Razer Electra V2

Review headset Razer Electra V2

Testamos o headset Electra V2 da Razer, veja o que achamos e todos os componentes do periférico.

Por | @nmuller99 Periféricos Nota: 7.3/10 2 comentários

Razer, a começar pela marca que muitos amam e muitos odeiam. O que eu vejo por aí, são pessoas falando que atualmente os valores empregados nos produtos da marca, não tem valido a pena em comparação com os componentes utilizados.

Não há como questionar a qualidade de acabamento dos produtos da Razer, dificilmente você vai achar algum deles feio, ou mal acabado (haters gonna hate).

Design e Construção

O Electra V2 é muito bem acabado, ele vem construído com os materiais: Metal, plástico, material sintético, tecido e borracha.

As hastes contam com 2 contenções de metal, uma delas a externa, que limita o tamanho de abertura do headset, é maleável e permite bastante movimento. A segunda, são duas guias de metal que circulam e prendem a espuma que fica posicionada na parte superior da cabeça. Leia em destaque: Review mouse Cougar Minos X5, um novo bom custo-benefício.

É ela, responsável pelo controle de tamanho da abertura. Essa espuma, é confortável e não aperta.

Electra V2 - HastesElectra V2 - Hastes

Em se tratando de conforto, posso garantir que ele não vai pressionar demasiado a sua cabeça. Os ouvidos cabem perfeitamente dentro das earpads, assim, não ficam apertando alguma parte da orelha, que com o tempo acaba doendo.

Falando nas earpads, a espuma não é aquela que memoriza um amaçado, portanto vai ficar sempre pressionando, elas são feitas de um material sintético, que se assemelha ao couro, como utilizei ele por duas semanas, não chegaram a sequer marcar, não sei se ao usar um ano, ou mais como elas estarão. Todos os fones que já tive, com o passar do tempo soltaram este napa.

De fato eu passei por horas de jogatina com ele e não senti dor ou desconforto algum, ainda mais que sou usuário de óculos. Mas em compensação, sempre utilizo headsets, já estou acostumado, talvez você que usa intra-oculares possa sentir desconforto ao utilizar por muito tempo, mas isso será natural pelo sua falta de costume em usar este tipo de produto.

Electra V2 - usandoElectra V2 - usando

É um headset com estrutura feita em liga de alumínio, resistente e maleável. Em termos de construção e design eu gostei muito.

Galeria de fotos do Razer Electra V2:

Qualidade sonora

A qualidade sonora é ok, perceptível a diferenciação entre as ondas, agudas, médias e graves. Os graves são baixos, mesmo utilizando o software para equalizar, eles não foram além de ok. Com drivers de 40mm, o som através da porta USB sai alto, em torno de 20% do volume já é alto o bastante para não ouvir nenhum outro som. Em 100%, é nocivo para os ouvidos.

É bom para games? Eu particularmente gostei. O som é alto suficiente e nítido. Nos jogos eu não gosto de muitos graves, prefiro que ele esteja equalizado tudo beirando o padrão. O Electra V2 isola, mas nem tanto. Com volume mais alto sim, aí você não ouvirá nada além do fone. Se isolamento total for sua necessidade, ele não fará isso, até como já dito anteriormente, o fone não pressiona a cabeça de forma demasiada, ele é confortável.

Som virtual 7.1 Surround

Bem, poucos são os fones que conseguem simular um som 7.1, usado muito em games, para conseguir diferenciar de onde os inimigos ou tiros estão vindo. Ainda em se tratando de uma simulação virtual, onde estamos tratando apenas com um driver em cada ouvido, parece ser ainda mais complicado.

É fato que os jogos que usam o sistema surround, conseguem diferenciar o som conforme posicionamento do inimigo, mas é o software do game que transmite os dados para a saída de áudio, seja ela qualquer. O Electra V2, amplia as ondas para melhorar ainda mais a percepção de distância e velocidade, mas está longe de ser um surround 7.1 com mais drivers.

Microfone

O headset precisa de um microfone, no Electra V2 ele vem no kit e pode ser removido do fone, é um jack 3.5mm banhado a ouro, conta com sensor de ruídos. Nas jogatinas foi possível ver que ruídos ao redor não foram detectados pelo fone, principalmente quando estamos em conversa com amigos, onde os aplicativos detectam a voz para comunicar, como o Discord e TS.

Electra V2 - microfoneElectra V2 - microfone

Especificações técnicas

Fones de ouvido

  • Resposta de frequência: 20 Hz - 20 kHz
  • Impedância: 32 ± 15% Ω
  • Sensibilidade: 115 ± 3 dB
  • Potência máxima de entrada: 50 mW
  • Drivers: 40 mm com ímãs de neodímio
  • Comprimento do cabo: 1,3 m / 4.27 pés.
  • Peso aproximado: 294 g / 0,65 lbs.

Microfone (microfone removível)

  • Resposta de frequência: 100 Hz - 10 kHz
  • Relação sinal-ruído: ≥ 50 dB
  • Sensibilidade (@ 1 kHz): -41 ± 3 dB
  • Padrão de pick-up: Unidirecional 

Veredicto

Os novos fones da Razer aterrissaram em dezembro no Brasil, custando R$ 299 a versão com jack 3.5mm, e R$ 399 a versão USB. A princípio o fone viria para competir com preço, mas por este valor encontramos fones de melhor qualidade.

Razer Electra V2Razer Electra V2

Eu sou entusiasta por música e games, o Electra V2 é um bom fone, mas o valor não compensa a compra, apesar de ser muito bonito, ter um bom acabamento e qualidade aceitável. De fato a Razer sabe fazer produtos bonitos, não há o que negar, mas beleza não compensa o preço.

E você o que achou do Electra V2? Comente.

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

Comentários