Confira tudo sobre o Moto Maxx, postulante a melhor Android

Concorrendo ao título de melhor smartphone Android disponível no mercado, Moto Maxx é o mais novo integrante da linha Moto e ao mesmo tempo a obra-prima produzida pela Motorola após estar sob controle da Lenovo.

Por | @thiago_rochak Smartphones

O dispositivo foi lançado em novembro e chega com configurações robustas que prometem agradar até mesmo os mais exigentes, além de unir uma bateria de alta capacidade que garante durar até 40 horas e um amplo espaço de armazenamento disponível para os usuários, gostinho que a companhia deu com o Moto X e seus 32 GB. Aliás, que tal conferir o review do Moto X 2014?

Por esses e outros fatores, partimos atrás de todos os principais detalhes sobre o que existe por dentro desse poderoso dispositivo e se realmente vale a pena investir seu dinheiro nesta novidade. E para que não haja dúvidas, resolvemos dividir o artigo em tópicos, são eles: Design, Tela, Hardware e Conexões, Software, Bateria e Disponibilidade.

Design

Em relação ao design, o Moto Maxx pode não parecer com um smartphone moderno quando comparado com outros tops de linha, mas mesmo assim o aparelho apresenta acabamentos muito bem trabalhados que fogem um pouco dos tradicionais materiais usados, como vidro, plástico e alumínio.

Confira tudo sobre o Moto Maxx, postulante a melhor Android

Além disso, as grandes novidades estão na discreta moldura emborrachada utilizada em volta da tela e na textura da parte traseira do dispositivo, feita em nylon balístico sobre uma camada de fibra de Kevlar – mesmo material utilizado nos coletes à prova de bala segundo a própria empresa.

Leia também:

Por fim, é válido destacar que, o smartphone pode ser considerado um pouco espesso, apresentando 11,2 milímetros de espessura no ponto máximo e 0,8 milímetros na parte mais fina, tudo isso pode ser influência da poderosa bateria localizada dentro do aparelho, no entanto nada disso atrapalha no uso diário.

Tela

Com 5,2 polegadas, tecnologia OLED Quad HD, resolução equivalente a 2560 x 1440 pixels (2K) e densidade de 565 ppi, essa sem dúvida alguma é uma das melhores ou talvez a melhor tela disponível no mercado de smartphones, batendo de frente o LG G3 com 534 ppi, o Samsung Galaxy S5 com 1920 x 1080 pixels e 432 ppi e até mesmo o próprio iPhone 6 com apenas 750 x 1334 pixels e definição de 326 ppi.

Confira tudo sobre o Moto Maxx, postulante a melhor Android

Aqui, os níveis de contraste, controle de brilho, intensidade, nitidez e cores são impressionantes, na qual é praticamente impossível perceber com o olho humano algum tipo de pixelização na tela. Para completar, há a proteção contra respingos de água e também Gorila Glass 3 contra riscos e arranhões.

Hardware e Conexões

No coração do Moto Maxx, temos o melhor e mais poderoso chip da famosa Qualcomm, o Snapdragon 805 com processador quad-core de nada mais nada menos que 2,7 GHz, GPU Adreno 420 e memória RAM de 3 GB que permite rodar tudo que está disponível na Google Play sem nenhum problema.

Ainda, o smartphone conta com 64GB de armazenamento interno disponível, quantidade mais que suficiente para armazenar aplicativos e jogos. Entretanto, o aparelho não possui compatibilidade com cartão micro SD para expansão de memória.

A câmera traseira presente no celular possui um sensor de 21 megapixels com uma grande abertura f/20 que permite capturar vídeos em 4k e imagens limpas, nítidas e sem muitas distorções nas cores. A câmera frontal possui cerca de 2 megapixels e consegue gravar em Full HD, 1080p, ou seja, perfeita para quem gosta de fazer belas selfies.

O Moto Maxx ainda oferece suporte à conexão 4G brasileira, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, Bluetooth 4.0 LE com A2DP, Hotspot móvel, IRDA, GPS, Porta infravermelha e NFC totalmente compatível com todas as frequências nacionais.

Software

Com a mesma proposta utilizada em seus lançamentos passados, a Motorola aposta para o Moto Max uma versão muito semelhante do Android puro e com funções exclusivas que permitem uma melhor interação com o usuário. O aparelho chega de fábrica com o Kit-Kat, mas segundo a empresa ele receberá atualização para a nova versão do Android, a Lollipop.

Além disso, o smartphone conta com o recurso Moto Tela que é capaz de exibir suas notificações mesmo se o dispositivo estiver em standby, além do Moto Voz que permite controlar algumas funções do Android sem mesmo tocar na tela do device.  

Bateria

Talvez esse seja o ponto mais forte do Moto Maxx em relação aos seus concorrentes. O smartphone possui a maior capacidade de bateria já vista no mercado brasileiro, são nada menos que 3.900 mAh que permitem 40 horas de uso moderado sem sequer recarregá-la a nenhum momento. Em alguns casos o aparelho ainda consegue chegar ao começo do terceiro dia com um pouco de carga disponível.

Outro fator que também chama muita atenção é a velocidade que o Moto Maxx leva para carregar a bateria, em pouco mais de 15 minutos ele é capaz de garantir seis horas de uso sem nenhum problema, tudo isso só é capaz graças a uma tecnologia usada pela própria Motorola em seus novos modelos de carregadores.

Disponibilidade

Sem dúvida alguma o Moto Maxx é capaz de oferecer a melhor experiência Android disponível no mercado de dispositivos mobile e, para felicidade de muitos, o smartphone já chegou nas lojas brasileiras custando algo em torno de R$ 2.199, um valor bastante agressivo em relação a alguns modelos top de linha de outras marcas.

Comente aqui o que achou do novo Moto Maxx e se na sua opinião vale apena investir esse dinheiro em um smartphone. Você também pode mandar uma sugestão de pauta pelos comentários.

Estamos ansiosos pela chegada do Moto Maxx para fazermos um belo review. Até lá!

Mais sobre: Motorola Moto Maxx Smartphone
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo