Em tempos de pandemia, onde os lugares onde você praticava algum exercício físico estão em sua maioria fechados, a saída é correr. Durante os treinos, se não houver a presença de uma companhia, é sempre bem-vindo a possibilidade de escutar uma música, pois pode se tornar monótona a rotina repetitiva de exercícios, podendo variar somente o percurso feito para ter mais graça. Mas qual fone de ouvido escolher para corridas sem gastar muito?

O que levar em consideração na escolha de um fone de ouvido para corrida?

Imagem ilustrativa de pratica de exercícios com fones de ouvido. Fonte: fingers
Imagem ilustrativa de pratica de exercícios com fones de ouvido. Fonte: fingers

Há alguns fatores que podem tornar a experiência de corrida melhor com fones de ouvido. Confira abaixo quais são as principais características que se deve levar em conta em sua escolha.

Certificação IPX7

Está é uma característica importante, pois em corridas nós estaremos expostos as chuvas, além de suar muito em dias quentes. A certificação IPX7 confere resistência ao suor, poeira e água, além de permitir que os fones sejam submersos a 1 metro de profundidade por 30 minutos. Há também a certificação IPX5 que atesta a resistência a água e ao suor nos fones de ouvido, que é o mínimo necessário para a pratica de exercícios.

Tipo do fone de ouvido

Para obter um encaixe mais firme e isolar o ruído externo, a melhor escolha são fones de ouvido do tipo True Wireless (TWS) que sejam in-ears (intra-auriculares). O motivo é primeiramente devido à ausência de fios, que atrapalham durante o exercício. Além disso, o fato de o fone de ouvido ser in-ear permite um encaixe e isolamento passivo do ruído mais eficiente comparado aos earbuds.

Artigos recomendados para ler:

Possibilidades de ajuste e o formato do fone

Para se obter um bom encaixe no ouvido, o fone de ouvido deverá acompanhar a concha das orelhas para que fique firme no ouvido. Para se obter isto, muitos tentam seguir o formato do ouvido e se utilizam de ear hooks, uma espécie de gancho de silicone que se prende a house (corpo) dos fones e acompanham os sulcos do ouvido para fixar melhor a estrutura do fone no ouvido. Claro que além do formato e dos ear hooks, é necessário ter um bom encaixe ao inserir os fones intra-auriculares (in-ears) no canal auditivo.

Artigos recomendados para leitura:

Isolamento passivo bom

O isolamento passivo (natural) do fone deverá ser bom, pois desta forma, não será necessário aumentar o volume devido ao ruído externo. Isso é obtivo através do formato do fone e dos ajustes que ele possibilita, como foi explicado acima. Você não precisa ter ANC (active noise cancelling ou cancelamento de ruído ativo) em um fone TWS para obter um bom isolamento, até porque a tecnologia não é tão eficiente neste tipo comparado aos headphones.

Artigos recomendados para leitura:

Lista dos melhores fones de ouvido baratos para corrida e academia

Imagem ilustrativa de pratica de exercícios com fones de ouvido. Fonte: mentitude
Imagem ilustrativa de pratica de exercícios com fones de ouvido. Fonte: mentitude

Confira abaixo a lista com os melhores (e mais baratos) fones de ouvido para corrida e academia disponíveis atualmente.

FIIL T1X (US$64)

A primeira coisa que chama a atenção para os esportistas no Fill T1X é a presença de ear hooks (ganchos de silicone), que auxiliam para se obter um encaixe firme na orelha. Além disso, o fone TWS possui certificação IPX5, que atesta sua resistência ao suor e a água.

Seus controles são realizados através de toques, respondem bem, mas levam algum tempo para se acostumar. Eles permitem que você altere o volume, avance ou retroceda as faixas, dê pause ou play nas músicas.

Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS FIIL T1X. Fonte: xiaomitoday
Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS FIIL T1X. Fonte: xiaomitoday

Com relação ao som, de acordo com relatos de análises de diversos sites na internet, o Fill T1X oferece uma das melhores qualidades sonoras para fones TWS abaixo dos US$100. Os graves não são exagerados e é possível ouvir a música com clareza.

