O que se sabe até agora sobre a memória RAM DDR5?

A próxima geração de memória RAM DDR5 está prestes a chegar para melhorar o desempenho dos dispositivos, e neste artigo nós trazemos todas as informações que você precisa saber sobre esta tecnologia.

Por Hardware Pular para comentários

O Double Data Rate 5 (DDR5) é o padrão de próxima geração para memória de acesso aleatório (RAM). A nova especificação promete trazer chips com desempenho muito superior aos módulos DDR4 existentes, e mais ainda quando comparada às DDR3 que ainda são o padrão de muitos computadores, além de menor consumo de energia.

Por que a Memória RAM DDR5 é melhor?

Com o lançamento dos processadores Ryzen de primeira geração da AMD, uma nova guerra começou. A AMD forneceu processadores quad-core / octa-thread em processadores mid-range e eight-core / 16-threads no high-end para consumidores de PCs convencionais, o que era quase o dobro do que a Intel vinha oferecendo há anos nessas faixas.

Com os processadores Ryzen de terceira geração, a AMD aumentou a contagem de núcleos em outros 50%, lançando chips de seis núcleos na faixa intermediária e os de 12 núcleos nos top de linha. A Intel também foi forçada a responder com um aumento no número de núcleos para seus próprios processadores, embora a Intel não tenha sido tão agressiva quanto a AMD.

Em menos de três anos, passamos de quatro núcleos, sendo o número mais alto que a maioria dos jogadores ou usuários normais de PC poderiam esperar em seus computadores, a três vezes mais. O que tudo isso significa é que precisamos aumentar drasticamente nossa largura de banda de memória por núcleo, se você quiser que seu PC acompanhe essa evolução de hardware.

A largura de banda por núcleo permaneceu relativamente estável desde o início dos anos 2000. No entanto, a largura de banda por núcleo começou a diminuir desde o ano passado.

Desempenho da RAM DDR5

Os projetos DDR5 prometem chegar ao mercado com o dobro da densidade, além de dobrar o desempenho dos módulos DDR4 de primeira geração.

A RAM DDR5-3200 terá um aumento de 1,36x na largura de banda em comparação com a DDR4-3200. No entanto, espera-se que os chips DRAM sejam fornecidos com uma largura de banda de 4800MT/s, ou 1,87x a da RAM DDR4-3200. O limite superior oficial para o padrão RAM DDR5 é de 6400MT/s, mas alguns projetos podem ser capazes de aumentar ainda mais a força e desempenho.

Tipo de memória Ano de lançamento Largura de banda Pinos por Ch Tensão (v) Prefetch
SDR 1993 1,6 GB / s 168 3.3 1n
DDR 2000 3,2 GB / s 184 2,5 / 2,6 2n
DDR2 2003 8,5 GB / s 240 1,8 4n
DDR3 2007 17 GB / s 240 1,35 / 1,5 8n
DDR4 2014 25,6 GB / s 380 1,2 8n
DDR5 2019 32 GB / s 380 1,1 8 / 16n
HBM2 2016 307 GB / s 2860 1,25 / 1,35 16n
GDDR6 2016 72 GB / s 180 1,35 16n

A SK Hynix tem trabalhado em módulos DDR5, que podem fornecer capacidade de 16 GB (2 GB) por chip. A empresa reduziu a tensão de 1,2V para 1,1V, o que, combinado com o uso de seu processo de 1Ynm, reduziu o consumo de energia em comparação com os módulos DDR4 da empresa. O módulo oferece até 6.4Gb/s de taxa de transferência para cada pino.

Outros benefícios da RAM DDR5 incluem dois canais independentes de 40 bits por módulo, eficiência aprimorada de barramento de comando, esquemas de atualização aprimorados e um grupo bancário maior para desempenho adicional.

Recursos Ativando RAM DDR5 de Largura de Banda Alta

De acordo com a Micron, a DDR5 usará uma arquitetura completamente revisada em comparação com o DDR4, com foco no aumento da largura de banda. Diversos recursos principais permitem esse aumento na largura de banda. O mais importante é que a DDR5 pode aumentar as taxas de dados de 3.200 MTps para 6.400 MTps. Este aumento da taxa de dados, por si só, deve mais do que acompanhar futuros processadores em potencial, com ainda mais núcleos.

O novo padrão DDR5 RAM também inclui outros novos recursos de protocolo que não estão relacionados às transferências de taxa de dados, mas ainda podem aumentar a largura de banda geral. Por exemplo, os DIMMs DDR5 suportarão dois canais independentes de 40 bits (32 bits + ECC).

O novo comprimento de burst padrão de 16 (BL16) na RAM DDR5 permite que um único burst acesse 64B de dados, que é o tamanho típico da linha de cache da CPU, usando apenas um dos dois canais independentes, ou metade do DIMM. Esse recurso deve fornecer uma melhoria significativa na simultaneidade e efetivamente migrar dos sistemas de memória de 8 canais que conhecemos hoje para um sistema de 16 canais.

A DDR5 também duplica o número de grupos bancários (BGs) em comparação com DDR4, mantendo o mesmo número de bancos por BG. Isso significa que o número total de bancos será o dobro da DDR4. Isso ajuda os controladores a evitar a degradação de desempenho associada aos acessos de memória sequencial dentro do mesmo banco. Todos esses recursos apontam para um grande upgrade na DDR5, em comparação à RAM DDR4.

Primeiras memórias RAM DDR5 em 2019

Em março de 2017, JEDEC, o grupo que desenvolve o padrão DDR, além de outros padrões de memória e armazenamento, anunciou que lançaria a especificação DDR5 em 2018. Em novembro de 2018, a SK Hynix anunciou o primeiro módulo RAM compatível com DDR5 do mundo, que inicialmente chegaria em 2020.

No entanto, desde então, a SK Hynix disse que lançará um módulo DDR5 até o final de 2019. A Samsung e a Micron também já disseram que lançariam módulos de memória RAM DDR5, mas eles podem não ser totalmente compatíveis com o padrão.

A SK Hynix previu que as vendas de módulos DDR5 representariam 25% do mercado de RAM em 2020 e 44% em 2021. A adoção da RAM DDR5 pode ser ainda mais rápida nos mercados de dispositivos móveis e data centers. Fabricantes de smartphones (incluindo a Samsung) vão querer superar a concorrência com a DDR5 LPDRAM mais veloz, enquanto os servidores data center estarão buscando satisfazer suas crescentes necessidades de largura de banda. 

Enquanto isso, ainda estamos aguardando uma data de chegada firme para a memória RAM DDR5 em desktops, mas isso provavelmente dependerá da AMD e da Intel, que oferecem suporte a placas-mães comuns. Infelizmente, ainda não há sinais de habilitação de DDR5 de nenhuma das empresas. 

Compartilhe com seus amigos:
Priscilla Kinast
Priscilla Kinast Estudante de Ciência e Tecnologia na UFRGS - Universidade Federal do RS, apaixonada por inovações tecnológicas, mistérios da ciência, bem como filmes e séries de ficção científica
FACEBOOK // INSTAGRAM: @priscillakinast // TWITTER: @prkinast
Quer conversar com o(a) Priscilla, comente:
Minha foto
    O que é mais importante em um smartphone?
    Bateria(26,34%)
    Câmera(13,74%)
    Performance(51,91%)
    Aparência(3,44%)
    Tela(4,58%)