A pulseira inteligente da Xiaomi, a Mi Band 5, começará a ser comercializada a partir de amanhã (18) e com a aproximação das vendas, é natural que surjam comerciais para incentivar as pessoas a compra. Desde o seu anúncio oficial no dia 11 de junho, a smartband recebeu dois trailers demonstrando o novo wearable da chinesa desenvolvedora de smartphones.

O primeiro vídeo a ser revelado foi o de unboxing da Xiaomi Mi Band 5, onde se utilizou diversos efeitos para tornar o trailer chamativo e divertido ao abrir a caixa da smartband. Foi utilizado um fundo preto para destacar a tela da pulseira inteligente e suas cores, além de suas diversas funções novas. Confira abaixo:

O último vídeo lançado foi um trailer mais longo, onde foram mostradas as novas funcionalidades da Mi Band 5 através de encenações com atores e diferentes cenários. Tivemos desde ambientes de academia, passando por uma sala de uma empresa e até uma declaração de amor de um homem para a sua amada.

O vídeo acima foi um tanto quanto divertido de se assistir, pois não é um comercial comum aos olhos de pessoas do ocidente, contendo cenas bem expressivas, exageradas e inusitadas.

Confira abaixo os principais recursos trazidos pela Mi Band 5:

Tela AMOLED foi aumentada em 20% e ganha mais 100 watchfaces (mostradores)

A tela da Mi Band 5 ficou 20% maior que a da Mi Band 4, indo de 0,95 para 1,1 polegadas. Além disso, na quinta geração da pulseira inteligente da Xiaomi foram adicionadas 100 novas watchfaces (mostradores) com temas como, por exemplo, de Neon Genesis Evangelion (provavelmente devido ao 25º aniversário da animação), Case Closed, Hatsune Miku, Bob Esponja. Ou seja, quem reclamava antes de falta de artes para mudar a aparencia da tela principal da smartband, pode comemorar! (espera-se que a empresa adicione muitas mais além destas).

Comparação entre a Mi Band 5 (esquerda) e a Mi Band 4 (direita). Fonte: sina
Comparação entre a Mi Band 5 (esquerda) e a Mi Band 4 (direita). Fonte: sina
Novos mostradores da Mi Band 5 (watchfaces). Fonte: digi-wo
Novos mostradores da Mi Band 5 (watchfaces). Fonte: digi-wo

Novo Design

Como você pode conferir abaixo, o novo design da Mi Band 5 ganhou uma leve mudança no formato da pulseira com relação a Mi Band 4. Ou seja, quem possuir a geração anterior, terá que comprar uma nova pulseira, pois não haverá compatibilidade como ocorreu entre a Mi Band 4 e a Mi Band 3. Além disso, como você deve ter percebido, há novas cores (verde, vermelho, amarelo e preto).

Xiaomi Mi Band 5. Fonte: sina
Xiaomi Mi Band 5. Fonte: sina

Carregamento magnético sem precisar tirar a pulseira

Agora a Mi Band 5 permite que o usuário carregue a sua smartband sem retirá-la da pulseira para carregamento. Isso é possível graças ao carregador com imãs que se encaixam com facilitada ao aproximar do contato na parte traseira do dispositivo, próximo ao sensor de batimento cardíaco.

Xiaomi Mi Band 5 sendo carregada. Fonte: sina
Xiaomi Mi Band 5 sendo carregada. Fonte: sina

NFC global para realizar pagamentos por aproximação

Uma das funções mais requisitadas pelos usuários da Mi Band é a possibilidade de realizar pagamentos por aproximação através da tecnologia NFC. Desta forma, seria possível utilizá-la nos serviços de transporte, em lojas, shoppings, postos de gasolina, entre outros locais, ao invés de um cartão de crédito físico ou digital no smartphone. Isso tornará mais fácil realizar compras, pois não será preciso retirar a carteira ou smartphone do bolso para pagar.

Anteriormente a Xiaomi Mi Band 4 até ganhou uma versão com NFC com a função de pagamento, porém ela estava restrita somente ao mercado chinês, embora estranhamente a empresa tenha anunciado, recentemente que irá disponibilizar no mercado, a partir do dia 16 a versão da Mi Band 4 com NFC global. Segundo as informações, a função de NFC global irá vir inicialmente com suporte unicamente para a bandeira de cartão de crédito Mastercard, mas que haverá posteriormente integração com Visa, Google Pay e PayPal.

Xiaomi Mi Band 5 sendo utilizada para pagamento por aproximação através do NFC. Fonte: digi-wo
Xiaomi Mi Band 5 sendo utilizada para pagamento por aproximação através do NFC. Fonte: digi-wo

Mais esportes podem ser detectados pela Mi Band 5

Embora o conjunto de sensores permanece inalterado, o software da Mi Band 5 recebey melhorias, tornando possível identificar até 11 esportes diferentes (ou "modos profissionais" como a Xiaomi denomina). Agora, através da melhoria será possível, por exemplo, reconhecer até 5 dos principais estilos de forma automática. Isso ocorre graças ao ajuste e informações detalhadas que a companhia conseguiu ao longo do tempo com suas pulseiras inteligentes.

Pontuação do PAI

A Xiaomi desenvolveu um sistema chamado PAI (Personal Activity Intelligence), que pontua de acordo com as informações coletadas pela Mi Band 5, oferecendo insights sobre o impacto dos treinos no bem estar e condicionamento físico do usuário.

Monitoramento cardíaco foi aprimorado e agora é capaz de detectar anormalidades

Assim como o Apple Watch, a Mi Band 5 será capaz de detectar anormalidades do coração. O sensor PPG recebeu um aprimoramento e está 50% mais preciso que o implementado na Mi Band 4.

Sensores da Mi Band 5. Fonte: GSM Arena
Sensores da Mi Band 5. Fonte: GSM Arena

Agora é possível extrair dados sobre o sono REM

Uma função que não havia anteriormente na Mi Band 4 e que agora está presente na quinta geração o wearable é a capacidade de extrair dados relacionados ao sono REM e ao sono leve. Algo que poderá dar uma pista melhor de como está a qualidade de sono do usuário.

Ficha técnica

  • Armazenamento: 16MB
  • Dimensões: 47.2 x 18.5 x 12.4mm
  • Peso: 12.1g
  • Resistência a água: 5 atm
  • Display - tipo: AMOLED
  • Display - tamanho: 1.1
  • Display - resolução: 126x294
  • Bateria: 125mAh
  • Carregador: Carregador com conector magnético
  • Bluetooth: 5.0
  • NFC: Sim
  • Sensores: Acelerômetro, Giroscópio, Barômetro, Proximidade e Batimentos cardíacos
  • Xiaomi Mi Band 5 - Ficha técnica completa

Disponibilidade e lançamento

A Mi Band 5 começará a ser vendida no mercado chinês a partir do dia 18 de junho. A versão sem NFC custará aproximadamente US$27 enquanto a versão com NFC será vendida pelo valor de US$32. Não se sabe ainda quando será disponibilizada a versão global da nova smartband da Xiaomi, mas acredita-se que a empresa não irá demorar muito devido a popularidade de seu wearable.