Oficina da Net Logo

Correios irá lançar Uber da entrega

Correios já está negociando uma parceria com uma empresa de tecnologia para lançar o aplicativo

Por | @oficinadanet Correios Pular para comentários

Os Correios, até o final do ano, deve lançar uma nova empresa de logística no mercado de entregas de encomendas. O serviço deverá funcionar de modo semelhante ao Uber. Através de um aplicativo no celular, o usuário poderá chamar um prestador de serviço (carro, moto, bicicleta) para realizar uma entrega em determinado endereço.

De acordo com o Estado, os Correios já estão negociando uma parceria com uma empresa de tecnologia para lançar o aplicativo, sendo que o acordo deve acontecer já nas próximas semanas. A intenção é justamente oferecer um serviço de entregas mais rápido.

Correios irá lançar Uber da entregaCorreios irá lançar Uber da entrega

Leia também: Leia em destaque: Correios passam a cobrar R$ 15 de todas as encomendas internacionais.

“Ainda estamos fechando os detalhes desse negócio, mas vamos iniciar este serviço ainda neste ano”, disse o presidente dos Correios.

Os Correios, com a iniciativa, pretendem alcançar um tipo de operação que já é tendência em outros países. O chamado “crowdsshipping”, termo que une as palavras crowd (multidão) e shipping (remessa), e que tem como ideal permitir que cidadãos comuns possam realizar entregas para terceiros, desde que estejam devidamente habilitados para isso.

A iniciativa, para o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), deve ser estruturada com muita atenção, tudo isso para evitar fraudes e prejuízos aos usuários.

“O Idec considera que a iniciativa dos Correios deve ter atenção aos critérios para seleção da empresa parceira e os mecanismos de autorregulação criados para garantia de qualidade dos serviços”, comenta Rafael Zanatta, advogado do Idec. “O serviço deve zelar pela garantia dos direitos básicos dos consumidores e responsabilização, tanto dos Correios quanto pela empresa de tecnologia intermediadora, por violações causadas aos consumidores.”

Vale mencionar que no Brasil já existe um serviço semelhante de entregas, é o “Eu Entrego”, que proporciona uma ligação entre as pessoas com encomendas e os entregadores habilitados.

MAIS SOBRE: #Correios  #Brasil  #apps  #aplicativo
Comentários
Carregar comentários