Rumores apontam que a Qualcomm recebeu uma licença para fornecer chips a Huawei

Mesmo com as proibições impostas para a empresa chinesa, fontes afirmam que algumas empresas devem voltar a trabalhar com a Huawei em breve

Segundo rumor, a Huawei deve voltar a trabalhar com empresas americanas.
Segundo rumor, a Huawei deve voltar a trabalhar com empresas americanas.

Mesmo com as proibições impostas para a empresa chinesa, fontes afirmam que algumas empresas devem voltar a trabalhar com a Huawei em breve

As sanções e proibições que a Huawei sofreu do governo dos EUA tem tomado grande repercussão. Mas o que ainda parece ser um caso sem fim para a empresa chinesa, começa tomar um novo cenário no mercado internacional

Segundo o portal Giz China, algumas empresas estão esperançosas em voltar a trabalhar com a Huawei, e aparentemente a Qualcomm já recebeu até uma licença para isso.

Os chips Snapdragon devem voltar para os aparelhos da Huawei.
Os chips Snapdragon devem voltar para os aparelhos da Huawei.
A notícia que se espalhou pela internet é de que a fabricante de chips americana recebeu uma licença para trabalhar com a empresa chinesa. Com isso, a Huawei poderia voltar a utilizar os processadores Snapdragon em seu dispositivos. Nenhuma fonte próxima às duas empresas confirmaram ou sequer negaram essa informação.

Essa mesma fonte também falou sobre a submarca Honor ser vendida pelo preço de US$ 15 bilhões para um consórcio liderado por uma empresa de serviços de TI. Informações confirmam que os funcionários da empresa já receberam uma notificação sobre a mudança de propriedade da Honor. O acordo deve ser anunciado na próxima semana.

Proibições dos EUA

A Huawei está proibida de fazer negócios com as empresas americanas por ordem de uma medida governamental dos EUA, que acusam a empresa de fazer espionagem para a China. Nada ainda foi provado, a empresa chinesa nega todas as acusações, mas a vida da Huawei não tem sido fácil nesses últimos meses.

Para contornar a situação, a empresa tem colocado em prática uma estratégia promissora, a fim de não perder seu legado. A empresa chinesa tem pensado em construir sua própria fábrica de chips para Smart TVs, criou o seu próprio sistema operacional HarmonyOS, dispensando assim o uso do Android do Google, e como já comentado, recentemente foi anunciado que a empresa deve se desfazer de sua patente Honor.

Melhores celulares Xiaomi para comprar agora

Conteúdo relacionado

Black Friday 2021: cuidado com as falsas promoções de celulares
Celulares

Black Friday 2021: cuidado com as falsas promoções de celulares

Com a Black Friday chegando, muita gente considera esse o momento certo para trocar de celular por conta dos baixos preços. O Oficina da Net separou esse guia para você entender que não é bem assim!

Novos detalhes foram revelados sobre o celular dobrável Mate X2 da Huawei
Huawei

Novos detalhes foram revelados sobre o celular dobrável Mate X2 da Huawei

O aparelho recebeu o certificado de regulamentação dos órgãos superiores da China, e com isso poderemos ser surpreendidos em breve com informações sobre o seu lançamento iminente

Huawei deve confirmar a venda da sua patente Honor por US$ 15 bilhões
Huawei

Huawei deve confirmar a venda da sua patente Honor por US$ 15 bilhões

Algumas fontes dizem que a Huawei já vendeu a sua submarca Honor para o consórcio liderado pela distribuidora Digital China por 100 bilhões de yuans; acordo deve ser oficializado em 20 de novembro