Intel lança primeiro chip de inteligência artificial

A Intel revelou na última terça-feira seu mais recente processador, que será o primeiro a usar inteligência artificial e foi projetado para grandes centros de computação.

Por Tecnologia Pular para comentários
Intel lança primeiro chip de inteligência artificial

O chip, desenvolvido em sua instalação de desenvolvimento em Haifa, Israel, é conhecido como Nervana NNP-I ou Springhill e é baseado em um processador Ice Lake de 10 nanômetros que permitirá lidar com altas cargas de trabalho usando quantidades mínimas de energia, segundo a Intel.

A Intel afirmou que seu primeiro produto de inteligência artificial vem depois de ter investido em startups israelenses de inteligência artificial, incluindo Habana Labs e NeuroBlade.

"A fim de alcançar uma situação futura de 'IA em todos os lugares', temos que lidar com enormes quantidades de dados gerados e garantir que as organizações estejam equipadas com o que elas precisam para usar os dados e processá-los onde eles são coletados" disse Naveen Rao, gerente geral do grupo de produtos de inteligência artificial da Intel.

"Esses computadores precisam de aceleração para aplicativos complexos de IA".

Naveen Rao disse que o novo chip de hardware ajudará os processadores Intel Xeon em grandes empresas, à medida que aumenta a necessidade de complicados cálculos no campo da IA.

INTEL SpringHill m2 socketUma das empresas que afirmou já estar usando o novo chip é o Facebook.

O novo processador da Intel, Nervana NNP-I 1.000, poderá ser utilizado através de encaixe em uma porta M.2 (sim, uma porta M.2, normalmente usada para armazenamento).  O que me faz pensar que talvez poderemos ter mais de um chip conectado ao mesmo tempo em um mesmo dispositivo.

Vale lembrar que não estamos falando aqui de uso doméstico. 

Compartilhe com seus amigos:
Bernardo Silva
Bernardo Silva Louco por tecnologia, amo velocidade e sou apaixonado por comida.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @androidplaceblog // TWITTER: @bgssilva
Quer conversar com o(a) Bernardo, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Tecnologia