NSA usa cookies do Google para rastrear alvos de espionagem

Jornal americano divulga que NSA utiliza cookies do Google para rastrear indivíduos.

Por Internet Pular para comentários
NSA usa cookies do Google para rastrear alvos de espionagem

A Agência Nacional de Segurança estaria usando cookies de rastreamento do Google utilizados por anunciantes para identificar possíveis alvos ofensivos e orientar suas operações de espionagem.

As informações são baseadas em documentos, em especial,  slides de apresentação, divulgados por Edward Snowden e relatadas nesta quarta-feira (11) pelo jornal americano The Washington Post.

Conforme os documentos, a NSA e a agência britânica GHCQ usam cookies para ajudar a rastrear usuários da Internet que foram identificados previamente. De acordo ainda com a reportagem a agência usa um mecanismo de rastreamento do Google chamado de cookie "PREF". O jornal cita que tal cookie não contem informações pessoais, porém, é capaz de armazenar códigos numéricos que permitem a websites identificar o navegador do indivíduo. NSA usa cookies do Google para rastrear alvos de espionagem

Os documentos mencionam que os cookies são usados para "permitir o controle remoto" das pessoas. Conforme os arquivos, a NSA comprometeu 50 mil computadores com um malware instalado através de vulnerabilidades nos sistemas espionados.

Tanto NSA quanto o Google não quiseram se manifestar sobre o assunto. Porém, em comunicado enviado ao The Washington Post, um porta-voz da agência afirmou: "Como já dissemos anteriormente, a NSA usa sua competência legal para coletar dados para proteger os Estados Unidos, usa ferramentas de inteligência para compreender a intenção dos adversários estrangeiros e evitar que eles tragam danos a americanos inocentes".

Vale notar que o diretor-executivo do Google, Larry Page, juntou-se com outros líderes de outras empresas de tecnologia solicitando fim da coleta de dados de usuários também novos limites para os pedidos de vigilância. "A segurança dos dados dos usuários é fundamental, razão pela qual temos investido muito em criptografia e lutado pela transparência em torno de pedidos do governo de informação", disse Page.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários