Oficina da Net Logo

Amazon deve produzir a série O Senhor dos Anéis com cinco temporadas que custarão US$ 1 bilhão

A companhia acabou desembolsando pelo licenciamento US$ 250 milhões.

Por | @fsbeling Amazon

Ao que tudo indica a Amazon vai gastar em média US$ 1 bilhão em uma só produção, estamos falando da série baseada em O Senhor dos Anéis que deve ter cinco temporadas. No final do ano passado, a Amazon conseguiu adquirir os direitos para produzir a série. Após diversas negociações, a companhia acabou desembolsando pelo licenciamento US$ 250 milhões, um valor um tanto quanto elevado, acredita-se que houve disputas com HBO e Netflix, para ter alcançado este valor.

Contudo, se já consideramos esse valor elevado, a Amazon revelou que pretende investir US$ 1 bilhão na produção da série que deve conter cinco temporadas, cada uma com no mínimo dez episódios de uma hora cada. Este valor deve ser gasto, somando à remuneração dos atores e das equipes de produção, com a criação de efeitos especiais, e demais custos que envolvem a produção. A maior parte das cenas dos episódios devem ser gravadas na Nova Zelândia.

Companhia deve dar início a produção da série dentro dos próximos dois anosCompanhia deve dar início a produção da série dentro dos próximos dois anos

Leia também:

A Amazon contará com o apoio da editora HarperCollins que vai auxiliar com detalhes no diz respeito aos livros, enquanto que estará por trás das adaptações para o cinema, a New Line Cinema e a Tolkien Estate que controla os direitos sobre as obras de J.R.R. Tolkien.

Embora o elenco ainda não tenha sido definido, tem-se a informação de que Peter Jackson, o cineasta que dirigiu os filmes de O Senhor dos Anéis e O Hobbit, estaria por meio de seu advogado em negociação para ser o produtor executivo da série.

Acredita-se também que a série será ambientada na Terra Média, época que precede o primeiro livro da “A Sociedade do Anel”. Contudo, a Amazon já conseguiu garantir os direitos sobre a produção da série e planeja começar os trabalhos dentro dos próximos dois anos. Sem previsão de estreia para então aguardada série baseada em O Senhor dos Anéis, o experiente advogado da Greenberg Glusker, Matt Galsor, disse ainda não ter visto uma negociação tão complicada como está da Amazon.

 

MAIS SOBRE amazon companhia empresa
SHARE
+ Notícias
Assine a nossa newsletter
Comentários