Dicas para proteger seu PC de softwares indesejados

A internet possibilita usufruirmos uma imensidão de recursos como diferentes tipos de programas utilitários, de entretenimento e do sistema operacional, bem como aplicativos que na maioria das vezes são úteis, mas que podem dar certa dor de cabeça ao usuário.

Por | @oficinadanet Segurança digital

Sabe quando você baixa um programa, e instala, sem desejar, plug-ins ou extensões no seu navegador, ou, ainda, seu antivírus começa a acusar diversos vírus e depois disso ainda começam a aparecer várias propagandas chatas em seu sistema?

Pois é, tudo isso, acaba acarretando lentidão em seu sistema, pois por um descuido na hora da instalação, seu computador estará com vários programas instalados, ocupando seu HD, inicializando conjuntamente com o Windows, e consequentemente, ocupando mais memória RAM. Sem contar que o pior ainda pode acontecer, seus dados estarão expostos na rede, dependendo de onde você baixou o aplicativo, que pode conter vírus. E, de repente todas as tarefas que você fazia com rapidez, de uma hora pra outra começam a ser executar com lentidão demasiada.

Sabendo da grande dificuldade dos usuários de informática no manuseio do sistema operacional, simplesmente porque, obviamente, ninguém é detentor do conhecimento de todas as áreas, preparamos algumas dicas de onde baixar seus programas favoritos e livres de vírus. Iremos lhe ajudar, também, a sempre desmarcar as opções de instalação, afinal, muitos setups que baixamos na internet nos “presenteiam” com softwares casados, ou seja, eles vêm com outros programas conjuntamente, e assim, automaticamente, vão minando o computador com softwares desnecessários.

Antes de tudo, vamos facilitar a sua vida enumerando uma série de procedimentos que servem para evitar esses tipos de transtornos para você: 

Sempre faça o download no próprio site do fabricante

Quando for instalar algum programa em sua máquina, lembre-se que a internet é globalizada, existem diversos internautas bem intencionados, porém, outros nem tanto. Então a dica primordial é fazer o download no próprio site do fabricante do aplicativo. Este procedimento vai dificultar a possibilidade de você contrair um amigo indesejado. Será muito menos provável que o programa tenha um vírus.

Exemplo: Se você quer baixar o navegador Google Chrome, deve entrar no próprio site do Google e fazer o download.

Dicas para proteger seu PC de softwares indesejados

Tenha cuidado com as caixas de seleção

Se você não seguiu a dica acima, ou não achou o site do fabricante, ou foi nesses sites de busca de softwares, temos a dica importantíssima para conseguir fugir desta prática. Antes de tudo, leia tudo que está aceitando, estes softwares tentarão “enganar” o usuário para instalar outros programas (Baidu, PSafe, etc.) de lambuja. Estes outros softwares são geralmente de parceiros deles e não nossos.

Verifique a pontuação que os usuários avaliaram, normalmente ela é fidedigna desde que o programa não tenha sido disponibilizado há pouco tempo na rede mundial. Escolha instalação personalizada. Sempre recuse todos os tipos de aplicativos, desabilitando as caixas de seleções. Durante o processo de instalação, o software que realmente queremos, aparecerá apenas uma vez, desconsidere os outros.

Instale o aplicativo Unchecky 

Este software desmarca tudo o que for desnecessário na hora da instalação. Siga essa dica, e entre no site do fabricante: http://unchecky.com/ 

Após feito o download, execute o Unchecky, aparecerá a seguinte tela: 

Dicas para proteger seu PC de softwares indesejados

Clique em Instalar e depois em encerrar. Agora quando for instalar algum software no sistema, o unchecky, automaticamente, desmarcará as caixas de seleções, como na imagem a seguir: 

Dicas para proteger seu PC de softwares indesejados

Pronto, agora cada vez que for instalar algum aplicativo, não precisará se preocupar com as caixas de seleção.

Cuidado ao baixar em sites de downloads

Quando for efetuar algum download em sites de busca de programas como o Baixaki ou Superdownloads, cuide para escolher a opção “Baixar sem instalador”, pois se não escolher essa opção, os instaladores desses sites, com certeza, tentarão lhe “empurrar” outros programas. Faça como na imagem a seguir:

Dicas para proteger seu PC de softwares indesejados

Baixando Torrent

Se você possui o costume de baixar diversos arquivos pela internet, opte por arquivos Torrent, que é uma maneira bastante versátil e rápida para fazer downloads. Entretanto, deve-se tomar mais alguns cuidados importantes, pois é muito fácil de infectar o seu computador dessa forma. O grande volume de tráfego de dados entre o compartilhamento de arquivos pela internet fez com que se disseminasse uma quantidade considerável de criminosos e criadores de vírus, que usam essas redes para espalhar pragas digitais entre os usuários. Muitas vezes são gerados resultados de pesquisas que não correspondem à realidade.

Leia também:

Prefira sites de torrents conhecidos, e que permitam exibir quais arquivos você deve baixar. Sugerimos os seguintes aplicativos: uTorrent e BitTorrent, que são bastante confiáveis. Sempre leia os comentários dos usuários antes de baixar. Se alguém indicar que é vírus, não baixe em hipótese alguma. Mantenha um bom antivírus em funcionamento. Prefira arquivos que possuam o maior número de Seeds (pessoas que possuem o arquivo completo), pois aumenta consideravelmente a velocidade de download. Para saber mais sobre como aumentar a velocidade do uTorrent, acesse aqui.

Esperamos que com essas dicas, tenhamos facilitado à vida dos usuários de um modo geral, evitando eventuais contaminações do seu sistema operacional. Porém, mesmo com todas essas dicas e você sendo um usuário avançado de informática, eventualmente você pode se infectar e nada melhor que utilizar um bom antivírus para verificações de rotina. Enquanto o novo post sobre os melhores antivírus de 2015 não sai, que tal conferir a lista dos melhores antivírus de 2014?

Este texto foi produzido por Luiz Felipe Kessler, Sócio-Diretor da Optclean e Eduardo Mendes, Sócio da Optclean.

Mais sobre: dicas segurança segurancadigital
Share Tweet
Comentários
Destaquesver tudo