O que foi a Bolha da Internet?

Parecia um negócio altamente promissor e acabou por explodir em 2000.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Muitas pessoas desconhecem o termo "bolha da internet", porém, saiba que foi um fato muito relevante no mundo tecnológico. Quando a situação veio à tona o desenvolvimento tecnológico não era como conhecemos hoje. Poucas pessoas usufruíam da internet, e as redes sociais ainda não faziam parte do cotidiano dos usuários. No entanto, as perspectivas tecnológicas eram grandes, em especial nos Estados Unidos, e, em razão disso,  muitos investidores fizeram aportes altos em empresas do ramo.

O termo "bolha" é um apelido dado pelos próprios acionistas em referência ao superaquecimento do mercado. O sentido é que uma bolha costuma crescer e inflar, porém, também pode explodir.

Muitas empresas como MSN-Hotmail, Google, Yahoo e Amazon somaram lucros absurdos com o crescimento da bolha. O mercado virtual não parava de inflar e novas empresas, ONGs, políticos, e tantos outros acabaram também invadindo o mundo tecnológico. Nessa época, a internet era considerada um mercado amplamente promissor e sem fim.

Justamente pela supervalorização do meio na época, ocorreu uma falsa ideia de que o setor traria uma quantidade de lucro ilimitada. Com isso, muitas empresas passaram a ter seus próprios espaços na internet. A imagem do e-commerce era de que no futuro as empresas iriam conquistar lucros extraordinários e incalculáveis. A Nasdaq, inclusive, surgiu em razão do boom da época no setor tecnológico.

O que foi a Bolha da Internet?

A formação da chamada bolha da internet ocorreu entre 1995 e 2000. No último ano aconteceu o clímax e também a queda da bolsa eletrônica dos Estados Unidos.  No final de 1999 e início de 2000, as revistas de negócio especializado não paravam de mencionar o ótimo investimento nas "empresas ponto com". Os negócios relacionados ao meio tecnológico cada vez mais recebiam capital com o intuito de formar a Nova Economia, que prometia ser anticíclica e também com crescimento ilimitado. Durante o auge, a bolsa eletrônica dos EUA atingiu 5.132,52 pontos, sua máxima histórica.

Entre os anos de formação da bolha das empresas do ramo da informática, as bolsas de valores dos países industrializados se destacaram principalmente pela forte alta dos preços das ações de companhias do ramo. No entanto, que parecia estar indo de bem a melhor, simplesmente acabou.

Para termos noção do que representou a bolha em dinheiro, clique no link à direita e veja a maior transição da história da tecnologia, fortemente influenciada pelo período e que foi resultado de uma bolha já quase estourando. 

Leia também: Direitos e deveres da internet

Bolha em crescimento

Os investidores, levando em consideração a alta confiança do mercado no setor, bem com os lucros futuros, acabaram apostando nas companhias "ponto com" sem analisar os métodos tradicionais de avaliação dos ativos.

A baixa taxa de juros também incentivou muitos empresários com projetos promissores a expandirem suas ideias para investidores. O negócio, na época, parecia sim a melhor alternativa de conquista lucro.

Estouro da bolha

O que parecia ir muito bem, um dia chegou ao fim. Especialistas no assunto dizem que a corrupção corporativa foi um dos principais fatores para o fim do evento, já que muitas empresas acabaram se envolvendo em fraudes, tendo, inclusive, que escondider dívidas no balanço final.

A situação ficou mais evidente no final de 1999 e início de 2000, quando foram registradas seis elevações seguidas da taxa de juros pelo Federal Reserve.

Também foram apontados outros fatores para o estouro da bolha, como os altos gastos para a transição da virada do milênio, já que muitas empresas contavam com os equipamentos necessários e ainda os maus resultados das varejistas online na temporada de Natal de 1999.

Por fim, quando o mundo se deu conta que a internet não era uma fonte ilimitada de lucros e que as projeções poderiam não ser reais, o valor das ações começou a diminuir. Com essa queda acentuada e sem perspectivas de alta, muitas empresas acabaram falindo.

Empresas como Google e Yahoo sobreviveram, e muitas das companhias ainda tiraram proveito da situação.

O fenômeno foi sim sinônimo de prejuízo em 2000 para o mundo tecnológico, porém, a bolha foi muito importante para que a internet ganhasse grandes proporções nos anos seguintes, e principalmente de forma mais sólida. 

Não sabe o que ler agora? Que tal conhecer nosso especial de Histórias Digitais.

Mais sobre: bolha da internet tecnologia mundo
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter