Co-fundador do Android deixa Google

Google não contará mais com os serviços de Andy Rubin, Substituto já foi escolhido.

Por | @RafaelaPozzebon Negócios

O Google anunciou na quinta-feira (30), que Andy Rubin, co-fundador da divisão de negócios móveis Android e também diretor dos esforços da companhia no setor da robótica irá deixar a companhia.

Desde o ano passado Rubin lidera a área de robótica do Google, e é responsável por vários projetos e ainda por coordenar as compras da companhia com a fabricante de robôs Boston Dynamics.

Em comunicado, o Google revelou que Rubin deixará a empresa para fundar uma companhia voltada ao apoio para empresas iniciantes com interesse em desenvolver produtos de tecnologia e hardware.

"Desejo a Andy tudo de melhor no que vem pela frente", disse o CEO da Google, Larry Page, numa declaração distribuída à mídia. "Com o Android ele criou alguma coisa realmente extraordinária - com mais de um bilhão de pessoas felizes."

Co-fundador do Android deixa Google

O Google também já anunciou quem irá substituir Rubin, no caso, James Kuffner, cientista da companhia e também membro do grupo de robótica.

Vale lembrar que Rubin foi substituído no ano passado por Sundar Pinchai como diretor da divisão Android. Sendo assim, a plataforma para dispositivos móveis, aplicativos e também o navegador Chrome passaram a ficar no mesmo setor.

Rubin foi o responsável por desenvolver o Android com uma plataforma de software aberta e de código-livre, que atualmente é usada por fabricantes de dispositivos móveis no mundo todo.

Fonte: Reuters

Mais sobre: andyrubin, google, sair
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.