Oficina da Net Logo

Netflix tem conteúdo liberado para países da UE

Uma nova lei irá permitir que as pessoas da União Europeia tenham acesso ao seu conteúdo da Netflix em qualquer país que estejam.

Por | @oficinadanet Netflix

A Netflix, por tempos, permitia que os usuários encontrassem meios para acessar os conteúdos que estavam disponíveis em outras regiões, com isso, mais filmes e séries disponíveis para poder assistir.

Porém, há algum tempo, a empresa começou a aplicar travas regionais que fechavam tais brechas. Assim sendo, os usuários tinham acesso apenas ao conteúdo disponibilizado no seu país.

Portanto, uma nova lei irá permitir que as pessoas da União Europeia tenham acesso ao seu conteúdo da Netflix em qualquer país que estejam.

Conforme a nova lei, que entrou em vigor em primeiro de abril, os serviços online não poderão mais aplicar travas regionais para consumidores que residem dentro da União Europeia. Assim sendo, além da Netflix, Amazon Prime vídeo, compras de e-books e serviços de streaming musical, como Spotify, também irão apresentar conteúdo aos usuários independente do país que se encontrem.

No caso da Netflix, ao menos na União Europeia o tal bloqueio será derrubado. Vale mencionar que a biblioteca da França é diferente da biblioteca da Holanda, bem como da biblioteca dos demais países.

Netflix tem conteúdo liberado para países da UE.Netflix tem conteúdo liberado para países da UE.

Leia também:

Em comunicado, a Comissão Europeia anunciou na terça-feira que as regras são “aplicadas aos serviços pagos, mas os fornecedores de conteúdos gratuitos poderão aderir a elas, assim como os fornecedores de conteúdos digitais, que já não terão de adquirir licenças para os outros territórios para onde viajem os seus subscritores”.

“Hoje demos um novo passo para a construção de um autêntico mercado único digital e para uma sociedade digital europeia unida, ao alcance de todos os cidadãos e benéfica para as nossas empresas”, concluiu a CE na nota divulgada.

Isso tudo pode fazer com que haja uma unificação da biblioteca na Europa, o que também virar um grande teste para a Netflix, e ainda outros serviços. A novidade fará com que trabalhem em conjunto com detentores de direitos autorais para a liberação de conteúdos em outros territórios.

A Netflix, que procura aumentar a produção de conteúdo original, parece ainda uma vontade antiga das companhias em trazer conteúdo similar aos usuários de todas as regiões que aparecem disponíveis.

MAIS SOBRE: #streaming  #spotify  #UE  #Netflix
Comentários