A bateria do FiiO T1X dura aproximadamente 6h de reprodução continua e através de sua case de carregamento é possível recarregá-lo mais 4 vezes.

TaoTronics SoundLiberty 79 (US$40)

O TaoTronics SoundLiberty 79 mesmo sendo mais barato, possui uma certificação IPX7, que confere resistência ao suor, poeira e água, além de permitir que os fones sejam submersos a 1 metro de profundidade por 30 minutos. Além disso, assim como o Fill T1X, possui ear hooks (ganchos de silicone) para promover uma melhor fixação do fone na orelha.

Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS TaoTronics SoundLiberty 79. Fonte: nerdtechy
Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS TaoTronics SoundLiberty 79. Fonte: nerdtechy

Os comandos por toque do TaoTronics SoundLiberty 79 são responsivos e é possível com um único toque aumentar ou diminuir o volume, com 2 toques pausar ou reproduzir a música e com 3 toques, avançar ou retroceder uma faixa. Já em termos de bateria, o TWS consegue até 7h de reprodução continua com uma única carga, que é mais do que o suficiente para qualquer esportista.

O som do TaoTronics SoundLiberty 79 possui graves mais elevados no espectro e possui agudos sem estridência. Talvez você sinta falta de detalhamento em seu som, mas para o preço, é uma excelente escolha pelo conjunto que é oferecido.

SoundPEATS TrueShift 2 (US$32)

Os SoundPEATS TrueShift 2 possuem uma house (corpo) é um pouco maior do que os citados aqui, porém ela preenche bem a orelha, oferecendo um ajuste seguro em conjunto com seus ear hooks (ganchos de silicone). Seu tamanho pode ser um pouco justificado pela bateria capaz de proporcionar até 6 horas de reprodução continua, que com sua case consegue mais 16h de autonomia.

Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS SoundPEATS TrueShift 2. Fonte: awaqa
Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS SoundPEATS TrueShift 2. Fonte: awaqa

Indo para o quesito de comandos, o SoundPEATS TrueShift 2 permite que o volume aumente/diminua com um toque, o play/pause da música realizado com dois toques e o avançar/retroceder com um toque contínuo de 1,5s.

Em termos de som, o SoundPEATS TrueShift 2 possui graves um pouco exagerados e médios agudos mais proeminentes, passando um pouco a sensação de detalhamento.

Cowin KY02 (US$40)

O Cowin KY02 possui certificação IPX5, que lhe confere resistência ao suor e a água. Porém, infelizmente, em sua nova versão não há mais a presença dos ear hooks (ganchos de silicone) para obter um ajuste mais firme, por isto, procure pela versão anterior. Seu som impressiona por possuir graves rápidos e com impacto, sem interferir muito nas outras frequências, conferindo assim uma boa resolução para estes fones TWS.

Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS Cowin KY02. Fonte: powerplanetonline
Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS Cowin KY02. Fonte: powerplanetonline

Este fone True Wireless também possui controles por toque, mas infelizmente por vezes ele não responde bem aos comandos. Sua bateria dura apenas 4 horas de reprodução continua, o que não é uma boa marca considerando a média, mas seus outros atributos podem compensar isto, levando em consideração que um treino dificilmente irá ultrapassar a duração de bateria do fone.

Havit G1 (US$43)

O que mais chama a atenção no Havit G1 é o seu som, que possui enfase nos médios e agudos, tornando-o um fone com um som mais nítido, claro. Dependendo do estilo musical que você ouve, o resultado pode lhe agradar muito. Entretanto, nesta lista o G1 é o que possui menor duração de bateria, conseguindo uma reprodução contínua de apenas 3h e 30 minutos.

Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS Havit G1 . Fonte: wadiz
Fone de ouvido sem fio Bluetooth TWS Havit G1 . Fonte: wadiz

O Havit G1 possui certificação IPX5, o que lhe confere resistência ao suor e a água, ideal para praticantes de exercícios físicos. Além disto, para obter um ajuste mais firme, este fone intra-auricular true wireless possui ear hooks (ganchos de silicone).