Lollipop está em quase 10% dos aparelhos Android

KitKat é a versão mais utilizada nos smartphones, revela pesquisa sobre a utilização do sistema operacional móvel; a pesquisa foi realizada entre os dias 28 de abril e 04 de maio deste ano.

Por | @oficinadanet Smartphones

Depois de seis meses no mercado, só agora o Android Lollipop começa a apresentar bons números, segundo uma pesquisa realizada pelo próprio Google. A pesquisa mostra que as versões 5.0 e 5.1, já estão equipando 9,7% dos aparelhos que se utilizam deste sistema. Muito deste crescimento vem das liberações gradativas de cada marca.

Leia também a História do Android

Esse número pode ainda parecer muito pequeno, mas se for analisado com o último mês, quando apenas 5,4% dos aparelhos que estão equipados com Android estavam contando com a nova versão, é um salto bem grande e isso se deve muito provavelmente a nova geração de smartphones que foi lançada recentemente, como os Galaxy S6 e S6 Edge, da Samsung.

Lollipop está em quase 10% dos aparelhos AndroidAndroid Developers" />
Foto: Android Developers

Atualmente o Android 4.4 KitKat está na liderança, equipando 39,8% dos aparelhos que se utilizam deste sistema operacional, seguido pelo Android Jelly Ben, com 39,2%; em quanto isso, 6% dos dispositivos usam ainda usando os ultrapassados Android 2.2 Froyo e 2.3 Gingerbread.

Os dados aqui apresentados foram coletados entre os dias 28 de Abril a 04 de Maio. Os números foram recolhidos a partir do novo app do Google Play Store, que suporta apenas dispositivos Android 2.2 ou superiores.

Lollipop está em quase 10% dos aparelhos Android

Leia também:

Vale salientar também que a atual versão sistema operacional do Google, o Android Lollipop só chegou aos dispositivos Nexus em novembro e fabricantes como a Motorola, que geralmente costuma ser rápida em suas atualizações, só liberou o Android 5.0 para os proprietários do Moto Maxx no Brasil em março e outros smartphones, como a primeira geração do Moto X, nem receberam a mesma, pois a fabricante decidiu liberar logo a mais atual, a versão 5.1 do Android.

Outro fator que levou o Lollipop demorar um pouco a engrenar, foi o problema de "memory leak" apresentado por ele, problema esse que fazia os aplicativos e o sistema operacional consumirem uma quantidade anormal de memória RAM, prejudicando bastante o desempenho geral do sistema.

Fonte: Android developers

Mais sobre: Android, Google, Pesquisa
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários