Oficina da Net Logo

Disney começa a trabalhar em sua plataforma de streaming

Fontes anônimas revelaram que a Disney prepara versões live-action para A Dama e o Vagabundo e A Espada Era a Lei.

Por | @oficinadanet Netflix

A Disney é sócia majoritária do Holu, mesmo assim, ela segue firme nos seus planos de investimento em um portal próprio, que irá contar com produções originais e ainda todo o conteúdo que a companhia é proprietária.

A Disney, para conseguir assegurar um produto competitivo, acabou promovendo Rucky Strauss, que até era presidente de marketing do Walt Disney Studios, a consultor criativo da futura plataforma de streaming que está prevista para estrear até o final de 2019. Deste modo, agora ele tem a função de aprovar ou banir a produção de filmes e séries.

Disney começa a trabalhar em sua plataforma de streaming.Disney começa a trabalhar em sua plataforma de streaming.

Leia também:

Strauss é responsável pelos trabalhos de divulgação de Pantera Negra, e Star Wars: O Despertar da Força. A novidade é que está sendo produzida uma série de 10 episódios para Star Wars, que poderá custar mais de US$ 100 milhões.

Além disso, outro passo que foi dado para aumentar a biblioteca está relacionado à parceria com a Netflix, assim, a partir do próximo ano, todos os filmes cinematográficos do conglomerado de mídia irão deixar de ir para a plataforma assim que saírem de cartaz. Atualmente, vale mencionar, assim que os filmes saem dos cinemas eles estreiam em formato digital e ficam disponíveis em canais premium, por exemplo.

Fontes anônimas revelaram que a Disney prepara versões live-action para A Dama e o Vagabundo e A Espada Era a Lei. Para completar, outros sete filmes originais estariam em desenvolvimento, ao lado de séries derivadas de High School Musical e Monstros S/A. Para completar, a plataforma poderia ainda contar com uma nova versão de Os Muppets.

Para completar, a Disney pode ainda aproveitar o acervo da Fox para conseguir complementar o conteúdo. Exemplo disso, o National Geographic conta com documentários sobre o mundo animal, geografia e animações infantis. Porém, animações como Os Simpsons podem ficar restritos ao Hulu.

As séries Marvel produzidas pela Netflix  ainda são uma incógnita. Por enquanto, os executivos da empresa dizem que não possuem planos de moverem tais produtos para o serviço proprietário. De qualquer forma, irá haver novas séries originais baseadas no universo de heróis.

E então, acha que a Disney irá decolar em seu serviço de streaming?

MAIS SOBRE Netflix streaming Disney
SHARE
+ Notícias
Assine a nossa newsletter
Comentários