Maior site de compra e venda de bitcoins sai do ar

Site de compra e venda de bitcoins encerra as atividades após desvio da moeda virtual.

Por | @oficinadanet Internet

Nesta terça-feira (25), o maior site em volume de compra e venda de bitcoins deixou de funcionar. Ao longo dos anos, aproximadamente 750.000 bitcoins, o equivalente a 900 milhões de reais, teria sido roubado do site.

Tal fato fez com que o CEO do MtGox, Mark Karpelès, anunciasse o seu desligamento da Bitcoin Foundation, instituição que promove o uso da moeda virtual. Ainda não há informações de como os usuários do site serão ressarcidos.

André Horta, CEO do site brasileiro especializado na transação de moedas virtuais, Bitcoin4You, uma falha técnica permitiu o roubo do dinheiro virtual no MtGox. “Hackers aproveitaram o descuido do MtGox para realizar saques de bitcoins várias vezes, depois de alterar o registro das transações”, explica Horta. 

O site já estava dando sinais de problemas desde o dia 7 de fevereiro. Desde então, os clientes não conseguiam mais fazer transações com a moeda. A empresa prometia que o site voltaria ao normal, porém, desde a data, a cotação do bitcoin no MtGox não parava de baixar. Conforme o site CoinDesk, a moeda chegou a valer 130 dólares no MtGox, enquanto em outros sites chegava, em média, a 532 dólares.

Maior site de compra e venda de bitcoins sai do ar

Leia também:

Um grupo de CEOs de outros grandes sites de comércio da moeda virtual, afirmou em uma carta aberta que a direção do MtGox confirmou em conversas privadas a falha no sistema. “Em qualquer novo mercado, existem atores ruins que precisam ser eliminados. Estamos confiantes que empresas fortes de Bitcoin continuarão a prosperar e a cumprir a promessa que o bitcoin oferece como o futuro dos pagamentos na era da internet”, escreveram empresas como Kraken, BitStamp, Circle, BTC China e Blockchain, na carta.

O MtGox é uma empresa fixada no Japão e ganhou maior notoriedade em 2010, como um dos sites pioneiros na compra e venda de bitcoins.

Vale notar que o bitcoin não está sujeito a qualquer regra imposta por um banco convencional ou mesmo governo. Por isso, para reparar o roubo, o MtGox espera o apoio da comunidade e também de grandes investidores em moedas virtuais que estejam dispostos a colaborar com a companhia.

Mais sobre: bitcoin MtGox sair doa r
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo