Oficina da Net Logo

7 Razões para particionar o disco rígido (HD ou SSD) do seu PC

Quando você configura um novo disco rígido ou compra um computador, a unidade provavelmente vem com uma única partição. Isso coloca tudo em um setor lógico da unidade

Por | @oficinadanet Hardware Pular para comentários

Quando você troca o disco rígido do PC (HD ou SSD), ou compra um computador novo, a unidade provavelmente terá uma única partição. Isso coloca tudo no mesmo setor lógico da unidade. Mas você pode facilmente criar partições, para manter os diferentes tipos de dados separados. Mas antes disso, é interessante saber quais são os prós e contras de particionar o disco rígido.

O que é o particionamento de disco?

Quando você instala o Windows em um disco rígido novo, o instalador vê seu disco como um monte de espaço não alocado. Você precisa criar um segmento para que o sistema operacional saiba qual parte do disco rígido ele pode usar. Isso é chamado de partição. Quando você formata uma partição, com um sistema de arquivos específico para usá-la, ela é conhecida como um volume.

Uma instalação padrão do Windows pode ter uma única partição que contém tudo, incluindo os arquivos do sistema operacional, seus dados pessoais, programas instalados, etc.

Se você comprou um computador recondicionado ou usado, ele também pode ter uma pequena partição secundária para fins de recuperação. Isso é separado da partição principal para que, mesmo que a instalação do Windows seja corrompida, você ainda possa restaurá-la com a partição de backup.

Leia também: Como particionar o HD sem formatar o PC e sem programas

7 Razões para particionar o disco rígido do seu PC

Por que você deveria particionar seu disco rígido? Aqui estão algumas boas razões.

1. Facilidade de Reinstalação

Manter seus arquivos do sistema Windows separados de suas informações pessoais facilita a execução de operações no Windows.

Por exemplo, é relativamente trivial reinstalar o Windows quando ele está em uma partição separada. Tudo o que você precisa fazer é formatar sua partição do Windows, e reinstalar o sistema operacional. Seus programas e arquivos instalados permanecerão intactos.

Se você gosta, você pode até mesmo clonar sua partição do Windows, para que você tenha uma cópia exata da sua configuração do sistema operacional, para fins de recuperação.

2. Backups Simplificados

Fazer backup de seus arquivos é vital. Embora colocar arquivos em uma partição separada não seja um backup real, isso pode tornar seu esquema de backup muito mais simples.

Como na instalação do Windows, você pode clonar a partição inteira, para ter uma cópia exata de seus dados. 

3. (Potencialmente) Segurança Melhorada

Particionar seu HD ou SSD também pode manter seus dados mais seguros contra ataques de malware. Se um ransomware infectar uma partição que mantém apenas o Windows, ele terá menos chances de bloquear seus arquivos pessoais, que estarão na outra partição. Você pode facilmente reinstalar o Windows por cima, sem perder nada.

É claro que isso depende do ataque específico, por isso recomendamos que você esteja protegido contra vírus e malwares com um antivírus.

4. Melhora na organização

Se você é desses que adora manter seus arquivos muito organizados, saiba que o particionamento permite adicionar mais divisores entre os tipos de dados. Talvez você queira criar uma partição para jogos e aplicativos, e outra para documentos, músicas e arquivos semelhantes.

Se você achar que os métodos de organização disponíveis para você em uma única partição não são suficientes, adicionar novas partições no Windows pode ajudar a manter os dados organizados.

5. Instalar vários sistemas operacionais

Nós discutimos a separação de seus arquivos do sistema operacional e dados pessoais na maioria das razões acima. Mas esse não é o único motivo para particionar um disco rígido. Você também pode adicionar um sistema operacional em uma partição e outro sistema em outra, como por exemplo, Windows e Linux. Você pode criar uma nova partição para o Linux sem tocar no sistema Windows existente.

Como alternativa, você pode instalar uma versão mais antiga do Windows para compatibilidade com versões anteriores, como por exemplo, Windows 7 em uma e Windows 10 em outra.

6. Melhora no desempenho

Como sabemos, quando você tenta acessar dados, os cabeçotes da unidade se movem para ler ou gravar dados. Assim, o disco rígido poderá funcionar melhor em pequenos trechos de dados em vez de em uma unidade grande. Assim, você pode armazenar os dados usados ​​com freqüência em uma partição, o que melhorará muito o desempenho do disco.

Discos rígidos preferem pequenos pedaços de dados sendo processados ​​nele, e isso é melhorado quando os dados são armazenados em partições diferentes. É bem mais fácil do que ter com todos os arquivos em uma única e grande partição. Isso significa que ter mais de uma partição em seu computador pode melhorar o desempenho do sistema. 

Por exemplo, a criação de uma partição de 20 a 30% do tamanho total do disco rígido permite que um processo chamado “short stroking” ocorra onde o número de atrasos no posicionamento da cabeça para leitura de dados é reduzido significativamente, melhorando assim o processamento e a capacidade do seu computador.

7. Mais seletividade ao criptografar a unidade

Atualmente, para garantir a segurança dos dados, muitos usuários optam por criptografar a unidade. A criptografia é geralmente feita na unidade inteira. Portanto, se você dividiu um disco em partições separadas, poderá selecionar qual partição será criptografada e quais não. Você tem mais opções.

 

Assista ao nosso último vídeo: