Amazon faz recall de 260 mil baterias por superaquecimento

Alguns dos casos mencionados resultaram, inclusive, em queimaduras químicas e destruição de bens materiais pelo fogo causado a partir das explosões.

Por | @oficinadanet Amazon

A Amazon iniciou o recall de mais de 260 mil baterias externas que são comercializadas através da linha AmazonBasics. O programa acabou sendo aderido após 50 relatos envolvendo superaquecimento dos módulos.

Alguns dos casos mencionados resultaram, inclusive, em queimaduras químicas e destruição de bens materiais pelo fogo causado a partir das explosões.

Amazon faz recall de 260 mil baterias por superaquecimento.Amazon faz recall de 260 mil baterias por superaquecimento.

Leia também:

As unidades afetadas foram as vendidas entre dezembro de 2014  e julho de 2017. Conforme a Comissão de Segurança de Produtos do Consumidor nos Estados Unidos, quem tiver os acessórios listados abaixo devem interromper o uso imediatamente. Confira:

  • 2,000 mAh com cabo micro USB (B00LRK8EVO)
  • 3,000 mAh com cabo micro USB (B00LRK8HJ8)
  • 3,000 mAh (B00LRK8I7O)
  • 5,600 mAh (B00LRK8IV0)
  • 10,000 mAh (B00LRK8JDC)
  • 16,100 mAh (B00ZQ4JQAA)

Os donos de produtos afetados foram instruídos a entrar em contato com a Amazon para obterem instruções sobre como devolver a bateria e receber reembolso.

A Amazon também já está entrando em contato com clientes afetados, e reembolsando os clientes.

As baterias de íons de lítio costumam ser seguras, porém, uma falha no projeto ou mecanismos de segurança pode acarretar em efeitos negativos.

Levando em consideração que as baterias contidas em PoweBanks são maiores que as vistas em smartphones, podemos imaginar que o resultado de uma explosão pode ser desastroso.

Quem precisar de mais informações sobre o recall, clique aqui.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários
Siga o nosso Instagram!

Estamos lá também: @oficinadanetoficial

Seguir o Instagram do Oficina da Net