Microsoft anuncia diversos aperfeiçoamentos do Microsoft Azure

Em um evento realizado ontem, 21 de outubro, em São Francisco, Califórnia, a Microsoft anunciou vários aperfeiçoamentos do Microsoft Azure e de parceiras no setor.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Durante o evento, a CEO da Microsoft Corp., Satya Nadella, apresentou dados de como a empresa está utilizando o serviço acima citado, além deste, o Office 365 e o Microsoft Dynamics, tudo isso segundo ela, “para oferecer um serviço completo de nuvem no mercado”.

Para garantir este completo serviço de nuvem para todos os negócios, todos os setores e todas as áreas geográficas, a Microsoft anunciou vários aperfeiçoamentos em sua classe empresarial e em sua plataforma híbrida de hiperscala, entre elas a nova G serie de máquinas virtuais e armazenamento Premium do Azure.

No evento, Nadella declarou o seguinte: “As metas futuras e de hoje, demandam uma plataforma em nuvem segura, escalável e flexível, onde mais de 80% das empresas da Fortune 500 na nuvem da Microsoft possuem, uma vez que estamos oferecendo a elas o mais completo serviço de nuvem, para todas as áreas geográficas, para todos os negócios e para todos os setores”.

Segundo a própria empresa, a demanda deste serviço em nuvem continua crescendo e por isso mesmo a Microsoft está investindo cada vez mais neste setor, para atender as várias exigências do mercado. Ainda durante o evento, a companhia anunciou a etapa final na expansão global do Microsoft Azure, que irá abranger as regiões da Austrália já a partir da próxima semana, sendo que até o final deste ano o serviço deverá operar em 19 regiões espalhadas pelo mundo.

Já o CPS – Cloud Platform System, sistema de plataforma em nuvem da Microsoft, habilitado pela Dell, une o Azure, o Microsoft System Center e o Windows Server, tudo isso para oferecer uma computação em nuvem consistente com o Azure, sendo ela de baixo custo, simples e confiável; além disso, o CPS oferece também aprendizados do Azure a parceiros e clientes.

Em breve, outros sistemas também estarão disponíveis a clientes do Azure, bem como o CoreOS, do sistema operacional Linux, sendo que a partir da próxima segunda-feira, os clientes deste sistema poderão aplicar imagens do CoreOS diretamente do Azure Marketplace.

Mais sobre: Azure, Microsoft, sistemas
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários