TIM tem melhor 4G do Brasil e São Paulo é a cidade com conexão mais rápida da América Latina

Estudo feito pela Opensignal concluiu que a TIM se destaca em vários dos quesitos analisados em relação ao 4G - Claro é a segunda colocada. Além disso, análise também concluiu que São Paulo é a cidade com 4G mais rápido da América Latina.

Por 4G Pular para comentários
TIM tem melhor 4G do Brasil e São Paulo é a cidade com conexão mais rápida da América Latina

A empresa de análise móvel Opensignal fez um estudo sobre a rapidez do 4G no Brasil e na America Latina - e chegou a conclusões no mínimo interessantes. A primeira delas é de que usuários da TIM são os que conseguem maior acesso a 4G em território nacional e a segunda é a de que São Paulo é a cidade mais com a conexão mais rápida na América Latina. 

No que diz respeito ao Brasil, foram cinco pontos de estudo da empresa: disponibilidade 4G, experiência de vídeo, experiência de velocidade de download, experiência de velocidade de upload e experiência de latência. Tim, Claro, Vivo, Oi e Nextel foram analisadas nesses quesitos, sendo as quatro primeiras as que receberam maior destaque na disputa.

Foram um total de 999.385 aparelhos analisados entre 1º de março e 29 de maio de 2019 para esta pesquisa.

Disponibilidade 4G

Como o próprio nome diz, essa categoria diz respeito à disponibilidade a conexão 4G em território brasileiro. A TIM foi a vencedora, com cobertura em 82,4% do Brasil, seguida da Claro, com 71,9%, Vivo com 72,1% e Oi, com 61,4%.

TIM ganha em disponibilidade 4G.
 

De acordo com a Opensignal, a Oi não teve um resultado tão bom devido a falta de espectro de frequências mais baixas. A expectativa é de que o governo brasileiro invista em novos leilões de licenças de 700 MHz, mas pode ser que estes já sejam voltados para o 5G

Experiência de vídeo

Essa categoria é dividida entre "boa experiência de vídeo" e "experiência de vídeo média" ou "justa", na tradução literal do inglês. Para se levar em consideração a qualidade do vídeo, a Opensignal analisa tempo de carregamento e interrupções na reprodução deles. A Claro se destacou nesta categoria, alcançando 56,9 pontos e a colocação de "boa experiência de vídeo".

Claro ganha em experiência de vídeo.
 

Em segundo lugar ficou a TIM, com 54,3, seguido da Vivo com 54,2 e Oi com 45,5. Todas essas tiveram uma "experiência de vídeo média". Mas é importante ressaltar que, para classificar a experiência como sendo boa, era preciso alcançar uma pontuação entre 55 e 65 - o que faz com que TIM e Vivo fiquem menos dessa classificação.

Ainda nesta categoria, a Opensignal verificou que a qualidade dos vídeos melhorou muito com o passar do tempo e que a Vivo acaba se destacando mais que as outras operadoras neste quesito. 

Veja também: o levantamento sobre 4G no Brasil feito pela Teleco.

Experiência de velocidade de download

Mais uma vez, o nome da categoria diz tudo. A Opensignal relatou que, desde o último relatório, todas as operadoras brasileiras se destacaram nesse campo - mas nenhum avanço individual fez com que conseguissem chegar perto da atual (e já antiga) campeã: a Claro.

Claro ganha em velocidade de download.
 

A velocidade média de download da Claro é de 19,8 Mbps. Vivo está em segundo lugar com 14,2 Mbps, seguida da TIM (11,6 Mbps) e Oi (8,6 Mbps). 

Segundo a pesquisa, comparando os dados atuais com os de seis meses atrás, todas as operadoras aumentaram sua velocidade de download em pelo menos 9%. Mas ainda segundo ela "curiosamente, o crescimento da Experiência em Velocidade de Download não foi resultado de conexões 4G mais rápidas, mas sim devido à crescente amplitude de acesso 4G no Brasil". 

Experiência de velocidade de upload

Mais uma vez, a Claro foi a vencedora nesse quesito. O mais interessante é que a distância entre as concorrentes é relativamente grande, o que faz com que a operadora não precise se preocupar com as outras tão cedo.

Claro ganha em velocidade de upload.

A Claro, portanto, alcançou 6,4 Mbps de velocidade de upstream, seguida da Vivo com 4,6 Mbps, TIM com 4,4 Mbps e Oi com 2,9 Mbps. 

É importante ressaltar que o estudo também identificou uma mudança no perfil do usuário. A tendência é que as pessoas queiram cada vez mais produzir conteúdo, além de consumi-los como normalmente fazem. Com isso, a velocidade de upload fornecida por operadoras é cada vez mais importante. 

Experiência de latência

Essa categoria diz respeito ao tempo de resposta nas conexões, ou seja, quanto tempo leva para uma página ou vídeo começar a carregar. Dessa vez, a Opensignal percebeu uma mudança nos padrões: nesta última análise a TIM foi a operadora mais rápida, mas na passada, era a Claro. Mesmo assim a diferença entre ambas não é tão grande.

Tim ganha em latência.

A TIM registrou pontuação de 60.9ms, já a Claro 62.7ms, Vivo 69,2ms e Oi 72,5ms.

Mas e a Nextel?

Infelizmente a Nextel não ficou tão bem colocada. A pesquisa foi feita em 24 regiões e apenas em três delas a operadora em questão apareceu. A cidade de São Paulo, do Rio de Janeiro e Campinas foram as que Nextel de destacou o suficiente para fazer parte do ranking.

São Paulo é a cidade com 4G mais rápido da América Latina

Como dito anteriormente, a Opensignal fez não apenas uma análise do Brasil como também da América Latina. Neste caso, o Brasil foi o vencedor. Foram seis das maiores cidades analisadas: Bogotá, Buenos Aires, Lima, Cidade do México, Santiago e São Paulo.

No quesito velocidade do 4G, São Paulo venceu, com uma velocidade média de download de 21,3 Mbps - 0,3 Mbps mais rápido que a segunda colocada, Cidade do México. Por último ficou Buenos Aires, com velocidade de 16,2 Mbps.

São Paulo é a cidade com 4G mais rápido da América Latina.
 

Além disso, a pesquisa concluiu que existe uma "tendência consistente em todas as seis cidades analisadas: os usuários passam por uma grande variedade de velocidades em diferentes horas do dia. O horário mais ágil foi às 4 da manhã, quando poucas pessoas estavam online e as redes estavam menos congestionadas. Nesse período do dia, São Paulo chegou a 31,9 Mbps, seguido por Santiago, com 31,4 Mbps".

Nesse quesito de alterações na velocidade ao longo do dia, a cidade que apresentou menor flutuação foi Buenos Aires, seguida de Lima e Cidade do México. Já Santiago sofre mudanças de quase 50% dependendo do horário.

 
Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários