas brasileiras, comuns pela venda do PlayStation 4, estariam comercializando o console desbloqueado, ou seja, estariam pirateando o aparelho para que ele funcione com games também pirateados.

Quem apurou a fundo a informação, foi o site UOL, que descobriu que algumas lojas situadas na Rua 25 de Março, em São Paulo, estariam oferecendo assistência técnica para o desbloqueio do PS4. De acordo com as informações, o serviço pelo desbloqueio é vendido a partir de R$300 e consiste em formatar o disco rígido do console com a colocação de um chip na placa mãe do aparelho e ligado diretamente ao notebook, onde posteriormente são inseridos ao mesmo, dez games, com custo médio de R$ 50, depois de feito tudo isso, o chip é retirado; todo o serviço leva em torno de três a cinco dias para ficar pronto.

Já tem PlayStation 4 desbloqueado por R$ 300 no Brasil.

O chip nada mais é que um Raspberry Pi, um microcomputador que é programado para diversas tarefas, entre elas o desbloqueio do aparelho da Sony. Em relação ao serviço de "desbloqueio" do console, um funcionário de uma destas empresas, diz que o chip funciona em conjunto com um programa de computador especial, que libera o uso de qualquer game no PS4. O funcionário ainda disse: "O nosso serviço consiste em transformar um PS4 em um clone de outro PS4, copiando os dados da BIOS e do processador, replicando o mesmo para outros consoles e mais, quando este comprar um novo game, os outros poderão copiá-lo". De acordo com demais vendedores da região, o sistema de clonagem teve início na Rússia.

Eles ainda alertam que o game só pode ser comprado uma vez, mas poder ser replicado em quantos consoles desejarem e o mais interessante, os games ainda podem ser atualizados, funcionando perfeitamente em qualquer modo de jogabilidade, tanto single, como em modo online multiplayer.

De acordo com o dropdejogo.br, a Sony já tem conhecimento do caso e diz que tomará as medidas legais, enviando comunicado para vários sites e lojas, alertando contra uma "Violação da Propriedade da Marca". Nada foi informado se a empresa fabricante do console irá entrar com uma ação legal contra essas empresas se as mesmas forem descobertas, assim sendo, teremos que aguardar por novas informações.

DEIXE SEU COMENTÁRIO1 comentário
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários